Redação Pragmatismo
Mídia desonesta 22/May/2012 às 00:07
144
Comentários

A repórter loira, o suposto negro estuprador e uma sequência nojenta

É preciso que se mova uma ação contra a concessionária pública que dá voz a uma repórter irresponsável como essa. É preciso que entidades de Direitos Humanos e da questão negra também se posicionem.

repórter loira negro band

Repórter humilha acusado de estupro e acha tudo muito engraçado

Renato Rovai

O vídeo que segue do Brasil Urgente, da Band, da Bahia, é um exemplo de jornalismo pra lá de esgoto. Uma repórter loirinha (Mirella Cunha), com rabinho de cavalo à la Feiticeria, coloca um jovem negro, com hematoma aparente de uma agressão recente, numa situação absolutamente constrangedora. Julga-o antes da Justiça, humilha-o por conta de sua ignorância em relação aos seus direitos e ao procedimento a se realizar num exame de corpo delito e acha isso tudo muito engraçado.

Assista ao vídeo abaixo e veja se este blogueiro está exagerando.

Trata-se de uma caso que exige uma ação urgente por parte da sociedade civil.

Leia mais

É preciso que se mova uma ação contra a concessionária pública que dá voz a uma repórter irresponsável como essa. Isso mesmo, irresponsável. Estou à disposição da Justiça para me defender em relação ao termo utilizado. A propósito, a concessionária é a Band.

É preciso que entidades de Direitos Humanos e da questão negra também se posicionem. Também é urgente que entidades como o Sindicato dos Jornalistas da Bahia a Fenaj reajam a essa barbaridade.

Assistam ao vídeo, vocês vão entender minha indignação.

A dica do vídeo foi enviada por Fabrício Ramos pelo Facebook.

Atualizações:

Atualizando 1 (00:30 da terça-feira): O nome da repórter é Mirella Cunha, como já registrado em muitos comentários. O apresentador do programa para o qual ela trabalha é Uziel Bueno. Mas, em última medida, a Band é a responsável final por essa bárbarie jornalística.

Atualizando 2 (15:00 da terça-feira): De acordo com a reportagem do Portal Imprensa, a Band afirmou em nota que vai “tomar todas as medidas disciplinares necessárias. A postura da repórter fere o código de ética do jornalismo da emissora”.

Quanto ao fato de eu ter registrado o loirismo da repórter e a negritude do acusado, pareceu-me importante lembrar que somos um país com enormes desigualdades sociais e raciais. E que o fato de esse garoto ser preto e pobre é o que permite tal atendando aos seus direitos mais elementares. Dúvido que um loiro rico seria tratado dessa mesma forma pela “corajosa” jornalista.

(*) Reproduzido do blog do Rovai.

Posts relacionados

Comentários

  1. Gerson Bruno Wasb Postado em 22/May/2012 às 09:01

    Meu pensamento ao ver o vídeo foi o mesmo das suas palavras. Não dei uma risada. Fiquei com nojo dela.

    • Agnaldo Alves Postado em 06/May/2014 às 17:38

      Vergonha, ele pelo crime realizado(roubo) e ela pela falta de profissionalismo, tripudiando na ignorância alheia, com certeza esse pobre diabo não passou pelo banco de uma universidade de jornalismo para falar corretamente, e a miséria, leva-o a realizar esse delito.

  2. jorge mendes Postado em 22/May/2012 às 09:16

    Rabo de ègua,jornalismo Lixo tomara que algum jurista tome as dores dele e peça uma idenização contra essa emissora

  3. Elias Lamin Postado em 22/May/2012 às 09:23

    jornalismo e jornalista de merda.

  4. val Postado em 22/May/2012 às 09:30

    Acompanho seu site quase que diariamente e hoje me surpreendi com as suas palavras. Não esperava este tipo de colocação em um site que defende os direitos das mulheres. Uma dica: Para manter a coerencia evite se referir a mulheres (sejam elas quem forem) com palavras a respeito de sua aparencia fisica. "loirinha com rabinho de cavalo ao estilo feiticeira" é uma frase carregada de preconceito. Reforça o esteriotipo de loira burra e mulher objeto e nem todas as "loirinhas" são assim. O video seria menos revoltante se ela fosse negra? Acredito que não. Da proxima vez tente ser imparcial quanto ao genero e se refira a esta infeliz reporter apenas como uma péssima profissional que desmerece o titulo de jornalista, estará sendo mais justo. Quanto ao video concordo completamente. É preciso envolver os Direitos Humanos e a questão negra também. O vídeo é NOJENTO, essa "reporter" é pavorosa, irresponsável e imbecill. O programa é igualmente imbecil e irresponsável. E não, o blogueiro não esta exagerando. Apenas olhe também para si e veja onde você guarda o seu preconceito.

    • Kary Cintra Postado em 10/Sep/2013 às 11:32

      Concordo completamente com seu comentário, se estamos defendendo a igualdade entre as pessoas, porque ficamos as colocando dentro de estereótipos para alcançar uma visibilidade...

    • Sandro Paula Postado em 10/Sep/2013 às 11:34

      Creio que ele não se referia a mulher ou às mulheres, mas exclusivamente a essa moça enquanto na posição de jornalista. De onde vem o racismo e preconceito? Muitas das vezes dessas "entrelinhas" que os sempre tão clamorosos "moralistas" enxergam. Se o escritor não foi feliz em algumas das suas palavras por outro lado foi completamente competente em nos mostrar um dos maiores problemas do nosso país; essa mídia podre e pobre. A ideia do nosso problema social e racial e como isso por vezes é explorado por essa corja midiática me parece ter sido o tópico principal do texto e não me desviaria desse tópico para observar a forma como o escritor descreve a jornalista, até porque eu posso vê-la no vídeo e é realmente assim, loirinha e com rabinho de cavalo. Meu "moralismo" não se importou com a descrição feita de uma repórter imbecil mas sim com o contexto do fato. Até porque quem sou eu para julgar como uma pessoa escreve ou deixa de escrever se nem ao menos faço ideia de sua educação ou história de vida?

    • Kassia Postado em 18/Dec/2013 às 02:04

      Val, compartilho das suas impressões, e ia postando um comentário antes de encontrar seu texto. Acompanho o site frequentemente e encontrei esta matéria por acaso hoje. A atitude desta jornalista já foi reprovada e negativada de todas as formas merecidamente, mas me incomodaram os comentários que levaram em conta a aparência física dela. Além de serem depreciativos ao sexo feminino, associando características físicas às atitudes de caráter ou de ética, ainda passam a ideia de que ela tomou uma atitude preconceituosa por ser branca e loira. Todas as pessoas brancas são preconceituosas ou racistas em potencial? Pessoas negras não cometem atos de racismo? Questões que sabidamente não possuem uma resposta monossilábica e que não representam, normalmente, as ideias discutidas neste site.

    • João Postado em 08/Jan/2014 às 17:52

      Não, val. Desculpa, mas em momento algum foi dito algo por ela ser mulher. Apenas porque a mesma faz parte de uma elite branca, que nunca sofreu preconceito, e cujo sangue de sua raça nunca foi derramado para construir esse país. Tenho certeza de que não foi com a intenção de utilizar o esteriótipo citado, mas sim, de enfatizar a persistente desigualdade racial que nos assola. É sim, uma representação da parcela branca da sociedade marginalizando os negros.

    • Cristiano Volff Postado em 30/Jan/2014 às 17:44

      Falou tudo o que eu penso a respeito desta matéria Val.

