Redação Pragmatismo
Compartilhar
PSDB 28/Feb/2012 às 22:05
109
Comentários

Procurador pede prisão de Geraldo Alckmin e Naji Nahas por crimes no Pinheirinho

O procurador do Estado de São Paulo Marcio Sotelo Felippe afirma que o governador Geraldo Alckmin, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ivan Sartori, e Naji Nahas devem ser presos pelos crimes cometidos contra a humanidade no Pinheirinho, em São José dos Campos, interior de São Paulo

Alckmin Nahas Sartori Pinheirinho PrisãoDurante quinze dias, o jurista Márcio Sotero  se debruçou na documentação da área do Pinheirinho, onde foram expulsas pela tropa de choque da Polícia Militar, no dia 22 de janeiro, milhares de pessoas pobres.

A reintegração de posse foi requerida pela massa falida da Selecta, empresa do especulador Naji Nahas. Ao pesquisar toda a papelada do processo de falência o procurado do Estado fez algumas descobertas até agora não divulgadas por autoridades que tinham este conhecimento.

Márcio Sotero Felipe também é professor de Filosofia do Direito da Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo e exerceu o cargo de Procurador Geral do Estado na gestão Mário Covas.

Leia mais

Abaixo, a íntegra da entrevista de Márcio Sotero Felipe à repórter Marilu Cabañas.

Dr. Márcio, o que que o senhor constatou na sua pesquisa sobre a massa falida da Selecta?

M.S.F.: Constatei algumas ações que a sociedade deve saber, que as pessoas devem entender. A massa falida da Selecta a rigor hoje não é mais massa falida. Todos os créditos que eles tinham contra a massa falida já foram pagos ou satisfeitos. De que modo foram pagos ou satisfeitos? O que eu sei, pelo processo de falência, é que a própria falida, o próprio Naji Nahas comprou estes créditos. Não existem empregados para receber créditos trabalhistas. Não existe qualquer contrato privado pra ser destinado. Existem dívidas tributárias do município e da União. As dívidas tributárias, elas independem da falência, elas podem ser cobradas a parte. A falência está materialmente finda, de tal modo que existe um despacho de um juiz da falência de cinco anos atrás dizendo literalmente o seguinte a falência está finda e todo o numerário arrecadado será destinado à falida. Não à massa falida, que é outro conceito. À falida. Quem é a falida? É a empresa do senhor Naji Nahas. Ou seja, por que que isto é importante ressaltar? Porque tudo que aconteceu no Pinheirinho, toda esta tragédia, ela resulta no seguinte: beneficia apenas o maior especulador do País, um dos maiores escroques deste País que é o senhor Naji Nahas. Então a pergunta que eu quero fazer é a seguinte: O que que a máquina do Estado de São Paulo, o executivo pela Polícia Militar, o presidente do Tribunal de Justiça, que se empenhou violentamente pra isso? Por que que toda esta máquina foi movimentada pra beneficiar o falida Naji Nahas? E apenas o falido Naji Nahas. Nenhum crédito trabalhista. Nenhum credor de contrato privado. Nada! O único beneficiário desta ação é o senhor Naji Nahas. Eu quero apenas entender. Eu quero apenas fazer esta pergunta ao senhor Governador e ao Presidente do Tribunal de Justiça: Por que esta ação foi realizada desta forma? Por que ação deste porte, que beneficia apenas o senhor Naji Nahas, foi realizada violentando, brutalizando, desgraçando a vida de seis mil pessoas?

Gostaria que o senhor explicasse qual que é também a participação do síndico da massa falida? Por que ele estava presente na tentativa de acordo, pra dar quinze dias, pra não ocorrer a reintegração de posse juntamente com o juiz Luiz Beetwoven Giffoni Ferreira. E o síndico da massa falida estava presente. Então, qual seria o papel deste síndico também já que não existe praticamente a massa falida?

M.S.F.: Olha, isto tudo foge da rotina. Isto tudo foge do padrão de operação de um processo de falência. Na medida em que o síndico da massa falida, que é uma pessoa que não tem relação com a falida, ele é (pode ser) um dos credores, ou alguém nomeado livremente pelo juiz. Mas ele é o representante da massa falida, ele é quem postula pela massa falida, e não o falido que perdeu a capacidade de gerir os seus negócios. Então, ele fez um acordo, ele representa a massa falida, o acordo foi homologado. Por uma razão misteriosa, que ninguém consegue entender, o acordo é esquecido. E dois mil policiais militares fazem esta operação extraordinariamente violenta. Ou seja, há uma série de irregularidades. Eu não vou nem me estender nas irregularidades jurídicas. Havia uma determinação da justiça federal, mil coisas que caracterizam completa ilegalidade disso. No que espanta é que uma certa natureza, uma decisão judicial incondicional, com problemas processuais, em que a única pessoa que representava a massa falida, que era o síndico, tinha concordado com a desocupação (sic: decisão). Não haveria possibilidade de outra decisão. Espanta aqui que a coisa toda tenha acontecido.

Tinha concordado em dar quinze dias, não é isto?

M.S.F.: Havia um acordo em que a massa falida, o síndico da massa falida, concordava com o adiamento da desocupação por quinze dias. E este acordo foi feito na quinta feira, antes de domingo, 22 de janeiro, e no domingo, não obstante o acordo, foi feita a operação.

Este juiz que tava fazendo esta intermediação com os deputados, parlamentares, e também com o advogado e síndico da massa falida, o juiz Luiz Betwooven Giffori Ferreira, este juiz já sabia que não existia a massa falida, não é isto?

M.S.F.: Já sabia. Formalmente há ainda um processo de falência. Formalmente há ainda uma massa falida. Mas eu tenho um despacho, e isto está digitalizado em meu computador, tenho um despacho de cinco anos atrás do juiz Betwooven, Dr. Betwooven, dizendo: todos os credores da falida estão pagos, portanto tudo que for arrecadado, veja, é sim em favor da falida. Ou seja, reverte-se em favor, explicamos, reverte-se em favor do senhor Naji Nahas.

Agora com qual interesse, Dr. Márcio?

M.S.F.: Olha, Marilu, eu não tenho a resposta pra isto. Eu tenho só a minha perplexidade. Eu não vou ser leviano, inconsequente, irresponsável de fazer acusação a altas autoridades. Mas eu como cidadão tenho o direito de fazer uma pergunta. Apenas uma pergunta. Por que o senhor Governador lança a PM com aquela violência extraordinária? Por que o presidente do tribunal de justiça se empenha pessoalmente a ponto de mandar o seu principal assessor pra lá, pra uma ação com esta brutalidade, com esta selvageria, pra favorecer um único escroque? chamado Naji Nahas. É só isso que estas pessoas precisam responder para o povo do Estado de São Paulo. Eu não estou fazendo acusação nenhuma. Eu quero saber por que que a PM vai trabalhar pra Naji Nahas? Por que que presidente do Tribunal de Justiça se empenha desta maneira pra beneficiar o senhor Naji Nahas?

É como o senhor falou, se ainda existessem funcionários, empregados precisando receber os salários. Seria diferente.

M.S.F.: Perfeitamente, houve uma desinformação muito grande, Marilu. A secretária de justiça deu uma entrevista para O Estado de São Paulo, alguns dias depois dos fatos, dizendo:

– Ah, existem créditos trabalhistas que têm que ser respeitados.

