Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Saúde 21/Jun/2012 às 17:13
14
Comentários

"Fumei maconha e senti paz, alegria e tranquilidade", afirma ministro uruguaio

Alberto Breccia, 66, disse que “para conhecer é preciso experimentar”; governo pretende legalizar comércio da erva. Atualmente no Uruguai o consumo de maconha não é criminalizado, mas sim sua produção e comercialização

maconha uruguai

Parlamentares de diferentes partidos apresentaram no ano passado dois projetos para legalizar o cultivo de cannabis para uso pessoal

O secretário da Presidência do Uruguai, Alberto Breccia, admitiu nesta quinta-feira (21/06) ter fumado maconha em uma ocasião e ter gostado da experiência, em meio à polêmica surgida no país na esteira da proposta do governo de controlar a produção e a distribuição da droga.

“Fumei maconha, mas não consumo habitualmente”, disse Breccia, cujo cargo tem status de ministro, em resposta a uma pergunta dos jornalistas. O funcionário, que no próximo dia 3 de julho completará 66 anos e que tem doutorado em Direito, disse que a experiência que teve foi “satisfatória,” pois sentiu “paz, tranqüilidade e alegria”.

No entanto, alegou que não voltou a fumar desde aquela ocasião. “Não foi uma experiência que tenha me dado vontade de continuar”, argumentou. Breccia disse que “para conhecer um determinado assunto é preciso experimentá-lo”, embora depois tenha esclarecido que “não em todos” os casos.

Além disso, detalhou que a maconha que fumou foi um presente e disse não ter tido interesse em conhecer sua procedência original. “Foi um presente que aceitei de muito bom grado. Tinha interesse em experimentar”, ressaltou.

Leia mais

O secretário da Presidência, um dos colaboradores mais próximos do chefe de Estado uruguaio, José Mujica, participou na quarta-feira da entrevista coletiva com vários ministros na qual se anunciou a intenção do Estado de controlar a produção e a distribuição de maconha.

O Executivo uruguaio argumenta que atualmente o consumidor dessa droga acaba migrando para substâncias mais pesadas, como a pasta base de cocaína, associada ao aumento da delinquência juvenil.

No Uruguai o consumo de maconha não é criminalizado, mas sim sua produção e comercialização.

Parlamentares de diferentes partidos apresentaram no ano passado dois projetos para legalizar o cultivo de cannabis para uso pessoal, proposta que o governo rejeita porque considera que lhe impedirá de controlar a distribuição dessa droga e pode transformar o país em um centro regional de distribuição de maconha.

Opera Mundi

Recomendados para você

Comentários

  1. dapenha Postado em 22/Jun/2012 às 10:21

    Pena que essa paz, alegria e tranquilidade é falsa, é temporária e material. A verdadeira paz, a alegria e a tranquilidade espiritual além de ser duradoura só é absorvida por aqueles que são idôneos e que têm consigo os ditamos expressos por CRISTO! Que o Alberto esteja aberto a estes "privilégios" tão vazios e efêmeros quanto sua alegria!

    • Lucas Postado em 24/Apr/2014 às 11:58

      você fala que a paz, a alegria e a tranquilidade é falsa, temporária e material, usando o argumento que a verdadeira relação a isso é a fé em cristo? a maconha é muito mais real do que seu deus...

  2. Henrique Postado em 22/Jun/2012 às 12:21

    Para sentir paz, alegria e tranquilidade é preciso usar um subterfúgio destes!? Isto é um disturbio comportamental, dá para enquadrar-se em uma psicose. O que tem na cabeça de um homem público destes que precisa de substâncias alucinógenas para poder pensar e ajudar a resolver problemas de seu país?

    • lucas Postado em 24/Apr/2014 às 12:03

      falou o cara que foi governado por um cachaceiro assumido...

  3. Wagner Postado em 22/Jun/2012 às 13:46

    Se ele gostou, porque não fuma crack também, cheira cola e outros entorpecentes? Se ele precisa disso pra se sentir feliz, essas outras drogas vão melhorar em muito a qualidade dessa sua droga de vida.