  5. jorge mendes Postado em 22/May/2012 às 09:50

    O face dela também quem quiser protestar http://www.facebook.com/mirella.cunha.9

  6. Thyago Postado em 22/May/2012 às 10:04

    "Nojo", " esgoto"! São palavras que deveriam ser direcionadas ao marginal! Não gosto e acho esse tipo de reportagem uma merda, porem, um marginal que rouba, mata, estrupa... merece uma punição severa e ate a morte! Todos os dias eu oro para n ser vitima de assalto, porquê se eu tiver a chance de revidar eu acabo com a vida dessa escória de marginais! Eles merecem é morrer.

    • Danilo Postado em 26/Oct/2013 às 10:14

      Até então não foi provado o estupro. Não apoio furto e roubo, mas ninguém sabe a necessidade que ele poderia estar passando. Pena de morte para crimes hediondos até sou a favor, mas infelizmente com essa 'justiça' do Brasil, muitos inocentes iriam ser injustiçados.

    • Renato Ribeiro Postado em 02/Jan/2014 às 10:45

      Ora (acredito que Deus) por proteção enquanto deseja e pensa na morte de outros. Quanta coerência!

      • Maikon Marcelino Postado em 20/Mar/2014 às 15:13

        Cala boca mlk! é por isso que tem muita gente ai na miséria! fica orando e esperando ajuda de um ser imaginário! quer fazer algo por esse mlk? faça mais que apenas orar!

    • Tiago Postado em 04/Feb/2014 às 13:37

      Ele está (estava) sendo acusado. Ainda não foi condenado. Há pouco houve um caso de um cidadão acusado, julgado e culpado de um estupro que não cometeu (que veio à tona mais tarde). Na cadeia ele foi também estuprado e contraiu HIV. Veja aqui: http://napimentaria.com.br/heberson-eu-sinto-muito-preso-injustamente-pegou-hiv-na-cadeia-e-manaus-nao-quer-indeniza-lo/

  7. Naysla Postado em 22/May/2012 às 10:06

    Meu que otaria, ela é que deveria responder a um processo por calunia de difamação! OTARIA!

  8. Micheline Postado em 22/May/2012 às 10:09

    Concordo com a sua indignação, mas isso mostra como a Educação é importante para o conhecimento de seus direitos. Precisamos dar aulas usando os artigos da nossa LEI MAIOR.

  9. monica Postado em 22/May/2012 às 10:39

    Isso é a sequencia da audiencia dada aos programas de jornalismo sensacionalista! Ninguém preza por cultura, educação ou informação. Isso é a ode à audiencia, pura e simples. Vamos manter o cidadão ignorante e garantir q qq um vá ao poder!

  10. Claiton Postado em 22/May/2012 às 10:39

    É ISSO AI LIBERDADE DE EXPRESSÃO? ESTA MULHER DEVE IR PRA CADEIA! NOJENTA! POR MAIS QUE O MULEQUE ESTEJA ERRADO, NÃO CABE A ELA JULGAR MUITO MENOS HUMILHAR SEJA LÁ QUEM FOR.

  11. Joao Paulo Brasileiro Postado em 22/May/2012 às 11:18

    Acho também que a SOCIEDADE CIVIL deveria reagir contra MAIS UM ladrão que estaRIA a solta na nossa SOCIEDADE (sic!)... acho que ir em busca dos direitos de LIBERDADE (coisa rara para quem vive neste imenso país, especialmente em Salvador da Bahia, o tem) de IR em VIR, sem TEMER abordagens de ROUBO/ASSASSINATO/SEQUESTRO/o que o valha! Acho que devemos para de tanta DEMAGOGIA. Eu sou NEGRO, DOUTOR (daqueles que defendeu uma TESE, bem suada, por sinal), ORIUNDO DE ESCOLAS PÚBLICAS, que APENAS consegui não ser seduzido pela facilidade do uso de drogas, roubos, e afins, tão presentes em nossa SOCIEDADE (sic!). Acho que concentrar forças e esforços para EXIGIR políticas de inclusão social, de base, com veemência e constância, serão mais EFETIVAS (a médio e longo prazo), do que HORRORIZAR-SE com cenas de um programa policial-comédia. Se os senhores não conhecem este tipo de programa, assistam a quaisquer 3 das 4 grandes "concessionárias" televisivas soteropolitanas, no horário "nobre" do almoço, que verão que cenas como esta são recorrentes. Apenas porque desta vez a entrevistadora era uma LOIRA há este escarcéu todo. Vamos parar de tanta HIPOCRISIA e DEMOAGOGIA. Essa enxurrada de valores baseados no que se é "politicamente correto" já não tem mais lote. Sério mesmo. Ah! detalhe! Eu RI MUITO com a reportagem! E sou NEGRO!!!!

    • Adriana Postado em 04/Feb/2014 às 16:00

      Vc chegou lá, parabéns. Posso até dizer que vc teve sorte, muita sorte mesmo, pq nossa sociedade fecha as portas aos negros, pobres, ou outra minoria. Tem que ser muito valente e ter alguma chance e saber aproveitá-la. Infelizmente, vc não está rindo de vc mesmo. Vc não representa a maioria dos negros neste país. E é justamente por isso que vc ri. Pq se considera superior, elitizado, poderia até dizer, que vc se considera BRANCO. Aposto que vai em breve, se já não o fez, branquear seus descendentes tbm.

    • Jurandir Postado em 27/Mar/2014 às 17:46

      Que bom saber que vc não se incomodaria de ser achincalhado. Grandes merdas ser doutor e continuar não tendo nada na cabeça. Um título não significa nada, não. Você trabalha? Faz o que??? Ou está desempregado? E não é pelo fato de ela ser loira, mas independente de cor de cabelo, não se deixe ser sacaneado por ninguém. Em um momento que você esteja em situação qualquer de constrangimento, qualquer uma, não reclame, pois você aprova que façam isso, principalmente se for preto, pobre e sem estudos. Aceite calado, já que você gosta de rir de outros nesse tipo de situação. Talvez você tenha tido sorte de ter bons pais e uma família estruturada e unida, mas nem todos tem essa mesma oportunidade. E não estou defendendo a delinquência do rapaz detido, mas sem humilhação. A vida já fez isso com ele. Não precisa alguém chegar e avacalhar ainda mais.

  12. Vanine Postado em 22/May/2012 às 11:34

    Concordo com o depoimento acima. Acho que independente de qualquer coisa, deve existir respeito.

  13. Marcelo Postado em 22/May/2012 às 11:49

    Infelizmente... não há mais critérios para se selecionar "profissionais" que empunham microfone ... É a nossa midia pobre e podre.Que pena... Um país tão rico culturalmente, sendo "afogado" em seus principios éticos e morais, por programas IMBECILIZADORES DE MASSA... Idiotas de plantão à serviço de um governo ladrão e egoísta. POVO Burro... um dia quem sabe, faremos como na áfrica, e invadiremos os palacios do governo brasileiro e com uma surra, limpamos esses trastes e lixos que nos "governam".

  14. Milene Postado em 22/May/2012 às 11:50

    Que mulher ignorante! Inteligência não é saber dizer próstata,é saber respeitar as pessoas e não humilhar.

  15. Vânia Rosa Postado em 22/May/2012 às 12:08

    depois vem dizer que não há diferença entre negros, pobres e ricos. aposto que se fosse um thor da vida isso não aconteceria. processa essa monstra. como que policia deixa esses jornalistas terem acesso. prendam o cara, julguem, não deixem a pessoa exposta assim.