Não existem! Não existem créditos trabalhistas. Não existe nenhum empregado miserável passando fome pra receber dinheiro da massa falida. Não existe nenhum credor que vendeu alguma coisa em algum momento que tenha um crédito contra a Selecta pra ser ressarcido. Não existe ninguém. É isso que eu quero ressaltar. Mentira, não é pra pagar crédito trabalhistas, não é pra pagar ninguém. Tudo isto que foi feito só tem um beneficiário, o senhor Naji Nahas.

Que inclusive é impedido de entrar em vários países, não é Dr. Márcio?

M.S.F.: Olha Marilu eu acho o seguinte, sabe? Eu acho que o que aconteceu em Pinheirinho, eu vou mais adiante do que o que você está falando. O que aconteceu no Pinheirinho é crime contra a humanidade. Crime contra a humanidade, segundo o Direito Penal Internacional, Estatuto de Roma, deve ser julgado no Tribunal Penal Internacional. Eu não vejo nenhuma diferença disto que aconteceu ao que fazia um Milesovic. Que é um réu do Tribunal Penal Internacional. Ou não é crime contra a humanidade, às cinco horas da madrugada, invadir, uma força policial armada, helicópteros, uma área onde residiam seis mil pessoas. Simplesmente jogadas no nada. Crianças. Velhos. Doentes. Seis mil pessoas. Se isto não é crime contra a humanidade. O que é crime contra a humanidade? Então, é crime contra a humanidade. Sabe o que eu acho, Marilu?

Sim?

M.S.F.: O senhor Alckmim, o senhor Naji Nahas, e o presidente do Tribunal de Justiça. Pelo princípio da jurisdição universal, eles têm que ser presos em qualquer aeroporto do mundo em que puserem os pés. É isto o Júlio (sic: Baltasar) Garzon fez, por exemplo. Julio (sic. Baltasar) Gárzon que foi punido agora injustamente, lamentavelmente. Pinochet estava em Londres, ele expediu um mandato de prisão contra Pinochet. O Tribunal Penal Internacional tem que expedir um mandato de prisão contra estas pessoas. Contra as autoridades responsáveis por este ato.

Dr. Márcio, mesmo que tivessem problemas trabalhistas, indenizações a serem pagas, mesmo assim, não se justificaria, não é mesmo, este tipo de reintegração?

M.S.F.: Não se justificaria. Absolutamente não. Você lembrou muito bem um aspecto. Em primeiro lugar, é inconstitucional. Por que que é inconstitucional? Porque existe, pela nossa Constituição, uma hierarquia de princípios. O primeiro princípio, que é fundamento da república, isto não é uma questão retórica, é um fundamento da República. Ou seja, tudo que se faz na estrutura jurídica e institucional do País deve está em função disto. Qual é este princípio? O princípio da dignidade humana. Embora existam outros princípios. O princípio da propriedade privada. A Constituição também protege. Nós temos uma Constituição pro sistema capitalista. Nossa estrutura social é capitalista. A propriedade privada é protegida. Mas nós temos uma Constituição social. Então, a propriedade tem que ter uma função social. S seis mil pessoas que estavam lá, estavam dando função social à propriedade. Segunda coisa, o princípio da dignidade humana prevalece sobre o princípio da defesa da propriedade privada. Então, estes dois aspectos fulminam, sem qualquer sombra de dúvida, a decisão da juíza de São José dos Campos. Ela é inconstitucional. Ela não é abrigada pelo nosso ordenamento jurídico. Então, muito bem lembrado, Marilu, podia ter credor trabalhista, podia ter outra espécie de credor. Seis mil pessoas não podem ser jogadas na miséria, colocadas no nada, de uma hora para outra, pra defender um, ou pra garantir um suposto, porque também há dúvidas, direito de propriedade do senhor Naji Nanas.

Exato, mesmo porque houve casos semelhantes que foram decididos de forma diferente, NE?

Márcio Sotelo.: Sim. Há muitos casos. Muitos casos. O desembargador hoje aposentado tem uma decisão clássica sobre isto. Um caso semelhante. Muito menos grave do que este. Uma área que havia pessoas residindo, que ele diz, uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, o mesmo Tribunal de Justiça de São Paulo, em que ele diz que o princípio da moradia digna, da dignidade humana prevalece sobre o da propriedade. Então, nega a reintegração de posse. Nega a desocupação das pessoas. Então, esta é a decisão constitucional.

Muito obrigada pela entrevista, ao Dr. Márcio. Um grande abraço pro senhor.

Márcio Sotelo.: Outro pra você, também. Obrigado.

Pragmatismo Político

Recomendados para você

Comentários

  1. Gisele Fiaux Postado em 29/Feb/2012 às 13:22

    Já é hora, ou melhor, já passou da hora de se levantarem contra as barabaridades cometidas contra o povo indefeso, beneficiando verdadeiros criminosos, os já reconhecidos pela justiça como tal e aqueles que "vestem" a aparencia de servidores do povo, mas não o são. Parabéns por divulgar esta ação.

    • João da Silva Postado em 26/Jul/2014 às 09:40

      Gisele mora em local invadido? conhece o perfil dos invasores de propriedades alheias, pobre que é pobre tem que trabalhar, não tem tempo de invadir nada!

      • Maria de Lourdes Cardoso Postado em 27/Jun/2016 às 23:39

        João da Silva, pobre que é pobre para trabalhar precisa de lugar para morar, água para higiene da casa, e ter dignidade para tornar-se um cidadão. Leia o texto jurídico, a Constituição e depois defenda Naji Nahas. Primeiro deixaram que se formasse uma vila e depois foram tirados de cima com tratores, estilo guerrilha. Aqui na cidade onde estou por uns dias, formou-se uma vila sobre cômoros de areia e levantou-se até prédios de alguns andares. O proprietário das areia entrou na justiça e enquanto o processo circulava a vila cresceu e tornou-se um bairro. Perdeu a questão. Nas proximidades onde há cidades, terrenos baldios, serão cortados por ruas caso a população comece a circular sobre eles, assim o dono perde o direito de tê-lo por inteiro, está na Constitução e os transeuntes não terão que apresentar perfil. O perfil de pobre é ser rotulado, como sendo safado, vadio, mas ledo engano, meu caro João. Em Brasília políticos sentados no dinheiro invadiram terras do outro lado junto ao lago Paranoá e não foi para colocar um casebre, foi para fazer chácaras. Não preciso te falar do perfil deles, são golpistas safados, sem ética e gananciosos.

  2. Moreira Postado em 29/Feb/2012 às 14:07

    Tem que se dar um basta nesta gente que não mede esforço para oprimir os menos favorecidos. Esta gente é conhecida, mas se "veste com máscara de cordeiro"... Parabéns ao Procurador Marcio Sotelo Felippe, que não se deixa intimidar...

  3. Moreira Postado em 29/Feb/2012 às 14:09

    Esta gente que não mede esforço para oprimir os menos favorecidos. Esta gente é conhecida, mas se “veste com máscara de cordeiro”… Parabéns ao Procurador Marcio Sotelo Felippe, que não se deixa intimidar…

  4. Luiz Herlain Postado em 29/Feb/2012 às 16:30

    Procurador Marcio Sotelo Felipe, sou testemunha de uma massacre que batizei como "Fazendinha Curitiba" em outubro de dois mil em oito, todos os ingredientes juridicos sao muito semelhante a tudo que aconteceu no Pinheirinho SJC. em Sao Paulo. Desde de entao procuro os fundamentos muito bem descrito nessa pagina, sou um militante social que busco acreditar na Justica que Senhor em as pessoas justas acreditam para Sociedade Brasileira.

