Luis Soares
Colunista
Racismo não 15/Mar/2012 às 21:59
12
Comentários

Deputado do PSDB chama servidor de 'macaco' e manda ele 'procurar um pau para subir'

O deputado Carlos Alberto Leréia confirmou ter dito “vai catar um pau para subir” ao funcionário. Mas negou tê-lo chamado de macaco e alega que não tem de se identificar para entrar no plenário.

Racismo Câmara Deputados Leréia MacacoO deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO) foi acusado hoje de racismo praticado dentro do Congresso. A Polícia do Senado vai investigar a ocorrência, que teve como alvo um servidor público. O boletim de ocorrência informa que o Leréia chamou o policial de pele negra de “macaco” e que mandou que ele “procurasse um pau para subir”, antes de se dirigir do plenário para o cafezinho dos senadores.

A ofensa, de acordo com o documento, começou quanto o policial, que trabalha no Senado e não na Câmara, pediu ao deputado que se identificasse. Irritado, Leréia respondeu que o servidor deveria saber quem era ele ou que, então, “procurasse na Internet porque ele não iria se identificar”. E repetiu a sugestão de “procurar um pau para subir“, ofensa testemunhada de perto por dois senadores. Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) pediu ao policial que “não retornasse mais a falar com o cidadão que se dizia deputado”. “Foi feio, o segurança usou a prerrogativa, mas ele não quis se identificar”, lembrou Valadares.

Leia mais

O boletim de ocorrência registra que não foi esse o primeiro envolvimento de Carlos Alberto Leréia numa ocorrência no plenário do Senado. Na ocasião anterior, ele teria mandado outro policial “tomar no c…“.

O deputado confirmou ter dito “vai catar um pau para subir” ao funcionário. Mas negou tê-lo chamado de macaco e alega que não tem de se identificar para entrar no plenário. “Ele queria que eu mostrasse a identidade”, protestou, dizendo que acha desnecessário até mesmo usar na lapela o broche de parlamentar. “Não vou mostrar a identidade no Congresso, se broche for a maneira de entrar aí (plenário), é só mandar fazer (um broche). Radialista, Leréia disse que mandou seus advogados entrarem com uma representação contra o policial.

Já o diretor-geral da Policia do Senado, Pedro Araujo, informa que, se confirmados, os fatos constarão da representação que será encaminhada à corregedoria do Senado, à qual compete pedir providências à corregedoria da Câmara dos Deputados.

Agências

Posts relacionados

Comentários

  1. JOÃO SZABO Postado em 16/Mar/2012 às 07:42

    E alguém acredita, em sã consciência, que isto vai dar em alguma coisa? O “nobre” deputado pertence àquela categoria dos “mais iguais” criada pela nossa nefasta constituição, da qual participou o Lula, e o Deputado Ulisses Guimarães chamou pomposamente de “constituição cidadã”. Como é uma questão de categoria, que não se misturam, e têm tratamento privilegiado e diferenciado, e o servidor pertence aos “iguais” vai acontecer com ele o que aconteceu com o Francenildo, quando confrontou com o Palocci. E mais as testemunhas, segundo a reportagem são senadores, e aí que a coisa piora para o servidor. Precisamos, realmente, e urgentemente, de uma constituição, que tenha, pelo menos, o mínimo de seriedade.

  2. Lázaro Arantes Postado em 16/Mar/2012 às 11:14

    Um símio querendo ensinar um hominídeo

  3. Luis Soares Postado em 16/Mar/2012 às 11:16

    Esse vira bom moço em ano que disputa eleição. É pena que os músculos do nosso cérebro não sejam calejados o bastante para nos fornecer a memória adequada. De todo modo, seria inapropriado responsabilizar o bom voto apenas à boa memória.

  4. Cleber Randal Baptista Postado em 16/Mar/2012 às 17:28

    Imagino que alguns senhores Senadores estejam fazendo confusão, de que eles parlamentares autônomos, são soberanos.

  5. Cleber Randal Baptista Postado em 16/Mar/2012 às 17:30

    E. T. Leiam-se Deputados Federais e não Senadores.

  6. Carlos Augusto a de M Gomes Postado em 16/Mar/2012 às 22:53

    se fosse eu tava preso algemado e num pau de arara ou numa fogueira, mas é o ilustre deputado, entao nada vai acontecer. Isso tem q acabar

  7. Eleni Postado em 19/Mar/2012 às 09:02

    Infelizmente devo concordar...não vai dar em nadinha...ou pior, o policial vai acabar se dando mal.

  8. vitoria Postado em 20/Mar/2012 às 20:28

    Cria vergonha sr. Lereia e vê se próxima reencarnação volte como cidadão, pois nessa não passa de um porco metido a besta!

  9. vitoria Postado em 20/Mar/2012 às 20:30

    Lamento, mas não tem como moderar nada diante das atitudes desse senhor

  10. JOAO RICARDO Postado em 21/Mar/2012 às 13:40

    Essa prática não É exclusivista do PSDB.Procedimentos piores que esses aconteceram com o pessoal de outras agremiações políticas inclusive o PT, ou todos já esqueceram do episódio do Dólar na Cueca? assassinato do Toninho do PT, caso até hoje NAO resolvido.Taxar um partido como espelho do que há de mais corrupto no Brasil é ser mal informado ou mal caráter de má índole ou tendencioso

  11. Cido Postado em 25/Mar/2012 às 18:51

    É, mas pode ter certeza, mais um do "distinto" PSDB, das fazendas do ministro, do ministro da fazenda que virou presidente, dos escândalos do apagão, do PROERD, entre tantas outras coisas. O PT tá envolvido em sujeira sim, mas o PSDB é bom pra abafar seus erros... O que esperar de um "deputado" desses...

  12. Ricardo Postado em 03/May/2012 às 17:09

    E ele nao se enxerga que tem sangue negro tambem!??? Olhe pra tua cara ordinario! Acha que e sueco? imbecil

O e-mail não será publicado.