  16. Calisto Neto Postado em 22/May/2012 às 12:10

    Isso é jornalismo? Cadê a insenção ao apurar os fatos? O que ela "aprendeu" na faculdade mostra a verdadeira ignorância e descaso em relação a sua função, que é informar. Além de irresponsável ao exercer sua profissão de jornalista, ela tratou o acusado com arrogância e ironia por sua falta instrução educacional (conhecimento), realidade histórica de muitos brasileiros por falta de oportunidade ou condicionada ao ambiente cruel, competitivo, egoísta, etc do sistema em que vivemos.

  17. J.Izido Postado em 22/May/2012 às 12:29

    Band?... Datena, Boris Casoy, Justus, Malafaia... Esgoto midiático fascista. Esperar o quê?

  18. Assis Frello Postado em 22/May/2012 às 12:41

    Pois é. Ainda julgam desnecessário o diploma para se tornar jornalista, ao invés de impor mais rigor e qualidade ao serviço, deixam-o mais precário.

  19. Rafaella Postado em 22/May/2012 às 12:50

    Humilhado algemado, sem direito a revide, ódio inflado.

  20. Cristiane Postado em 22/May/2012 às 13:22

    Acho que a repórter está na profissão errada. Não confunda Circo com Jornalismo!

  21. Emanuel Fernandes Postado em 22/May/2012 às 13:50

    Cara .... nojo de que ? deveriam é ir carpir um lote vc's seus hipócritas ... o sem vergonha fazendo barbaridade e vc's condenando a reporter .... Queria ver se foste com a família de vc's isso sim ... bando de falsos! Vão trabalhar que ganham mais falsos moralistas !!!

    • Aline Postado em 03/Oct/2013 às 10:16

      Nojo de vc também, Emanuel, e a classe que acredita que tudo que é dito é verdade, o cidadão (não um sem vergonha) não foi julgado, ele é apenas um suspeito. Se fosse com a minha familia, como já foi, o cidadão seria exposto apenas á lei, não á opinião pública, pois pessoas como vc furam fila e reclama que o outro esta fazendo errado, exemplo claro de hipocrisia, NUNCA julgue, vc não é juiz, e se for, faça dentro dos critério exigidos.

  22. Marco Antonio Postado em 22/May/2012 às 13:53

    Fica Defendendo um lixo.. poe dentro de casa pra criar!! tem que para com essa palhaçada de fica defendendo essas vagabundo e tem que ter pena de morta e um sistema de julgamento totalmente novo, pergunta pra mulher o estrago que esse vagabundo fez na vida dela!.. bando de otário!.

    • Aline Postado em 03/Oct/2013 às 10:17

      Se seu filho fosse acusado de estupro, vc ia querer a pena de morte também? Acorda e para de pensar no outro como inferior a você!

  23. André Postado em 22/May/2012 às 16:31

    Não vi nada de errado, ela não estava querendo humilhar ele, eu achei até engraçado a entrevista. Puta exagero.

  24. Raul Postado em 22/May/2012 às 17:38

    Tudo bem, a repórter foi uma babaca, ok! Mas o que tem a ver a questão negra? Apesar do monte de barbaridades que ela disse, não vi ela citar a cor da pele dele em nenhum momento. Não misturem as coisas. Não vejam discriminação onde não tem. Neste caso não houve discriminação racial, mas sim, intelectual.

    • Aline Postado em 03/Oct/2013 às 10:18

      Ela diria tudo aquilo se ele fosse branco e loiro? Essa é a questão racial! Ela não precisa citar a cor dele, mesmo pq ela seria presa!

  25. Sandra Postado em 22/May/2012 às 17:52

    Esse tipo de "Showrnalismo" envergonha toda a categoria!Lixo total!

  26. Ivan Lúcio Postado em 22/May/2012 às 17:57

    Ela é o exemplo do jornalismo que invade as nossas casas todos os dias, de péssima qualidade, sem nenhum critério, vazio.

  27. Paulo Igor Postado em 22/May/2012 às 18:12

    Não vi nada demais, O mundo tá como tá pq as pessoas estão cheias de direitos, queria ver se ele tivesse tentado estuprar vocês ou seus familiares Punição para os foras da lei.

  28. Vambaster Postado em 22/May/2012 às 18:41

    Primeiro de tudo aos senhores que comentaram acima, ninguém pode ser condenado sem o devido processo-legal, outra coisa é estupro não "estrupo", e o tipo penal (vulgo crime) é calúnia e difamação, não calúnia de difamação... Essa repórter ia ter matéria entrevistando-os. Qual ao senhor meu caro blogueiro, tenho que concordar que foste infeliz ao esteriotipar essa péssima repórter, mas suas afirmações foram corretíssimas.

  29. Edgar Postado em 22/May/2012 às 18:43

    Primeiramente, essa emissora tem que tomar vergonha na cara e parar de contratar essas repórteres sem talento, deve ter trans* com algum bacana da emissora pra estar la trabalhando!!! Vagab*, sem vergonha! Patricinha! Vai pro ramo do pornô porque pra repórter não da não!!!

  30. SIMONE B. DE JESUS Postado em 22/May/2012 às 20:06

    Acho que sinceramente está jornalista fizesse a reportagem tudo bem, mas se porta como uma verdadeira idiota,nem todo ser humano se tem o conhecimento dos significado das palavras pocha vamos ser mais profissionais.Pois volte para a faculdade e se forme de novo mas se tone uma profissional não uma total idiota.Poxa band não decpcione seus telespectadores caso o contrário me contrate não sou reportér mas jamais iria fazer uma reportagem assim tão sem neqxo.

  31. FATIMA SAVI Postado em 22/May/2012 às 20:13

    CADELA DO DEMONIO!

  32. DJ Johnny Lee Postado em 22/May/2012 às 21:04

    Curioso é o fato de vc postar algo sobre preconceito, porém carregado de preconceito... seja imparcial...

  33. Marcio Alexandre M. Gualberto Postado em 22/May/2012 às 22:29

    Caros amigos, informamos que o Coletivo de Entidades Negras (CEN) em conjunto com outras organizações locais e nacionais do Movimento Negro e do Movimento de Direitos Humanos, estão entrando com uma Ação Civil Pública contra a Bandeirantes e vamos acionar o Ministério das Comunicações para se pensar seriamente a questão da concessão de TV a programas como estes. Um abraço, Marcio Alexandre M. Gualberto Coordenador Geral do CEN

  34. Jackson Cavalcanti Junior Postado em 22/May/2012 às 23:12

    Fiquei também indignado. Algumas pessoas se julgam melhores que outras. Na minha humilde opinião, ninguém é melhor nem pior que ninguém. Essa jornalista deveria aprender RESPEITO pelos seres humanos. O cara é ladrão, tem de ser JULGADO, pelo PODER JUDICIÁRIO, não pela repórter. Quem é ela? Arvora-se de juíza sem ter nem noção do que é DIREITO. Não ri nem um pouco da "reportagem" de extremo mau gosto. Fosse eu diretor dessa empresa, tê-la-ia punido.

  35. Carlos Prado Postado em 23/May/2012 às 00:36

    Ta cheio de estuprador de terno e gravata, até mesmo de batina, mas esses com todos seus direitos garantidos. E acho que loirinha de rabinho, esta se referindo a uma jovem com um padrão social melhor do que um negro sem dentes e não associando a loira burra! E quem acha que rezando vai ser preservado, pode tirar o cavalinho da chuva... Você acha que é melhor que os outros para deus lhe poupar?!

  36. Murilo Postado em 23/May/2012 às 09:20

    é por isso que ela esta na Band , emissora de merda , que nao passa nada que preste ...