  5. Ivonete Postado em 29/Feb/2012 às 17:43

    Hoje sou EX-eleitor de Geraldo Alckmin, estou muito triste e pra mim esse cidadão morreu politicamente!

  6. Didi Postado em 29/Feb/2012 às 17:59

    Mas até onde isso irá de verdade?

  7. Caio Postado em 29/Feb/2012 às 18:27

    O problema é que tudo isso é mentira! Ninguém morreu no Pinheirinho e é um bando de petista querendo defender pobres invasores de terra e reclamam depois quando há uma correa reintegração de posse. Agora, ao invés de admitirem, querem passar a imagem de coitadinhos e chegaram ao ponto de dizer que ouve mortes.... fazer o que...

    • Luis Soares Postado em 29/Feb/2012 às 19:15

      Caio, essa justificativa não cola, mesmo. Como se só a morte fosse elemento que caracterizasse uma tragédia. A sociedade está cada vez mais cansada de gente que politiza questões palpáveis, como você acaba de fazer.

    • Dagmar Postado em 27/Jun/2014 às 22:42

      Como o Pinheirinho foi o Carandiru do Pinóquio sorvete de xuxu, não se sabe mesmo se houveram mortes de seres humanos lá. Mas os protetores de animais que estiveram lá, dando mais do que suporte aos animais que tiveram que ser abandonados pelos seus donos, deram suporte aos moradores, relataram que um cão da.raça pit bull foi alvejado por PMs e o animal estava contido e outros cães, nas mesmas condições, foram soterrados pelos destroços das casas, sem contar os animais que acabaram fugindo, recolhidos pela zoonoses de SJC e eutanasiados. De todos os pontos vista, Pinheirinho, além de crime contra a humanidade , é a maior.vergonha do Estado de SP.

    • Carlos Postado em 05/Nov/2015 às 17:35

      O que o PT tem a ver com isso seu demente? A responsabilidade é toda do Alckimin e do partido dele o PSDB!! Quando vcs vão parar com essa mania de colocar culpa no PT em tudo? Acorda ZUMBI! Ah! E não é "ouve". É "houve" do verbo "haver".

  8. Fabio Postado em 01/Mar/2012 às 12:24

    Essa entrevista é um ode à mediocridade. Eu tenho vergonha alheia deste procurador, que em vez de fiscalizar o cumprimento da lei está fazendo militância ideológica. Esse tipo de gente não tem o menor respeito pelo estado de direito democrático, e ele está lá fiscalizando o estado de direito! É um lobo em pele de cordeiro, e ainda temos que pagar o gordo salário deste inútil. Eu vou fuzilar todo a entrevista em um único parágrafo: . Qualquer pessoa neste país tem direito ao resguardo de sua propriedade privada, não interessa quão impopular essa pessoa seja. O ódio à uma pessoa não justifica cassar-lhe os direitos. A dignidade humana só existe se o respeito à propriedade privada existir ANTES. Portanto quem está querendo violar a dignidade humana é este procurador. Eu sugiro que o Dr. Márcio doe todas as suas propriedade e cumpra a função social do seu gordo salário, tomado à força de pessoas honestas, pacíficas e pobres de SP, em vez de querer atacar o estado de direito. O senhor é uma vergonha para a justiça do país.

    • Citado Postado em 12/May/2014 às 07:48

      Tenha vergonha na tua cara, mentecapto. Você é uma vergonha para o país, vai morar em Miami.

    • walter p de sousa Postado em 28/Jun/2014 às 09:58

      Quando mexe com os poderosos logo aparece um para o defender. É isto que o Brasil deve mudar logo, a direita brasileira como disse o grande filosofo um antigo ministro do trabalho é imexível.

      • debora Postado em 25/Jul/2014 às 09:01

        Nada de direita,, .. xarope , vc que é um ZERO à esquerda. Vai trabalhar!!!

      • Carlos Postado em 05/Nov/2015 às 17:38

        É a direita SIM. Esse pensamento sem empatia é tipico da direita. A direita morrendo de medo de perder seus privilégios. Bando de covardes!

    • aroldo silva Postado em 05/Jul/2014 às 14:01

      Parabéns, falou tudo, o direito, tem que ser igual pra todos

    • Rodrigo Postado em 07/Jul/2014 às 12:01

      Ao contrário do que você diz, Fábio, é a DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA que vem ANTES da PROTEÇÃO À PROPRIEDADE PRIVADA. Além do mais, a Constituição é clara ao afirmar que a proteção à propriedade privada, mas também é clara ao afirmar que a propriedade privada deve cumprir sua FUNÇÃO SOCIAL. E o que se esta discutindo no texto é o porque do Chefe do Executivo, junto com o Chefe do Judiciário, empreenderem esforços desproporcionais (com a violência e brutalidade do aparelho estatal), e aplicados única e exclusivamente a este caso, de forma a privilegiar uma única pessoa em detrimento de outras seis mil.

    • Lima barbosa Postado em 23/Jul/2014 às 18:01

      Causou polêmica herdeiro de capitania hereditária!

    • juca deschamps Postado em 26/Jul/2014 às 21:52

      O nobre procurador conseguiu sair da obscuridade; conceda-se-lhe 01 minuto de luz; após, mande-se recolhê-lo à sua insignificância...de onde nunca deveria ter saído!

    • Leonardo Postado em 22/Jun/2015 às 16:37

      O direito das seis mil pessoas desalojadas para uma única pessoa... Me parece bastante razoável seu Estado de Direito, direito do mais rico. A aparelhagem de estado tb não parecem suspeitas pra vc?

  9. Tiago Postado em 01/Mar/2012 às 14:18

    Ao senhor Fábio uma única pergunta, quem vos deu o seu pedaço de terra? Matar índios para conquistar algo que nunca é próprio é pratica que vemos desde 1500, quando homens selvagens chegaram aqui nesta terra e trouxeram o seu famoso direito de propriedade. Me parece que você fala muito bem sobre o direito de propriedade, mas se esquece do direito à moradia, a dignidade, dentre outras coisas que encontrará na famosa constituição brasileira, linda no papel e maravilhosa para aqueles que ajudaram a escreve-la, somente alguns poucos!!! "A dignidade humana só existe se o respeito à propriedade privada existir ANTES." A frase citada é ridícula!!!!! "Eu sugiro que o Dr. Márcio doe todas as suas propriedade e cumpra a função social do seu gordo salário, tomado à força de pessoas honestas, pacíficas e pobres de SP, em vez de querer atacar o estado de direito." Porque não solicitar ao senhor eike batista que devolva as terras que ele e sua família usurparam de todos, porque não solicitar que alguns políticos paulistas devolvam os milhões surrupiados dos cofres públicos, solicitemos que a concessão pública de ondas eletromagnéticas, que é direito de todos, não fique nas mãos de empresas particulares. QUE TAL!!! HEIN, FALADOR!!!! Sabe quem é uma vergonha para a justiça do país, a própria Justiça, que enxerga valores bancários, que ouve os lamentos dos mais ricos, e que lava as mãos para o massacre de pessoas inocentes.