    • lucas Postado em 24/Apr/2014 às 12:01

      nenhum maconheiro PRECISA da maconha pra se sentir feliz, simplesmente temperam seu estado espiritual e mental, a felicidade pode ser instantânea de muitas maneiras como bebendo, festejando, comendo... agora a felicidade em "viver" é criada pela sua percepção do que é bom ou ruim, do seu esforço e de seus resultados, ninguém é feliz todo dia, toda hora, mas não significa que nunca será feliz ou que dependa da maconha pra isso.

  4. Rubens Postado em 25/Jun/2012 às 00:06

    Desses 3 comentários nenhuma das 3 pessoas fumou maconha para saber do que estão falando, no máximo leram um livro sobre o assunto.

  5. Henrique Postado em 26/Jun/2012 às 23:09

    Ao rubens que só leu livros: - faça uma visita a Londres para ver o laboratório que produz remédios da cannabis para dor em câncer e esclerose múltipla; o remédio foi pesquisado e só foi conseguido quando tirado quase totalmente os efeitos psicotrópicos/alucinógenos da cannabis para poder produzie a analgesia. Dois países, Espanha e Portugal, importam da Inglaterra este medicamentos para pacientes com doenças gravíssimas; - ou senão, de um pulinho na capital mundial da maconha, Holanda, e veja com seus próprios olhos, o problema social que o país enfrenta por causa da liberação da maconha; - ou, vá em qualquer estabelecimento da Polícia Federal do Brasil e eles, prazeirosamente, te explicarão que os tijolos de maconha são os mais entorpecentes por que são adicionados ESTERCO DE CAVALO à droga. - ou então, pegue os cogumelos que se formam no esterco do cavalo, faça um chá deles e tome-o=ficarás um dia todo sem dormir. - ou... AH! esquece, prá quem gosta é um prato cheio. O conhecimento é um impedimento ao experimentar. O conhecimento sim é um vício.

  6. Magnum Postado em 31/Aug/2012 às 20:00

    “Fumei maconha e senti paz, alegria e tranquilidade”, afirma ministro uruguaio". VEJAM COMO EU SOU UM BOM EXEMPLO PARA MEUS FILHOS E NETOS...

  7. Bill Postado em 18/Sep/2012 às 15:36

    ESSE TEM QUE FUMAR NO COLO DO CAPET4 não preciso desse cigarro que cheira a m***a para ser feliz!

  8. João Postado em 09/Nov/2012 às 16:49

    Maconha é do capeta!! Maconha é do mal !!!! Blá, blá, blá....Vá a Holanda ver com seus próprios olhos ... mias blá, blá, blá.... Veja como sou um exemplo para meus filhos.. blá, blá, blá... Se gostou, pq não usa crack tbem... kkkkkkkkkkk O que o crack tem a ver com isso??? KKkkkkkkk Quanta besteira, quanta ignorância.

  9. Baunilha Postado em 14/May/2013 às 15:01

    Maconha é uma delícia! Só que mnunca fumou sustenta esse discurso preconceituoso. O problema é que algumas pessoas não suportam que os outros sintam prazer.

  10. Jason Postado em 19/Jul/2013 às 02:00

    Henrique, nenhum cogumelo se forma no esterco de cavalo, mas sim no de bois, eu já tomei esses cogumelos, em dose bem altas e também em doses baixas, dormi normalmente. Fumo maconha há anos, por cerca de 2 anos fumava todos os dias, agora fumo em pouquíssimas ocasiões por que não tenho mais tanto interesse em drogas, garanto que a dependência de maconha é um mito, a crise de abstinência é super fraca, só da uma insonia e perda de apetite, como também não dura mais que uma semana. Como porta de entrada as drogas só digo uma coisa, quem quer cheirar pó não precisa começar com maconha, drogas não são jogos de videogame, tu não precisa ir passando de nivel, e nem venham com o argumento de que um dia a maconha não satisfaz e o usuário passa para outras drogas, isso é mito, normalmente quem usa outras drogas e antes fumava maconha, continua fumando maconha e só adiciona a outra droga ao cardápio, se ela realmente deixasse de satisfazer, o individuo parava o consumo, ela traz sim malefícios a saúde, mas isso não é motivo para ser proibida, por que assim também deveriam proibir bebida, cigarro e Mc lanche feliz.

    • hugo Postado em 22/Jun/2014 às 02:59

      Drrxxx o os cara ai fica so criticando ate parece q e do diabo !!;)