Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 14/Jun/2012 às 14:37
5
Comentários

Apenas 6 senadores são favoráveis ao voto secreto. Saiba quem são

Levantamento mostra ampla maioria de apoio à extinção do sigilo de voto no Congresso em temas como a cassação de mandatos. Se é assim, por que, então, a mudança não é votada?

voto secreto

Por que tudo indica que o caso de Demóstenes ainda será decidido por voto secreto?

O discurso é um, a prática é outra. Dos 81 senadores em exercício nesta legislatura (2011-2018), 69 dizem ser favoráveis ao fim do voto secreto em casos de cassação de mandato. Apenas seis declaram-se frontalmente contrários ao voto aberto nessa situação, três dos quais do PMDB. Seis preferiram não adiantar seu voto ou disseram ainda não ter formado opinião sobre o assunto. Os números constam de levantamento feito com exclusividade pelo Congresso em Foco, a partir de entrevistas feitas com os próprios senadores ou por informações das suas assessorias.

Até o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO), que responde a processo de cassação no Conselho de Ética por seu envolvimento com o esquema do bicheiro Carlinhos Cachoeira, declara-se favorável ao voto aberto. Se é assim, se há essa tão grande maioria favorável ao fim do sigilo do voto nesses casos, por que a proposta do voto aberto nos julgamentos de cassação dos mandatos tramita há quase 12 anos no Congresso sem decisão final? Por que a decisão de finalmente colocar as propostas de emenda à Constituição (PECs) que tratam do tema em votação foi novamente adiada nesta semana? Por que tudo indica que o caso de Demóstenes ainda será decidido por voto secreto?

Leia mais

Confira abaixo como se posicionam os senadores:

A FAVOR DO VOTO ABERTO

Acir Gurgacz (PDT-RO)
Aécio Neves (PSDB-MG)
Alfredo Nascimento (PR-AM)
Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP)
Alvaro Dias (PSDB-PR)
Ana Amélia (PP-RS)
Ana Rita (PT-ES)
Angela Portela (PT-RR)
Anibal Diniz (PT-AC)
Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
Antonio Russo (PR-MS)
Benedito de Lira (PP-AL)
Blairo Maggi (PR-MT)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Casildo Maldaner (PMDB-SC)
Cícero Lucena (PSDB-PB)
Clésio Andrade (PMDB-MG)
Clovis Fecury (DEM-MA)
Cristovam Buarque (PDT-DF)
Cyro Miranda (PSDB-GO)
Delcídio do Amaral (PT-MS)
Demóstenes Torres (s/partido-GO)
Eduardo Amorim (PSC-SE)
Eduardo Braga (PMDB-AM)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Eduardo Suplicy (PT-SP)
Epitácio Cafeteira (PTB-MA)
Eunício Oliveira (PMDB-CE)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Francisco Dornelles (PP-RJ)
Garibaldi Alves (PMDB-RN)
Gim Argello (PTB-DF)
Humberto Costa (PT-PE)
Inácio Arruda (PCdoB-CE)
Ivo Cassol (PP-RO)
Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE)
Jayme Campos (DEM-MT)
João Capiberibe (PSB-AP)
João Durval (PDT-BA)
João Vicente Claudino (PTB-PI)
Jorge Viana (PT-AC)
José Agripino (DEM-RN)
José Pimentel (PT-CE)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Lúcia Vânia (PSDB-GO)
Luiz Henrique (PMDB-SC)
Magno Malta (PR-ES)
Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
Mário Couto (PSDB-PA)
Marta Suplicy (PT-SP)
Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR)
Paulo Davim (PV-RN)
Paulo Paim (PT-RS)
Pedro Simon (PMDB-RS)
Pedro Taques (PDT-MT)
Randolfe Rodrigues (Psol-AP)
Ricardo Ferraço (PMDB-ES)
Roberto Requião (PMDB-PR)
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF)
Sérgio Souza (PMDB-PR)
Valdir Raupp (PMDB-RO)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Vital do Rêgo (PMDB-PB)
Waldemir Moka (PMDB-MS)
Walter Pinheiro (PT-BA)
Wellington Dias (PT-PI)
Zeze Perrella (PDT-MG)

CONTRA O VOTO ABERTO

Armando Monteiro (PTB-PE)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Jader Barbalho (PMDB-PA)
Kátia Abreu (PSD-TO)
Lobão Filho (PMDB-MA)
Romero Jucá (PMDB-RR)

ABSTIVERAM-SE DE EMITIR OPINIÃO

Fernando Collor (PTB-AL)
João Ribeiro (PR-TO)
José Sarney (PMDB-AP)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Renan Calheiros (PMDB-AL)
Sérgio Petecão (PSD-AC)

Congresso em Foco, Fábio Góis

Recomendados para você

Comentários

  1. Samuel Postado em 14/Jun/2012 às 20:24

    eu sou a favor do voto secreto, voto aberto facilita compra de votos parlamentares. Voto aberto vai fazer é virar feira, ameaças e compras de votos mais ainda.

  2. Jônathos Pessoa de Siqueira Postado em 05/Jul/2012 às 11:28

    Quem quer se esconder, votando secretamente, merece o repudio do eleitor brasileiro. Os atos dos servidores públicos requer transparência e publicidade, quando relevantes para a escolha do eleitor.

  3. JOÃO ALVES DE ALMEIDA FILHO Postado em 18/Jul/2013 às 12:40

    Sou a favor do voto aberto, por que nós vamos saber quem está votando em quem, esses que vota contra, é por que está escondendo o defeito do outro, ou que tem rabo preso com o outro, e aquele que se abstêm está com medo de denunciar o colega e o colega também vai denuncia-lo. É UMA VERGONHA NACIONAL, ESSE QUE SE DIZ POLÍTICO HONESTO, ESCONDER A SAFADEZA DO OUTRO, NÃO SÃO TODOS, SÓ OS QUE NÃO TEM VERGONHA NA CARA.