  10. Vinicius Duarte Postado em 01/Mar/2012 às 16:20

    Colocar no título "Procurador PEDE PRISÃO" é forçada de barra, hein? Quando um procurador PEDE PRISÃO significa que ele pegou um inquérito policial, acatou as conclusões do delegado e ofereceu a denúncia ao Juiz. No caso da entrevista, ele apenas está DANDO A OPINIÃO DELE ao repórter. Uma diferença como a distância entre o Sol e a Terra. Por conta desse "pequeno deslize", este texto está circulando no FB como se o Alckmin e o Nahas estivessem nas garras da justiça.

  11. Lidia Postado em 01/Mar/2012 às 22:21

    Vergonha para o país são essas pessoas que só defendem o direito de uma elite gananciosa e pronta pra passar por cima de todos. A quem pertencia aquela terra, afinal de contas? Porque defender uma ação tão bárbara se não se sabe nem ao menos responder isso.

  12. Heitor Bergmann Postado em 01/Mar/2012 às 22:21

    Fabio, o dono das terras não tem amor. Geraldo Alckimin efetivou a desapropriação. muita gente perdeu sua base de apoio... por dinheiro. o Estado de direito democratico não tem nenhum respeito pela vida, nem nenhum outro sistema. o Homem se perdeu, se perdeu em sua própria força de criação, se perdeu para o que ele via, para o que queria, para o materialismo. o Homem se fez fraco e medíocre, tomado pelo ego. Aquela gente é vivida, e vive. a desapropriação foi desumana, foi egocêntrica, foi menos pra muitos, mais pra um. esse coletivo fechado é uma afronta á vida, é matar-se a si mesmo.. e o ódio é corrosivo, você diz de um suposto ódio do procurador, porém você mesmo o odeia. mesmo, se você me lê e me critica, eu diria que você é uma vergonha humana, mas amigo... coletividade está aqui pra sermos todos iguais... a coletividade tem que ser aberta e acolher quem chegar... esse tal estado de direito democrático, beneficia-se quem limita-se a entender o sistema...

    • Aline Postado em 01/Mar/2012 às 22:40

      Heitor, que bela intervenção. Parabéns.

  13. Bruno Postado em 01/Mar/2012 às 22:58

    Antes de mais nada, gostaria de dizer que sou a partidário e que concordo que a reintegração de posse que aconteceu no Pinheirinho, foi feita de uma forma não correta, pois começou em um horário inapropriado. Mas o que foi feito, foi feito corretamente, pois se você ler no próprio artigo, existe SIM uma massa falida, a diferença é que todos os títulos trabalhistas e dívidas, foram compradas(ou seja, os trabalhadores e os credores tiveram o sei dinheiro recebido). Isso foi feito e não importa o por quem, para a justiça o importante é que esses títulos ainda existem, mas na realidade não estão mais nas mãos dos trabalhadores. Para a justiça pouco importa se os titulos foram comprados por um maldito expeculador ou se existe uma pessoa que esta passando fome por conta disso, para a justiça trata-se de um papel que deve ser pago. Para a justiça são papeis que precisam ser pagos, por isso a reintegração foi feita corretamente, porém de forma incorreta. Com relação as pessoas que se encontram desabrigadas, não estavam em seu local de direito, uma vez que aquela área é propriedade privada e que não pertencia a eles de direito. Com relação ao destino das pessoas, isso é papel do governo prover um destino e abrigo para eles. Ate por que é para isso que pagamos os nossos impostos, que são tão mal utilizador desde a época que São Paulo era administrado por um outro partido. Obrigado,

  14. LUIZ BELLETTI Postado em 02/Mar/2012 às 00:03

    ALGUNS COMENTÁRIOS AQUI POSTADOS SÃO DE PESSOAS QUE NÃO CONHECE A LUTA POR UMA MORADIA. ESTE BANCÁRIO QUE SE DIZ FALIDO, CRESCEU ROUBANDO OS OUTROS. AQUELA PROPRIEDADE DE PINHEIRINHO PELOS PRINCIPIOS DOS DIREITOS HUMANOS JÁ ERA DE SER DESTINADO, O VALOR DELA E A FORMA DE INDENIZAÇÃO É QUE DEVERIA A JUSTIÇA DISCUTIR, SE DE FATO ALGUEM TIVESSE O DIREITO DE SER RESARCIDO. MATANDO INOCENTES COMO A POLICIA MATOU E MATOU VÁRIOS E OCULTOU CADAVARES COMO FOI FEITO NA DITADURA NÃO É A FORMA QUE TEREMOS UMA JUSTIÇA SOCIAL NESTE PAIS. O GOVERNADOR E VÁRIOS OUTROS DEVEM SER PRESOS SIM E RESPONSABILIZADOS POR CRIANÇAS E INOCENTES QUE FORAM MORTOS ALÉM DAS PESSOAS VIOLENTADAS E AGREDIDAS INOCENTEMENTE. ALTAS FONTES DA POLICIA TEM LAUDOS E DEPOIMENTOS QUE COMPROVAM A VIOLENCIA REALIZADA E POR QUEM FORAM INSTIGADOS OS POLICIAIS A FAZEREM ISTO. O COMANDO DOS POLICIAIS AGIU SABENDO QUE SE TRATAVA DE FALCATRUAS POLITICAS ENCAMINHADAS POR FONTES DO GOVERNO ESTADUAL.

  15. Messias Payao Postado em 02/Mar/2012 às 07:35

    Sr Fabio o unico protagonista a mediocre é voce!ja parou para pensar quantas inflações foram cometidas para beneficiar um Homem,como o senhor Naji Nahas,fala se nos direito humanos, direitos da criança e do adolecente,na violencia contra a mulher,e vem alguem que deveria dar o exemplo, e em nome do estado e inflige todos os direitos.isso não e democracia. Espero que todos os eleitores se lembrem disso nas proximas eleições. VALE LEMBRAR A FRSE DE PLATÃO: O castigo dos bons que não fazem política é ser governados pelos maus

  16. DEG Postado em 02/Mar/2012 às 09:34

    Fábio, concordo com você. Houve uma decisão judicial e deve ser cumprida. Todo cidadão tem o direito de defender a sua propriedade. O Geraldo Alkmin nada tem a ver com o caso. Foi cumprida uma ordem judicial e nem o Papa teria o poder de mudar o que foi decidido pelo juiz. Lamentável esse procedimento infantil desse que se diz Procurador do Estado, que, espera-se, conhece o Direito.

  17. Marco Aurelio Postado em 02/Mar/2012 às 09:35

    Caro Luiz, O que você falou são especulações, sim houveram agressões, mas mortes e estupros precisam ser comprovados antes de serem falados assim, isso é achismo e que não leva a lugar nenhum, são acusações infundadas. Por isso tratan-se ate o momento de acusações caluniosas. Se realmente houveram mortes e elas forem comprovadas, concordarei com você mas ate lá pra mim estão erradas.

  18. Alessandra Postado em 02/Mar/2012 às 11:07

    Parabéns a este procurador! Isso sim é fazer justiça. Aquele ato de barbárie não poderia ficar impune.

  19. Leandro Postado em 02/Mar/2012 às 11:21

    É engraçado como estas coisas só acontecem perto das eleições!!!