  37. junior Postado em 23/May/2012 às 09:56

    Brasileiro é muito falso mesmo. Na internet posa de santo mas faz piada com o próximo todo dia.

  38. Herick, UININOVE Direito, São Paulo Postado em 23/May/2012 às 11:40

    Cadê a imparcialidade de que deve ser dotado o profissional jornalista?

  39. jui Postado em 23/May/2012 às 12:15

    Mas ele mesmo disse que assaltou...ou seja.."quando iria ganhar"...esse foi o termo usado...O CARA É BANDIDO,LADRÃO...so porque é negro já estão defendendo...mas o fato de ser PILANTRA ESTÁ ESQUECIDO...ETA BRASIL MAIS HIPOCRITA!

  40. Newton Postado em 23/May/2012 às 12:56

    É visível como o nível de jornalismo policial chega a um nível de subsolo estigmatizando criminosos e ridicularizando-os como puro entretenimento grotesco não procurando saber os reais crimes daquele rapaz baseados em realidade e não em suposições no qual foi chamado de "estuprador" entendo que ele foi preso por algum crime que cometeu,não admitamos ser exposto ao ridículo assim por uma repórter irresponsável convenhamos é bem pior do aquele rapaz estar na cadeia já uma pena bastante pesada em nosso Brasill. Enquanto isso o depoimento da XUXA e tratado com tamanha repercussão e comoção sobre o abuso que ela sofreu na infancia mas como ela é artista né coitadinha ela sofre "tanto"! Mas como o rapaz e pobre e negro os repórteres acham legitimo isso de expor e humilha-lo publicamente como uma escoria da sociedade e enquanto isso Cachoeira, Civita e sua gangue roubam livremente e a imprensa nacional acoberta esses canalhas. Fazer o que isto é Brasil né!

  41. Toshidi Junior Postado em 23/May/2012 às 13:11

    Meu,,,,,parem de falar merd@ da coitada da reporter, pois o criminoso, safado, FDP é o mlk que se tentou ou não estuprar,,,,esse sim deveria se fud3r,,,,pra nunca,,,mas nunca msm,,,nem pensar em estuprar, sua mãe,,,sua irmã, sua namorada ou esposa. Em vez de ficar na rua fazendo m3rd@, devira ficar na escola estudando pra ser alguem na vida. Parem de Hipocrisia !!!!

  42. Anderson Postado em 23/May/2012 às 15:48

    Essa delinquente tem de ir presa!!! Isso é humilhação gratuita e a babaca se acha a mais engraçada do mundo. Essa imbecil tem de ser demitida! Onde ja se viu fazer gozação com a desgraça alheia desse jeito. Estúpida. Agora o mais imbecil é a conivência da polícia com esse tipo de palhaçada.

  43. Rogerio Antonio de Souza Postado em 23/May/2012 às 17:10

    Não estou aqui para julgar se o rapaz cometeu o crime ou não, mas infelizmente esta repórter de quinta categoria não merece está trabalhando numa emissora de televisão do nível da Band.

  44. Marcos Postado em 23/May/2012 às 19:08

    Me desculpe o povo bahiano, mais essa reporter deve graduação em jonalismo e uma faculdade de 5º Nivel - dar nojo ver isso, se fosse parente desse cabra movia um processo contra emissora e contra essa pobre coitada ignorante.

  45. Ajuizado Postado em 23/May/2012 às 20:05

    Muito barulho por pouca coisa. A reporter é o entrevistado são produtos lixos da midia social e péssima formação profissional. E Voces são otarios que ficam perdendo tempo com isso. Vão trabalhar, estudar e valorizar melhor seus parcos tempo de vida.

  46. Osmar T POA Postado em 24/May/2012 às 02:17

    A reporter é um lixo mas em ultima instancia a Bandeirantes (só podia...) é a responsável pelo lixo que contrata.

  47. Antonio Ximenes Postado em 24/May/2012 às 11:41

    Que coitada, essa inútil dessa reporter!!! É verdadeiramente uma infeliz!! Lamentavelmente, o microfone é uma força, e às vezes está nas mãos erradas, como dessa vez, nas mãos de uma pobre idiota, que o utilizou para ridicularizar um infeliz.

  48. Andre Postado em 24/May/2012 às 14:41

    Vagabundo estuprador tem que ser ridicularizado mesmo...pq é um lixo de ser humano, agora me diga e a vitima...quem defende...?? me deixem viu....muita coisa mais importante para se defender...não um lixo desse!

  49. ejedelmal Postado em 24/May/2012 às 18:09

    Um primor. Fico até emocionado queno o PiG se assanha e faz uma dessas. Nem o Geremias foi tão tripudiado. Comparo-a àquela soldado do iraque que humilhava homens iraquianos nus. Falta só aparecer um Breivik TucanUdenista para completar o quadro.

  50. Luis Carlos Postado em 25/May/2012 às 10:31

    Hohohoh minha bandeirante!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Que coisa, deveria terem vergionha desta materia, quer emissora voces são????? isso mostra a qualidade de voces. Que vergonha!!!! Luis Carlos

  51. Max Demian Postado em 25/May/2012 às 19:03

    essa vagabunda ai e era garota de programa de luxo so pq se tornou repórter fica tirando onda mas favela não linga para essa puta não

  52. Marcelo Paz Postado em 26/May/2012 às 13:29

    Qualquer pessoa que já assistiu a um programa policial tem consciência que a imensa maioria dos criminosos presos adota uma atitude suplicante, fica “sensível”, fala em balbucios, de cabeça baixa, e repentinamente parece “arrepender-se” do crime cometido há 20 minutos atrás. Querer santificá-los por isso é abusar e ofender, acima de tudo, as vítimas de seus crimes. Aliás, a grande esquecida da história toda é a vítima do assaltante: onde está ela? Alguém preocupado com o trauma vivido durante o assalto? Pois é: se você for assaltado a partir de agora, pense bem como vai tratar o bandido. O certo é tratá-lo com deferência, respeito cerimonioso, mesmo. Nem pense em rir da cara de um assaltante confesso. Eles estão acima dos cidadãos comuns e merecem um tratamento especial: eles podem rir de você (além de roubá-lo, obviamente), mas você não pode rir deles.

  53. Marcia Martinho Postado em 29/May/2012 às 13:43

    Muito mimimi para defender um estuprador. Aliás, todos, sem exceção, alegam inocencia! E quanto a suposta marca de agressão no rosto dele, é mentira, é visivelmente uma cicatriz, que por ter ele uma alta concentração de melanina na pele, ficou escurecida. E concordo com relação a critica da atitude da reporter, ela foi anti ética no minimo. Mas dai a execra-la mais do que ao estuprador, é uma total inversão de valores.

  54. Eduardo Costa Postado em 29/May/2012 às 14:16

    Essa repórter é tão é tão baixa quanto esse bandido, ele por falta de educação, oportunidade e uma muita falta de vergonha na cara e ela por prepotência, exibicionismo e arrogância. É lamentável que o jornalismo da TV Bandeirantes chegue a esse ponto tão baixo quanto as oportunidade que esse bandido deve ter tido na vida.

  55. Danillo Macedo Postado em 29/May/2012 às 14:35

    Interessante que só agora vieram se manifestar! Isso acontece demais. Principalmente em jornais regionais. Num estou aqui defendendo ninguém. Só acho que se ela vai ser punida, outros mereciam tal punição!