  20. Alessandra Postado em 02/Mar/2012 às 11:44

    Marco Aurelio, há várias denúncias sendo investigadas. Se tivesse acompanhado a assembléia teria tido acesso a todas, inclusive ao depoimento de vítimas Aqui o Suplicy relata um dos casos: http://www.youtube.com/watch?v=FMBbsuTzOS8&feature=autoshare

  21. Paulo Postado em 02/Mar/2012 às 16:29

    O ataque da PM Paulista contra o pessoal do Pinheirinho, emSJC, poderia até ser comparado com o massacre das tropas SS nasistas contra o Gueto de Varsóvia, onde estavam confinados milhares de Judeus durante a segunda guerra mundial.Abaixo a violencia estatal/policial.

  22. isis Postado em 04/Mar/2012 às 10:28

    ja esta na hora de ser tomada uma providência contra os que se acham poderosos

  23. Ande Postado em 04/Mar/2012 às 13:58

    O Massacre de Pinheirinho: A verdade não mora ao lado (legenda em inglês, espanhol e francês) http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=NBjjtc9BXXY filmagens no local e entrevista com os moradores, veja e tire as suas conclusões. até quando a corda vai estourar do lado dos mais fracos? Abaixo aos tiranos!

  24. Johnny Mucura Postado em 04/Mar/2012 às 15:07

    Esses nazistas tiveram o mereceram

    • Antoniio Luiz Postado em 05/Jul/2014 às 15:32

      Dequemse chama Johny não se espera outra coisa, né João?

  25. JERSON Postado em 04/Mar/2012 às 20:45

    O jovem Caio acima ,como ainda um pequeno numero pequeno de pessoinhas,que podemos e temos que sentir compaixão destes ;pois talvez nescessitam renascer ainda como inquilinos nas cavernas do Tuquistão ou Casaquistão para compreenderem o sentido da Ação - Barbaridade - Injustiça Social,etc... .

  26. Pedro VENTURINI dos Passos Postado em 06/Mar/2012 às 18:51

    Isso nao vai dar em nada, pois o que aconteceu no PINHEIRINHO, foi uma açao em benefifio da ESPECULAÇãO IMOBILIARIA, onde TODOS (CORRUPTOS) ganham EMPRESáRIOS, JUIZES, e POLITICOS, A LEI NESSE PAIS é calra O POBRE VAI FICAR MAIS POBRE E O RICO MAIS RICO, qualquer um que saiba ler e escrever e tenha uma pequena noção politica,percebe isso, não me venha com BOLSA FAMILIA< BOLSA ABORTO< BOLSA ISSO OU BOLSA AQUILO, que não passa de um mísero paliativo para esconder a MAIOR VERGONHA DESSE PAIS, a desigualdade SOCIAL.

  27. Pedro VENTURINI dos Passos Postado em 06/Mar/2012 às 19:00

    Isso nao vai dar em nada, pois o que aconteceu no PINHEIRINHO, foi uma açâo em benefifio da ESPECULAÇãO IMOBILIáRIA, onde TODOS (CORRUPTOS) ganham EMPRESáRIOS, JUIZES, e POLITICOS, A LEI NESSE PAIS é clara O POBRE VAI FICAR MAIS POBRE E O RICO MAIS RICO, qualquer um que saiba ler e escrever e tenha uma pequena noção politica, percebe isso, não me venha com BOLSA FAMILIA, BOLSA ISSO OU BOLSA AQUILO, que não passa de um mísero paliativo para esconder a MAIOR VERGONHA DESSE PAIS, a desigualdade SOCIAL.

  28. Cleber Postado em 07/Mar/2012 às 00:56

    Uma pergunta que até agora não achei resposta, toda a mídia de esquerda publica em letras garrafais que ele pediu prisão do Alckmin e do Nahas. Pediu pra quem? Pra a população? Ele tá encaminhando o pedido dele com todas as 'provas' para as autoridades competentes, ou esse é só um discurso pra ele se promover em cima da desgraça dos outros? Acorda Brasil!!

  29. Tiago Gevaerd Farah Postado em 08/Mar/2012 às 12:10

    Para aqueles que defendem tanto a propriedade, vão procurar saber o que é função social, o que é Estatuto da Cidade e, principalmente, o que são direitos fundamentais. Se você tem uma propriedade que não utiliza como moradia, cuide dela, faça cumprir sua função social, dê alguma destinação lícita a ela, senão, não poderá reclamar depois que descobrir que sua propriedade foi ocupada há mais de 5 anos. Aprendam que a propriedade não é um direito absoluto quando enfrenta a função social da propriedade.

  30. Tiago Gevaerd Farah Postado em 08/Mar/2012 às 12:12

    E esse procurador é do Estado de São Paulo, não tem nada a ver com o Ministério Público.

  31. Anna Tullio Postado em 13/Mar/2012 às 15:38

    Pelo que entendi ele sugeriu que eles fossem julgados pelo crime contra à humanidade, não que fossem presos. Essa troca de palavras acrescenta um tom pejorativo na matéria, que, com certeza, o Dr. Marcio não queria passar.

    • Luis Soares Postado em 13/Mar/2012 às 15:43

      Anna, as palavras do Dr. Márcio são as seguintes: "O senhor Alckmim, o senhor Naji Nahas, e o presidente do Tribunal de Justiça. Pelo princípio da jurisdição universal, eles têm que ser presos em qualquer aeroporto do mundo em que puserem os pés."

  32. Anna Tullio Postado em 13/Mar/2012 às 16:20

    Mas isso foi falado após a pergunta: Que inclusive é impedido de entrar em vários países, não é Dr. Márcio? Acredito que foi uma frase enfática, que não deve ser interpretada ao pé da letra.

  33. Paulo Roberto Krobath Postado em 15/Mar/2012 às 23:12

    Convido a conhecer e participar desse grupo no Facebook: RESISTÊNCIA VIRACOPOS em http://www.facebook.com/groups/resistenciaviracopos/ Grupo de resistência dos aeroportuários de Viracopos.

  34. Eder martellini Postado em 17/Mar/2012 às 08:01

    Cara, sem palavras para o Dr. Marcio. Parabens!

  35. Tatiana Postado em 18/Mar/2012 às 12:55

    Muito interessante o site e esta matéria, só gostaria de pedir a atenção dos que escrevem as reportagens, pelo menos no caso dessa matéria, nos erros de português e na estruturação textual!

  36. Igor L. C. Postado em 25/Mar/2012 às 16:47

    Para Além do Realismo Ingênuo (pois imediato) e Pragmatista (de solução do aparente real) dos Social-Democratas Há um paradoxo ideológico (de óbvias consequências materiais), em se tratando da estrutura formal da constituição: Por um lado, defende-se os direito inalienáveis do homem enquanto pessoa, algo proveniente como desdobramento ainda hoje atual da Carta de Direitos Humanos, fruto da Revolução Francesa (Burguesa, tal que tratou-se de uma Rev. em prol do aumento de poder político e comercial da dita classe, frente à nobreza e clero da época); Por outro lado, no entanto, pautada em concepções liberalistas-jusnaturalistas, nossa constituição entende que o direito à propriedade é um direito natural, um dos pilares para a efetivação da liberdade. Assim, listamos os dois aspectos que o Procurador Márcio também abordou das bases de nossa constituição, tanto o social (da dignidade humana) quanto o liberalista (da propriedade). Qual o paradoxo? É que justamente o direito irrestrito à propriedade privada é a causa do acúmulo irrestrito de Capital, famigerada causa da desigualdade entre os homens. Portanto, me pergunto, como pode a causa da desigualdade entre os homens conviver harmoniosamente com a cláusula da igualdade entre os homens? Não dá né... Chega de Reformismo, Façamos a Revolução Estrutural!

  37. fabio Postado em 08/Apr/2012 às 00:20

    Tudo Hipocrisia, queria ver se formasse uma favela em volta da casa de vcs pra ver se não iriam requerer o "direito de propriedade" e fazer com que o Estado não retirasse o pessoal para não depreciar o seu patrimônio.Têm mais é que nao deixar que se forme essas "comunidades" por que depois......tchau e benção.

  38. elizeu Postado em 18/Apr/2012 às 20:42

    Geraldo alkimin DETESTA pobres,não constroi escolas e sim cadeias para mais pobres,ele e Fenando Henrique Cardoso não PRESTÃO, são os verdadeiros lixo da sociedade,deichei de votar desde a gestão do MALDITO FHC,e não acredito mais em partido algum. Estes maldissuados roubão do povo,e não investe na aréa social. O que fizerão no pinheirinho é imperdoavel,essas pessoas devem ter um pakto com o demonio , porque não fazem absulutamente nada pelo seus semelhantes, só pensão em prender pobres e sentar o cassete em area de desocupação. Façã como eu não votem em vagabundo nenhum, eles não merecem a confiança dos brasileiros.

  39. Democracia Real Postado em 01/Jun/2012 às 21:46

    O Brasil agora é um dos países mais ricos do mundo... e o que vemos: Pinheirinho, desamparo dos mais pobres e perseguição a todo aquele que denuncia as irregularidades dos poderosos... !!! Já está na hora de mudar isso tudo, e as coisas vão mudar mais rápido do que os ricaços estão imaginando...

  40. Julio Postado em 31/Aug/2012 às 08:11

    "A dignidade humana só existe se o respeito à propriedade privada existir ANTES" Foi das coisas mais escrotas que ja li em muito tempo Tipico de gente que vende a mãe por um bom negócio. Distancia de vermes desse estilo

  41. Rafael Postado em 31/Aug/2012 às 08:58

    Na época em que ocorreram estes acontecimentos escrevi um texto manifestando minha indignação contra este tipo de "ser humano" capaz de autorizar tal barbárie. O titulo é: "Humano, demasiado desumano". Para quem se interessar, segue o link para o texto abaixo. É realmente revoltante saber que existem pessoas como Naji Nahas. Mais revoltante ainda é saber que este tipo de pessoa (se é que podemos chamar assim) tem poder para fazer suas malfeitorias sobre a sociedade. http://universodomad.blogspot.com.br/2012/01/palestina-africa-pinheirinho-etc-assim.html Mad

  42. Paulinho Postado em 31/Aug/2012 às 09:21

    Que feio... O senhor Vinícius Duarte, que posa de progressista, fazendo o jogo do tucanato. A amizade com o tal de "Grava" está fazendo mal, hein Vinícius?

  43. cirovisqui Postado em 31/Aug/2012 às 09:24

    A questão é que a discussão do procurador está mais afeita a constitucionalidade e legitmidade da ação do que a técnica jurídica tradicional pura e simples. O que ele postula não é só questionar a técnica, mais a própria aplicação do direito de propriedade de uma forma ampla. No caso, embora a legislação ordinária possa dá suporte a este tipo de ação (reconhecendo nesta também defeitos técnicos-formais), ela vai de encontro com a legislação na medida em que ela só observou um princípio consitucional, excluindo vários outros (dignidade da pessoa humana, direito à moradia, devido processo legal). Assim é uma ação passível de questionamento sim. No entanto, a discussão deve transcender a discussão de estar de acordo com o direito processual civil, por que o mesmo guarda terríveis iniquidades práticas. O argumento de estar de acordo com a lei não afasta a violação de direitos humanos. Lembre-mos que o estado nazista articulou várias atrocidades dentro da lei. No nosso país, que tem uma constituição que visa salvaguardar TODOS os direito FUNDAMENTAIS (e não apenas a propriedade privada), privar 6 mil pessoas do direito a moradia não pode ser tomada como condizente com o direito. Tanto os agentes estatais sabem ou sentem isso que procuraram legitimar reintegração em outros argumentos, como o da pendência de créditos trabalhistas. Isso mostra que os próprios agentes tinham ciência da iniquidade e buscaram argumentos para disfarça-la, para não serem cobrados por isso, nem politicamente e nem juridicamente.

  44. Ramires Postado em 31/Aug/2012 às 11:31

    Devem ser preso?...Brasil!!! Quero resposta sobre isso?... Devem ser presos???...Hahahahaha!!!!... Mais fácil prender o procurador Marcio Sotelo Felippe...Hahahahaha!!!!!!

  45. Fábio de Oliveira Ribeiro Postado em 01/Sep/2012 às 03:49

    Acabei de mandar o seguinte Twitter para Alckimin: Fábio O. Ribeiro (@FabioORibeiro) 01/09/12 06:41 Fiquei feliz ao saber que Promotor pediu a prisão de @geraldoalckmin_ por causa de crimes no Pinheirinho. Apodreça numa JAULA, ex-governador Preciso dizer algo mais?

  46. Rafael Postado em 01/Sep/2012 às 09:30

    A entrevitsta tem um conteúdo ideológico, logo deve ser compreendida como se fosse falada de palanque. Se propor a ação, vai perder, já que havia a ordem judicial determinando a retirada das pessoas. Logo, é atitude para denegrir imagem.

  47. Carlos Senna Postado em 01/Sep/2012 às 18:42

    O tucaninho Fabio é filho, ou beneficiario do Naji Nahas? quem protege bandido , bandido é

  48. Carlos Senna Postado em 01/Sep/2012 às 19:05

    Fabio, em 1 de março de 2012 mediocre são pessoas como vc, vc deve ser um fascista paulistano que odeia ver pobre no shoping, muda pra Miami babaca

  49. Marcelo Antonio Postado em 02/Sep/2012 às 15:30

    Fabio, vergonha tenho eu de você, por dividirmos o mesmo ar, você é o motivo direto da situação do país, juntamente com pessoas do tipo que defendem a ação ocorrida no Pinheirinho, mas que infelizmente só é sentida pelos mais pobres. Não é o seu caso é?

  50. almir Postado em 03/Sep/2012 às 09:47

    Oxala fosse decretada a prisão destes criminosos politicos, principalmente destes srs. do PSDB. Como seria animador ver este Governador vestindo calça caqui e fazendo parte dos hospedes do Estado nos CDPs da vida. Mas, neste Pais, infelizmente isso não ira acontecer. Mas taxa-los de criminososo ja é um começo!

  51. sebastiao couto Postado em 03/Sep/2012 às 10:55

    No caso do CRIME do pinheirinho , há ainda um outro crime oculto muito grave , como e´que estas terras que eram da prefeitura foram parar na mão do bandido nagi nahas ????????? esta pergunta precisa de resposta , e a resposta correta INDICARA UM CRIME PRECEDENTE... COM A PALAVRA OS PREFEITOS DE SAÕ JOSE E O GOVERNADOR ESTADUAL

  52. Guilherme Postado em 08/Sep/2012 às 17:22

    Surreal saber que a hora que o poder quiser ele pode desapropriar ou foder com a vida enfim de qualquer um. Qualquer um, porque se de uma hora para outra, agindo de exceção, acabou com a vida e a moradia de 6000 pessoas, por que não dizer que pode fazer isso com qualquer um que se opor aos interesses capitalistas de quem ele protege?