  56. célia silva Postado em 29/May/2012 às 18:37

    reportagem com humilhação e preconceito, este é o perfil do profissional da bAND? ESTOU INDIGNADA. CÉLIA SILVA

  57. Jefferson Postado em 29/May/2012 às 21:44

    Sinto nojo da bandidagem, da pedofilia, dos estrupadores e assassinos. Sinto nojo do sistema... na hora de "acontecer", de boa... dpois, todo mundo chora, todo mundo é inocente! Tem mais é que ser esculachado mesmo!!! Infelizmente os valores se inverteram e hoje defendem a bandidagem! Ou não é humilhante ser assaltado, estrupado, assassinado???

  58. Jefferson Postado em 29/May/2012 às 21:53

    Esse 'pobre humilhado' d quem sentem pena, não sentiria pena nenhuma de vcs nas ruas... não pensaria duas vezes para fazer-lhe o mal, para humilhá-lo com um trabuco na mão, como se ele fosse o "todo poderoso" e vcs uns zé ninguém!!! Se "necessário" até tiraria as suas vidas!!! Realmente, hoje o certo é errado e o errado é o certo, o mal vence o bem!!!

  59. Lolly Postado em 29/May/2012 às 22:33

    Independente de tudo que esse rapaz possa ter feito, ele é um ser humano e tem os seus direitos garantidos pela nossa constituição. Ele é apenas um acusado, não teve sentença condenatória transitada em julgado e mesmo se tivesse ele não deixaria de ter seus direitos garantidos. Essa repórter não tem o direito de humilhar e trata-lo como tratou. É o tipo de pessoa que se acha, pelo fato dele ser menos instruído, ignorante, sem estudo. Péssima profissional e falta de profissionalismo. Ridículo, cabe indenização fácil fácil de danos morais. E esse rapaz tem que ser assistido por um advogado ou defensor publico, para fazer valer os seus direitos. Não é porque é acusado que tem que ser tratado como lixo. Cada crime é um crime. Ele tem que ser devidamente processado pelo crime de roubo. E essa péssima profissional por injuria e difamação. E civilmente uma indenização por danos morais. É por causa desse tipo de gente que o Brasil não vai pra frente. Falta de ética e profissionalismo.

  60. Denise Postado em 29/May/2012 às 22:35

    Longe de descriminalizar a conduta anti ética da repórter, mas seria muita hipocrisia da minha parte, assim como está sendo da sociedade, JULGAR a conduta da entrevistadora! Senão vejamos: O rapaz estava detido pela prática "confessa" de furto e "provável" estupro> Continuando: No cumprimento do seu papel laborativo, e autorizada pela emissora a saciar uma mídia sensacionalista, ridícula, apoiada por milhares de brasileiros (senão programas tipo esses já teriam saído do ar) a repórter nada mais fez, do que chamar a audiência! E pelo visto conseguiu! Infelizmente, ao meu ver, como tudo no Brasil, da forma mais errada possivel. Acontece que, costumamos dar ibope às inversões, aos errados, aos estupradores, aos ladrões, aos assassinos, sem sequer nos importar-mos com o lado que realmente teve o seu direito ofendido, violado. O lado para o qual não existem direitos humanos. Aquele lado que fica sucumbido na sua perda, como se nada de anormal tivesse acontecido! E partindo desse pressuposto, hipócritas são os que "julgam" (incorrendo no mesmo erro da repórter) àquela que ao extrapolar seu dever de levar informação, digo de novo, autorizada, cometeu o crime contra a honra do acusado! Essa coitada, agora vai ser o bode expiatório da vez. Será que é ela quem merece ser apedrejada e largada? Continuando, hipócritas maiores são os que fingindo espanto e surpresa vão demiti-la, são os que não se preocupam com os milhões de brasiileiros que NÃO possuem o que vestir, o que comer e onde morar, os que não estão nem aí com os números de desempregados, do país, que se mantém na dignidade sem partir para a criminalidade, mesmo sendo esse o único caminho que se apresenta a eles, para se preocupar com a mídia sensacionalista que nada mais fez que o seu papel! Assiste quem quer! Esse tipo de mídia não força a entrada em sua casa, usurpando seus bens, ofendendo sua dignidade pelo uso de força! Será que é esse o principal problema do Brasil?Será que esse acontecimento merece mobilizar a opinião pública? Merece a intervenção dos órgãos públicos? Será realmente, que a chacota de mau gosto, o erro, ou como queiram chamar, feita por uma repórter com credencial, obtida para trabalhar, merece esse tipo de destaque?

  61. Ayrton Postado em 29/May/2012 às 23:45

    Se ela é "loira" e ele é "negro", como disse o artigo (a meu ver, infringindo a CF de 88) , então o caso já está esclarecido. Pra que perguntar para a vítima ou para as testemunhas se houve ou não tentativa de estupro? O que vale é a palavra (e as lágrimas) do sr. Paulo Sérgio Silva Sousa, de 18 anos.

  62. Maria Eduarda Postado em 30/May/2012 às 22:36

    Sinto vergonha de viver em um país onde um jovem de 18 anos não saiba o que é um exame de protosta, e da ridicularização alheia, humilhação pela falta de educação e conhecimento do garoto.

  63. suellen Postado em 31/May/2012 às 01:04

    Tentando ou não estuprar, ou tento ou não estuprado, o cara roubou.. e não venha dizer q o "coitado" não teve chance, que não estudou... pq se fosse assim, todo mundo que não teve chance, viraria ladrão, estuprador. Nesse país com educação de quinta, estariamos roubados! A jornalista errou, e não foi ao ridicularizar um garoto, que espero pague de verdade pelo CRIME que cometeu, errou pq tentou fazer chacota de um caso grave como suspeita de tentativa de estupro!! Erra também este blog pela atitude preconceituosa ao cunhar a reporter de loirinha de rabinho de cavalo... como se todas as loirinhas de rabinho de cavalo fossem assim... Este jornalismo pejorativo também não é muito melhor que o dela. E vocês não deveriam se orgulhar, nem falar da ética dela. Vocês foram tão antiético quanto! E mais uma vez, ele não é a vítima. Pode não merecer ser humilhado por não saber falar próstata, mas ele está bem longe de ser vítima! A vítima mesmo, que pode ter sido abusada (como saber ?), nem aparece, e olhem, bem! Esqueceram dela! Tiraram o criminoso para mártir! A vitima agora é ele... me poupem!

  64. Ricardo Mafuz Postado em 31/May/2012 às 12:29

    Bando de hipócritas, a menina tava brincando, ele não se sentiu ofendido em nenhum momento, vai caçar trabalho!!! Vai atras de quem é desonesto, foi mera brincadeira.

  65. Lolly Postado em 31/May/2012 às 13:16

    Ai ai essas pessoas que pensam que pelo fato dele ter roubado ou furtado uma pessoa, ele não é possuidor de direitos. São duas situações distintas, ele tem que ser devidamente processado, assim com essa péssima profissional. Tem que ser analisadas de forma distintas. As pessoas misturam tudo, e quer colocar o rapaz como o mau feitor da historia. Ele tem a sua responsabilidade no crime cometeu e pronto. Não é defender o lado dela, pois esta completamente errada. Ninguém tem direito de humilhar ninguém, muito menos constrange-lo dessa forma. Falta de capacidade profissional dá nisso, tem que explorar algo que seria comum na sociedade de forma a ridicularizar um ser humano, por falta de capacidade profissional.

  66. EDUARDO Postado em 02/Jun/2012 às 01:54

    EMITIR OPINIÕES PESSOAIS, FAZER INSINUAÇÕES QUE INDUZAM ALGUEM A FAZER UMA DECLARAÇÃO E, PRINICPALMENTE, TRATAR O LEIGO COMO ALGUÉM INFERIOR, COMO ACONTECEU NESSA REPORTAGEM POR ESSA JOVEM (QUE NAO DÁ PRA CHAMAR DE REPÓRTER) É UM CRIME TÃO HEDIONDO QUANDO O COMETIDO PELO ACUSADO. SINCERAMENTE, NA MINHA OPINIÃO, ELA DEVERIA COMPARTILHAR AS ALGEMAS DELE!

  67. Fábio Aguilera Postado em 06/Jun/2012 às 15:21

    Quanto à qualidade do jornalismo praticado pela EMISSORA e pela jornalista, concordo. Porém, não entendo bem a razão pela qual o fato de ela ser loira muda algo.

  68. Sylvio Postado em 06/Jun/2012 às 17:38

    Quero ver ela fazer isso com o filhotinho loiro do Eike Batista...

  69. erivan moreira Postado em 07/Jun/2012 às 09:45

    agora ta chorando nao è filha de uma puta

  70. MARILIA MEDEIROS Postado em 07/Jun/2012 às 12:15

    DÁ NOJO OLHAR PRA CARA DELA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  71. MARILIA MEDEIROS Postado em 07/Jun/2012 às 12:18

    É ABSURDO UMA ATITUDE DESTA!!!!!!!!!!

  72. claudemir Postado em 08/Jun/2012 às 08:10

    mulher filha da put....

  73. Malu Postado em 08/Jun/2012 às 12:44

    "Repórter loira" TAMBÉM é preconceito. Desnecessária essa referência. E a repórter nem é loira de fato!!!

  74. Hannah Postado em 11/Jun/2012 às 01:01

    Tão recriminando a reporter é isso? Inocentar um bandido safado é certo? Queria ver se foc a filha ou mulher de algum desses o que fariam? Não recrimino ela em nada! Tantos fazem isso e qd estão na frente da policia se dizem inocentes. Dar razão a um estrupador safado, bandido nojento é ser tão bandido qt ele.

  75. Vinnicius Machado Postado em 12/Jun/2012 às 02:19

    Resumindo...Se ele realmente estuprou quero que ele se foda, ladrãozinho quero que ele se foda, a vagabunda quero que ela se foda... e esse tipo de palhaçada em delegacias de policia tem no Brasil todo esses circos que se montam é uma vergonha.

  76. Vinnicius Machado Postado em 12/Jun/2012 às 02:22

    é isso que os Filhos Das Putas dos governantes querem! uma população burra, analfabeta, viciada em drogas que cometam crimes essa merda nunca vai mudar...

  77. Jarbas Postado em 16/Jun/2012 às 12:56

    Nesses tipos de programas policiais chamados só se encontra desse tipo de gente atravancado cerebralmente e vazio de inteligência. Eles adoram quando encontram pessoas um pouquinho mais brutos que eles, pra se fazerem de sabidos. E isso não é atributo somente desses pretensos "repórteres" ou "jornalistas" assinados em baixo, mas dos próprios apresentadores. Em particular, os neurónios dessa tal repórter ficou amarrado do lado de lá do seu laço, pendurados para baixo.

  78. Dayvisson Postado em 21/Jun/2012 às 05:43

    incrivel, esse site deve ter maioria de 90% negros e bandidos! pq vcs estão defendendo bandido?

  79. Davi Postado em 26/Jun/2012 às 13:54

    eu sou do norte do Brasil sou formado em direito e minha mulher em Jornalismo.eu nunca tinha visto um reporte tão burra e se dis formada eu acho encrivel uma emissora contratar uma pessoa tão indiota se estudo nogenta ela merece ser processada e a emissora tambem.

  80. Amelio Postado em 26/Jun/2012 às 20:31

    todos que postaram seus comentarios . más de uma coisa não da para fugir que essa reporter é muito burra disso não tenha dúvida . E o pior de tudo é que ela ainda tem seus defensores ai a vaca foi pro brejo com corda e tudo.

  81. Natália Postado em 28/Jun/2012 às 14:12

    o link foi pro brejo, né? pq não consigo ver mais no youtube. nem aqui.

  82. Tiago Postado em 30/Jun/2012 às 12:16

    Hahaha Bahianos!

  83. Rogerio Postado em 10/Jul/2012 às 00:56

    Não vi racismo. Ou melhor, vi. Racismo contra uma mulher por ser loira. E devemos ter em mente que bandido é um ser que causa revolta. E ainda falaram em direitos humanos? Tem dó!!! Em país desenvolvido e/ou com lei séria esse sujeito estaria até condenado à morte. Entre zombar de um marginal e o próprio cometer assalto tem uma distancia imensa. O cara rouba e nem podem tirar um sarro dele? Tem que fazer o que com bandido? Dar comidinha na boquinha e trocar fraudinha?

  84. LUIZ HENRIQUE Postado em 13/Jul/2012 às 23:49

    Eu tenho uma palavra delicada para esta mulher: ESCROTA é o baixo nível de nossa programação,se fosse o contrário já estaria rolando um processo é triste ver uma arrogante,assim como outros Casois da vida ocupando um espaço tão importante por que ela não fala assim com os doutores ladrões?

  85. Wallace Postado em 04/Aug/2012 às 01:24

    Falsos moralista vocês que estão falando mal, da Repórter. Eu achei ela uma excelente profissional. O que ela fez é o que o Gil Gomes já fazia a vários anos e o Wagner Montes ainda faz isso aqui no Rio de Janeiro. Ela é corajosa, tem exculachar os vagabundo mesmo. Quero defender estrupador!? Leva ele pra sua casa pra ver ser você não acorda com roela alargada, pra ver se ele não mete a pica na irmã ou na mãe de vocês. Estrupador é raça do diabo. Vi um comentarios do cara dizendo, que ninguem é obrigado saber falar protasta, ah vai se catar.

  86. Henrique Postado em 09/Aug/2012 às 15:11

    Importantíssima a denúncia, belíssima postura, porém desnecessária separação racial. Somos todos mestiços no Brasil. Iria escrever mais, mas a "val" disse tudo que eu queria dizer.

  87. Lucas Postado em 10/Aug/2012 às 23:17

    Gente, como esse Wallace posta um comentário desse? Será que é cego e nao viu a reportagem, ou não tem vergonha mesmo?

  88. deuscht Postado em 15/Aug/2012 às 01:15

    Ela faz jus ao programa que apresenta, pudera, tanto o programa e a metiida a jornalista SÃO UNS MERDAS!!!! ISSO NUNCA FOI E NUNCA SERÁ UMA JORNALISTA, vai lavar roupa loira mediocre!!!

  89. Ingrid Postado em 18/Aug/2012 às 01:31

    Terrível esse ocorrido, não defendo o que ele fez, mas sim o posicionamento dessa repórter. No jornalismo existe um código de ética, no qual diz que deve-se respeitar sua fonte, e nesse caso a fonte é o suspeito. E ela agiu de uma forma totalmente absurda e vergonhosa, me senti constrangida e com vergonha alheia. Acredito que necessitamos de uma reforma e uma regulamentação urgente na tv brasileira. E com o fato de pessoas terem deixados seus comentários dizendo que esse programas tem muita audiência, é simplesmente porque o único momento em que a população pobre, excluída, se sente representada, é quando está nesse tipo de programa. Não que todas as pessoas sem poder aquisitivo sejam criminosos, mas é o momento que em se reconhecem como classe segregada, pois sempre vem sua rua, seu bairro, alguns conhecidos nesse tipo de programa.