  53. YASSER AL MALEK KADHAFI Postado em 12/Sep/2012 às 12:26

    ACHO QUE GERALDO ALKIMIN FLAUSINO E NAJI NAHAS FLAUSINO JR PIT BOY CPF14933389861 SAO INOCENTES POIS A ESQUERDA SUBVERSIVA BAIXA E VIL PROCESSA SEM BANCA...J

  54. Jeanne Postado em 17/Sep/2012 às 14:35

    O problema do brasileiro é que é um coração mole. Não faz uso da razão. Não acredita na justiça e a confunde com demagogia. Invadir propriedade é crime em qualquer lugar civilizado. Porque não deixam o MST invadir suas casas. É facil quando o outro perde a propriedade. Falido, rico ou pobre, tanto faz. Ao citar o nível da riqueza, apenas demonstra inveja. Caso fosse com as vossas propriedades, não seriam tão hipócritas!

  55. Wally Duchamp Postado em 17/Sep/2012 às 14:52

    Esse "procurador" também deveria ter sua prisão pedida, pelo Ministério Público, por cumprir ordens do Alquimista.

  56. Anon Postado em 11/Dec/2012 às 16:49

    o povo esta acordando.. preparem suas malas para o inferno.

  57. womer wellareo Postado em 13/Dec/2012 às 11:25

    A burguesia brasileira encastelada tem o pensamento do dono de granja: numa manada de pintinhos que eclodem da chocadeira, os que apresentam algum defeito são jogados numa vala e soterrados vivos. Nesse caso do Pinheirinho, se era tão importante para o Governador reaver aquela área, deveria no mínimo ter feito um cadastro das famíilias que lá estavam, apurando caso a caso, e oferecer uma alternaiva pra aquelas que não tinham uma moradia nem condições de tê-la, e, em seguida, construir um conjunto habitacional para elas. Todos os cidadãos devem receber a proteção do Estado, independente de sua condição econômica e social. A ção do pinherinho foi uma açaão política, de contraponto ao PT pelo PSDB, além de uma baita discriminação. Foi o granjeiro descartando o pintinho com defeito, nesse caso o defeito de ser pobre do povinho que ali estava. Agora, esperar que a justiça paulista prenda nêgo rico, do PSDB, por crime contra a humanidade....é hilário. A paga da elite do PSDB ja aconteceu este ano: Zé Serra perdeu a eleição para a Prefeitura da Capital.

  58. Igor Lodi Marchetti Postado em 14/Jan/2013 às 09:44

    Propriedade privada lnão é um direito natural como o contratualista John Locke proferia, e os positivistas encamparam, ao gosto dos interesses da burguesia (classe dominante). A ideia de que a propriedade privada fazia parte de um rol de direitos naturais do homem é fruto de uma situação econômica e política em que com o crescimento do burgos e os conflitos entre os burgueses e senhores feudais inicialmente, e posteriormente burgueses e monarcas, a classe ascendente e revolucionária naquele momento verificou a necessidade de contrapor em todas as esferas à lógica do poder absolutista em que o monarca poderia confiscar os bens que acreditasse ser necessários. A partir desse momento é que a propriedade passa a ser chamada por direito natural que a todos seria possível obtê-la mediante o pagamento. Ou seja o proprietário poderia conseguir sua propriedade de outro proprietário. Não estou dizendo que não existia a propriedade em Roma por exemplo, mas lá como na Grécia apenas alguns poderiam tê-la (os homens chefes de família livres), mas nessa época a propriedade não era colocada como direito natural mas como fruto de conquista, até mesmo porque mulheres, filhos e escravos não poderiam tê-la, logo não podia se conceber tal direito como atural. Mas o que quero dizer com tudo isso ? QUE A PROPRIEDADE NÃO É DIREITO NATURAL ! A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA NÃO VEM DEPOIS DA PROPRIEDADE ! A propriedade privada é direito construído historicamente com o interesse de manter os anseios da classe dominante (a burguesia). É uma negação histórica dizer que a propriedade é um direito natural, até porque ela por muito tempo em várias culturas de vários povos em períodos anteriores ao século XVII não era considerada dessa forma. Como se todos nós tivessemos direito a ela. Sendo assim, verifica-se que a propriedade é chamado de direito associado como dignidade humana, há pouc o tempo na história, ou seja, não se trata de direito natural mas de construído histórico como tal. Sendo assim.. um construído histórico, e verificando essa situação em que a propriedade não é direito natural, mas algo que serve a interesses da classe detentora de propriedades contra aqueles que nao a possuem. Trata-se de uma nova etapa histórica que deve ser superada com a derrota da burguesia e a vitória da classe trabalhadora, sendo ela coletivamente detentora dos meios de produção. Mas mesmo se colocado como parâmetro a permanência do Estado de Direito como colocado, verifica-se que no mundo todo o Naji Nahas é procurado e seus bens confiscados em razão dos vários ilícitos e manipulações inclusive em bolsas. É um perseguido internacional, mas no Brasil a sua propriedade é considerada sacrossanta. A lógica do capitalismo é: Não importa que 6 mil pessoas tenham construído COM AS SUAS MÃOS suas casas, fruto de TRABALHO dos moradores do Pinheirinho, enquanto o Naji Nahas tenha usado apenas para especulação imobiliária a área. Não importa o diretito de MORADIA DIGNA dessas pessoas, porque segundo a lógica do sistema o que vale é apenas a propriedade como causa de direitos. Propriedade não é direito anterior a dignidade humana. Só tem dignidade humana quem tem saúde, educação, moradia, higiene, lazer, trabalho, etc. A propriedade é um ter algo que não significa dignidade humana, é uma condicação de meio colocada pelo sistema para se garantir as verdadeiras causas de dignidade humana, na verdade trata-se de tratar as causas de dignidade humana como mercadorias, e sendo assim, excluindo grande parte dessa dignidade. Não entender a própria dignidade humana como um construído histórico de demandas que se elevam ao nível superestrutural do Estado é não compreender a real razão de se considerar de uma forma ou de outra os direitos. Dignidade humana não é um conjunto de direitos (como queriam os contratualistas), colocados na forma da lei (como os positivistas concretizaram) mas fazem parte de um movimento dialético associado diretamente aos movimentos que a sociedade conclama, ditados por necessidades que se colocam nos dias de hoje. Sendo assim, diante do déficit habitacional no país, e no Estado de São Paulo, sendo que seu descaso para a demanda de moradia faz com que pessoas tenham que erguer sozinhas, SEM QUALQUER AJUDA, casas para lá residir, torna-se gritante que ainda se tenha coragem de defender o Naji Nahas, que difereinte dos moradores do Pinheirinho, construiu sua "propriedade" com acordos palacianos, movimentos políticos e esquemas internacionais, que estão sendo investigados em vários países. Digo "propriedade" pois de fato há uma questão muito intrincada de como foi obtida as terras que pertenciam à Prefeitura, e não está muito bem explicado até agora como foram passar para as mãos do Naji Nahas. Ou seja, a investigação e punição aos responsáveis pela ação truculenta da polícia contra trabalhadores em defesa de um proprietário, cuja própria propriedade está sob suspeita de irregularidades, para ficar por menos, é realmente uma afronta às demandas históricas por moradia da classe trabalhadora.