  90. thiago Postado em 28/Aug/2012 às 13:06

    hahahahaah eh o fim!!!! quanta gente defendendo esse bandido marginal safado...e quem defende a pobre mulher vitima de um bandido desses? Quantas pobres mulheres esse canalha ja deve ter humilhado?? tao com peninha?? leva pra casa e da comida na boca. mas tome cuidado se vc tiver uma filha morando em casa, pq ao contrario de vc, esse rascunho mal feito de gente nao tem pena da ninguem!!!! e tb nao sei pq o cidadao que escreveu esse artigo citou o fato dele ser negro se a reporter em momento algum fez referencia a isso.

  91. Guilherme Postado em 02/Sep/2012 às 16:53

    Coloca o Thor Batista na delegacia porque atropelou e matou irresponsavelmente, chama esse programa e põe essa loirinha vagabunda pra entrevistar. Você vai ver ELA desejando ser estuprada pela rola de ouro branca elitista e rica dele! E depois me pergunta se você não quer que um sujeito desses, depois de livre do nosso sistema prisional, também vergonhoso, não vai querer se vingar da sociedade que um dia riu dele e ridicularizou ele. Quer dizer, por melhor que fosse a intenção de prender, pode ser chamada de medida ressocializadora?, ainda mais depois de uma emissora de TV tomar as vezes da Justiça, criando um tribunal de exceção ao vivo com sentença condenatória irrecorrível produzida oralmente em 3:23? Já não bastam as injustiças do sistema prisional, as várias falhas tapadas com peneiras, uma verdadeira fábrica de vingança e homicidas frustrados (ressocialização é o inferno!), ainda por cima, além de tudo isso, a frustração tem que ser maior diante das câmeras de uma TV irresponsável? Não é só a Band não, a nossa mídia de massas atual está em suma maioria assim!

  92. Abel Postado em 06/Sep/2012 às 08:29

    Como no Brasil existem tantas bestas humanas nesses canais de televisão, incompetentes, que se dizem jornalistas, esta repórter de botequim, é a clara expressão de uma besta humana, sem a menor consciência e nenhum pincípio ético, já está na hora de tirar estes lixos do ar... E que no mínimo, haja alguma punição tanto para a Band como para referida repórter!

  93. augusto Postado em 09/Sep/2012 às 12:56

    ela tem que pagar,mais como na bahia tudo e festa,kkk esse fato vai ser apenas mais um de um milhão que vinrar

  94. Raphael Postado em 13/Sep/2012 às 11:16

    Que nojo!

  95. Vanessa Postado em 14/Sep/2012 às 15:43

    LUGAR DE PALHAÇA É NO CIRQUINHO...TOLINHA. Precisava aparecer...rsrssr..programinha, reportagenzinha, reporterzinha...td uma merdinha..eca...rs

  96. Marcel Postado em 06/Nov/2012 às 12:01

    Muitos dos comentario, afirmam que ela humilhou esse bandido estuprador, mas fico pensando é na humilhação que esses vagabundos causam nas suas vitimas, ofedendo, batendo e machucam nelas. Nisso niguem pensa diante de uma situação que foi causada por essa reporter. Seria muito bom parar de pensar nesses vagabundos e pensar melhor nas pessoas que são vitimas nas mãos desses vagabundos.

    • bfbd11 Postado em 02/Sep/2013 às 16:04

      Esses "vagabundos" existem por que nós alimentamos uma diferença social cada vez maior, é fácil chamar alguém de vagabundo, quando se tem uma cama pra dormir, comida na mesa, um celular que tira fotos, ou qualquer outra modernidade, comprada com dinheiro. Claro, eu trabalhei, eu suei, eu acordei cedo, fiz hora extra no trabalho, ninguém desmerece o seu talento, e a sociedade precisa disso, de pessoas produtivas, mas e aquele povo, que não tem escola, que, por mais que você ofereça um emprego, ele prefere a liberdade das ruas, porque foi assim que ele aprendeu a viver, porque desde criança, ele é visto como uma ameaça, com um trombadinha, será que não somos nós que criamos todas essa violência, e segregação e quando ela bate a nossa porta, nós culpamos o governo por isso. a vida de todo mundo tá uma merda, políticos corruptos, impostos cada vez mais altos, mas pra quem é assalariado, é difícil ver isso, claro que que o impacto maior é nas camadas mais pobres da sociedade, eles não tem o que "essa camada privilegiada da sociedade" tem, o celular mais novo, o tênis que o jogador de futebol faz propaganda, a camiseta com uma porra de um jacaré verde", e porque não poderiam ter tudo isso, se a propaganda compra tanta gente assalariada, por que não compraria os pobres também, e parafraseando Jesus já que "não só de pão viverá o homem" mas e o pão, também tá caro, fica difícil e quando eles vem pegar o que lhes foi negado, nos falamos de "proteger o cidadão de bem" mas quem protegeu eles desde o nascimento, até o momento em que fazem o primeiro furto? É fácil dar as costas e falar "não é problema meu"....

      • Alex Postado em 03/Dec/2013 às 18:09

        Cada um escolhe seu caminho. Para uns sempre será mais difícil, mas cada um escolhe o que vai ser de sua vida e o que ele será perante a sociedade.

      • Rodrigo Postado em 03/Jan/2014 às 09:55

        Então me explique por que alguns ricos também roubam e por que apenas alguns poucos pobres roubam, mas não todos, Mr. M, mestre de todos os sortilégios! A pessoa já é pobre e ainda leva um "carimbaço" na testa de ladrão justificável...

  97. Diogo Postado em 30/Dec/2012 às 23:46

    A Band tirou a cena

  98. Eder Postado em 30/Dec/2012 às 23:54

    O vídeo foi retirado. Onde consigo vê-lo?

    • bfbd11 Postado em 02/Sep/2013 às 15:40

      Aqui ainda tá funcionado http://videolog.tv/786526

  99. Eddie Postado em 31/Dec/2012 às 00:08

    Fiquei pasmo com a quantidade de juízes de Direito comentando neste post, pois muitos deles já julgaram o sujeito como autor do crime de estupro. Lembrem-se que todos são inocentes até que sentença condenatória transitada em julgado prove o contrário, logo, há de se ter muita cautela antes de chamar alguém de vagabundo, criminoso ou "estrupador" como disseram. De fato o autor da matéria errou ao estereotipar a jornalista. No mais, a atitude desta insana mulher foi lamentável e digna de repúdio, pois mostra que a ignorância e a prepotência independe de um diploma universitário.

  100. Flávia N. Postado em 02/Jan/2013 às 00:33

    O caso é assustador, realmente, mas não consigo ver relevância em falar que a repórter é uma "loirinha com rabinho de cavalo à la 'Feiticeria'". Aliás, extremamente desnecessário e preconceituoso. Que é que tem a ver?

  101. Patricia Postado em 16/Jan/2013 às 10:28

    Eles tiraram o video do ar ¬¬

  102. Anderson Postado em 17/Jan/2013 às 17:19

    "Questões negras"? Como assim? Ele tem que ser tratado de modo diferente? E se fosse um branco? E não é por ela ser loirinha, de rabo de cavalo e por ele ser negro que o vídeo e a "reportagem" são um ridículos. E sim porque esse lixo se direciona a um público que adora ver a humilhação como show televisivo. Infelizmente um texto preconceituoso para falar de um vídeo preconceituoso. Estava curtindo muito o site, até abrir esse post.

    • Luis Soares Postado em 17/Jan/2013 às 17:35

      Anderson, não acredito que seja sensato julgar o site pela publicação de um autor.

    • Lucas Postado em 16/Sep/2013 às 20:54

      Ando vendo este tipo de conteúdo no site, que para criticar o preconceito ou racismo usa de palavras preconceituosas, deve ser um ciclo vicioso isso...

  103. Cláudio Monteiro Postado em 16/Apr/2013 às 15:57

    [...] E se fosse um branco?? Já aconteceu. Aliás, dois, na qualidade de agentes ativos em crime de estupro . Um deles, filho de um dos donos da RBS, afiliada à TV Globo no Paraná. Óbvio que nenhum segmento da imprensa exibiu as imagens destes filhinhos de papai. Estão vendo como a coisa só funciona para um lado?

  104. cris Postado em 05/Jun/2013 às 00:08

    xemplo de jornalismo pra lá de esgoto. Uma repórter loirinha (Mirella Cunha), com rabinho de cavalo à la Feiticeria??? Preconceito e mais preconceito!!!!

  105. Ramon Postado em 09/Jun/2013 às 22:41

    Ele é um estuprador, e portanto merece ser humilhado.

    • Fernando Jeronimo Postado em 24/Oct/2013 às 11:14

      Então você é testemunha, juri e juiz? Conhece com clareza todas evidências e provas? Excelente pequeno gafanhoto aprendeu com maestria os ensinos de Mirella Cunha!

  106. wagner Postado em 03/Sep/2013 às 13:20

    jornalista nem é uma profissão...procure ai e ache um conselho de jornalismo....basta ser bonito saber falar (mais ou menos) e pronto!! pra mim isso é o mesmo que bullying ou outras formas de preconceito, não cabe a jornalista, nem ninguém a não ser o juiz, promotor etc.. o julgamento de qualquer pessoa.

  107. Thiago Teixeira Postado em 21/Sep/2013 às 12:30

    Ela fez isso para se sentir inteligente diante de uma pessoa aparentemente simples que não teve acesso a educação de qualidade. Culpado ou não a atitude deselegante dessa "jornalista" roubou a cena.

  108. Carlos Francisco Postado em 26/Sep/2013 às 13:20

    Ela achou engraçado, qual é o problema? Ela não ofendeu, brincou com ele, explicou pra ele o que ele não sabia.

  109. Mahcherry Postado em 06/Oct/2013 às 03:17

    E o resultado? No corpo de delito de ambos deu estupro ou não? O cara foi condenado? No Brasil a lei penal só funciona para pobres... Essa repórter e completamente anti ética, deveria ser demitida. As pessoas querem colocar humor da desgraça dos outros. Papelão desse canal hem.

  110. Asdrúbal Postado em 11/Oct/2013 às 18:34

    Eu rachei os bicos do vídeo...a repórter é muito gata, é espontânea. E o cara é bandido, vagabundo, safado...que que tem fazer papel de idiota na TV?

  111. endrigo Postado em 22/Oct/2013 às 12:13

    cheguei neste post atraves de outro link... este colunista em questao, pegou pesado.. tudo q elr criticou na jornalista, ele fez igualzinho... ou seja, parece que os dois estudaram, o deste site e a jornalista da band.... vc nao vai chegar a lugar algum, nessa sua luta contra o preconceito se vc proprio eh super preconceituoso e racista... pense nisso blogueiro... abraco

  112. Fernando Jeronimo Postado em 24/Oct/2013 às 11:09

    Não é a primeira vez que a Mirella Cunha ataca! http://www.youtube.com/watch?v=wzR8LYCHgoo

    • Rodrigo Postado em 02/Jan/2014 às 11:34

      "tenho vergonha, mas o desemprego..." o leva a formar quadrilha, roubar, agredir, fazer o que quiser, tendo salvo-conduto eterno e indiscriminalizado para, se quiser ainda, estuprar, assassinar. Errado é o vizinho dele, que trabalha e cobra que os filhos estudem e cresçam na vida. Errada é a mãe dele, que pega não sei quantas conduções para trablhar. Errado é quem estudou e cresceu na vida. Errado é quem valorou o estudo e passou em concurso de um banco, de um Tribunal, de uma prefeitura. Quem renunciou a horas de prazer, quem trabalhou de dia e estudou à noite. Erradas são as pessoas de bem. Heróis são os criminosos.

  113. Alex Postado em 03/Dec/2013 às 18:01

    Ela é um lixo como jornalista. Mas não esqueçam que esse mesmo "coitado" que está sendo humilhado por ela, faz bem pior com verdadeiros inocentes. Atacam principalmente mulheres, que são as preferidas deles na hora de roubar, pois para eles o risco de uma reação é menor. Me expresso assim não achando que ela está certa no que fez, muito pelo contrário, ela faz parte do imenso esgoto que temos na tv. Porém, muitos aqui parecem esquecer que se trata de um bandido, que comete absurdos na hora de executar uma ação delituosa.

  114. Adara Cicerelli Postado em 04/Dec/2013 às 12:47

    A medida disciplinar da Band foi tirar o video do ar para que, assim como eles, todos possam esquecer o ocorrido?

  115. Rodrigo Postado em 02/Jan/2014 às 11:27

    Quanta manipulação na chamada da "matéria"... Poderia dar-me ao riso, mas a náusea afasta a possibilidade de diversão. Então questiono se fosse, a repórter, negra, ao que o acusado de estupro fosse loiro de olhos azuis. Se o loiro, acusado de estupro, preso, passasse a chorar copiosamente, chamar por seus familiares. Haveria esse mesmo circo? Espero estar errado e não estar a ver a repetição do racismo, agora contra o branco, em vez da abominação a tal prática. P.S.: como logo aparece um "você é branquinho, né?", já respondo logo que sou nordestino, dessa mesma Bahia da matéria, descendente de índios, brancos e negros, mas teria o mesmo direito à opinião que profiro se fosse apenas branco, apenas negro, apenas índio, sem sectarismo, sem etiquetamento, sem discriminação.

  116. Isabela Postado em 17/Feb/2014 às 20:19

    O que está acontecendo com o jornalismo? Está cada vez mais dificil de encontrar profissionais competentes e sérios. Estou enojada com essa "turminha Sheherazade" REALMENTE NOJENTO E ESCROTO O VÍDEO

  117. Joao Postado em 18/Feb/2014 às 19:13

    Video disponivel nesse link: https://www.facebook.com/video/video.php?v=10150794816167714

  118. Jurandir Postado em 27/Mar/2014 às 17:34

    ainda chamam, com toda as desculpas às meretrizes, elas não merecem, essa quenga de jornalista? Deveria ter alguém pra defender esse rapaz. Que ele pague pelo seu delito, mas que ela também seja punida pela humilhação que fez o rapaz detido passar. Ninguém tem o direito de fazer o que ela fez, ninguém.

  119. May Trevizan Postado em 27/Mar/2014 às 18:55

    E se diz jornalista...

  120. leandro Postado em 23/Apr/2014 às 09:09

    cadê os mesmos políticos defensores dos direitos humanos, que representaram contra a Rachel Sheherazade, para defender os direitos desse jovem? Isso mostra que a defesa dos direitos alheios é puro interesse político; até o Fautão com preconceito no último dia (20), ao referir os cabelos da dançarina da Anitta, como vassoura de bruxa, que absurdo!!!

  121. lenine. Postado em 24/May/2014 às 21:31

    tem gente burra que não diferencia ladrão de celular de estuprador, infelizmente.

O e-mail não será publicado.