  59. sebastiao couto Postado em 18/Jan/2013 às 00:48

    CONTINUA A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR : A ÁREA DO PINHEIRINHO, PERTENCIA `A PREFEITURA !!!!!!!!!!!! : COMO FOI ENTÃO PARAR NAS MÃOS DO NAJI NAHAS ????????????? ???????????? SERIA ESTE UM CRIME ANTERIOR AO HEDIONDO DA REINTEGRAÇÃO ???? ????? !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!!!!

  60. Sidinei Postado em 06/Apr/2013 às 23:02

    Parabéns procurador pelas informações ao povo de São Paulo e a todo o povo brasileiro.Isso é para que o povo perceba quem é o Geraldo Alkmin u, massacrando crianças , mulheres e trabalhadores que gastaram o dinheiro que tinham e o que não tinham para tentar dar o mínimo de dignidade às suas famílias que é a moradia. para beneficiar um covarde como esse Naji Nahas

  61. Thunder Postado em 15/Jun/2013 às 19:00

    Duvido que vá preso...

  62. Rogerio A. Postado em 16/Jun/2013 às 09:49

    seria um sonho... ver este vagabundo aliado do PCC do GA (demopsdbista) atrás das grades...

  63. Flávia Postado em 16/Jun/2013 às 16:47

    Se ele realmente fez isso, então é melhor ele rasgar o diploma e voltar para a faculdade de Direito. Protestar contra a corrupção é uma coisa...sensacionalismo jurídico é outra!

  64. dauto jeferson fontanetto Postado em 16/Jun/2013 às 22:14

    A corrupicao e generalisada esta em toda parte que tem o poder porisso quem paga caro e o povo pobre ,o sistema e desse jeito mesmo,vai demorar cem anos para ficar igual ao estados unidos,poque nao tem punicao.

  65. paulo Postado em 18/Jun/2013 às 13:27

    É um maledeto dum larazento esse picolé de xuxu, se fosse na China a família ia ser chamada para pagar a Bala..... Escroque, sim, temos muitos e esse é mais um....

  66. Josué Santos Postado em 25/Jun/2013 às 20:35

    Parabéns, sr. Igor Lord Marchetti! Comentário perfeito! O sr. poderia criar um blog na internet informando a população que é tão enganada! Parabéns e obrigado pela postagem! É no mínimo estranho que os "direitos" de um procurado internacionalmente, seja tão "bem aplicados" por esse Geraldo Alckmim, digno de uma investigação!

  67. Adilson Postado em 25/Jun/2013 às 21:40

    Muito corajoso esse procurador. Pena que a transcrição da entrevista esteja tão ruim. Pô gente, não saber pontuar uma frase compromete o trabalho decente que vocês vem fazendo. Boa sorte da próxima vez.

  68. Lika Postado em 29/Jun/2013 às 15:09

    Onde está o resultado?

  69. Silvio Postado em 30/Jun/2013 às 17:04

    " A Moral regula os direitos humanos...Um exemplo de Código moral...é a declaração universal dos direitos humanos...uma constituição que tem moral deve contemplar os direitos básicos do cidadão...Ar, Água , Alimento , Agasalho , Abrigo , etc...A nossa é muito boa...garante direito a vida, saúde, moradia, alimentação , educação etc... Todo governo que viola os direitos humanos perde a moral...Assim como um pai que deixa sua casa em falta, por não ter responsabilidade, também perde a autoridade." Pr. Silvio Pinheiro

  70. Claudio G Neves Postado em 30/Jun/2013 às 18:50

    Tem de por na cadeia mesmo, onde já se viu, se está provado que roubou tem de ser preso, aproveita e prende tambem aqueles que já foram Julgados, Saquearam nosso país, Zé Dirceu e toda a gang, Genoino, Marcos Valerio e outros que estamos cansados de ouvir

  71. Ana SJCampos Postado em 01/Jul/2013 às 12:09

    Infelizmente a mémoria é curta...e esqueceram isso...caiu no esquecimento...pois nosso dinheiro esta servindo para pagar auxilio aluguel para essas pessoas, e alguem deve levar vantagem nisso também. Depois vem a indenização para as pessoas, e tudo isso quem paga somos nós. Aquela área, deveria ser desapropriada em favor do municipio, e ali fazer um loteamento popular para os moradores, assim separaria o joio do trigo, ja que muitos defendiam a retiradas dos "bandidos" "gente safada que ja tinha casa", e não voltar para as mãos desse homem que tanto lesou o país. Porque movimentar céus e terra e jogar na rua esse povo? com que interesse? Foi um massacre sim...pessoas doentes, animais, velhos, crianças, gravidas, etc.... Ninguem pensou nisso...sabe porque? os grandões estavam nos seus palacios....e o devem ter levado uma bolada para participarem dessa crueldade. Parabéns pela entrevista e divulgação disso.... Não pode ser esquecido e muito menos passar impune....pois na área esta cheia de seguranças deste SENHOR tão nobre.

  72. lucimara Postado em 01/Jul/2013 às 21:13

    E agora, no que deu isso? nada, tudo culpa da Dilma de novo? quero ver esse escândalo na capa da Veja como fizeram com o mensalão!!!

  73. Francisco José Perondi Miller Postado em 02/Jul/2013 às 17:17

    O que foi feito com esse povo, claro injustamente, esses mesmos políticos como Mario Covas, Alkimin, José Serra e outros fazem com os professores, diretores, funcionários da saúde enfim todos os funcionários publicos a mesma coisa que fizeram em SJdos Campos.Lamentável decisão.

  74. jose donizete da silva Postado em 06/Jul/2013 às 09:07

    um pais onde so bandidos ladroes que governam o que podemos esperar esta sendo dificiu acabar com essa quadrilha quando sera que esses vermes parasitas vao sair do poder essa vaca tem que ir pro brejo fiquei indiguinado quando li este processo

  75. José Evaristo de Paula Postado em 06/Jul/2013 às 13:42

    A sociedade que dorme em berços esplendidos ao londo das décadas, tem que despertar e começar a pensar, como são dadas as concessões, não sei, destes cartórios. Famílias que não se sabe qual o critério,que se perpetuarem neste ramo, como foi que iniciaram, como foi que terras antes de nativos, num piscar de olhos esta na mão de um ricaços e seus antigos moradores na beira da estrada sem direito a nada. Que pais é esse que tudo acontece na calada da noite, e seu povo não questiona?, onde o poder judiciário, é o braço de todas as mazelas?

  76. Christiane Miranda Postado em 12/Jul/2013 às 12:58

    Essa gente que entente legítima a desocupação do Pinheirinho deveria estudar um pouco de Direito Constitucional e, de modo especial, o princípio da função social da propriedade. Mas se acham que a propriedade privada não encontra limites, que voltem para o século XX.

  77. José Cantídio de Sousa Lima Postado em 14/Jul/2013 às 18:56

    o procurador cumpre apenas sua obrigação,temos que exigir que outros tambem cumpram ! Mesmo sem acreditar "nesta justiça" pelo menos o processo não foi arquivado. pinheirinho Vive !

  78. eduardo Postado em 01/Aug/2013 às 10:10

    O juiz fez tudo isso...para depois colocar o terreno em Leilão e dividir a comissão com o Leiloeiro....tanto que logo depois foi feito leilão do terreno!!! valor da comissão em caso de venda seria de 7 milhões de reais aproximadamente!!!

  79. Luana Postado em 01/Aug/2013 às 14:59

    Estava na hora de prender este governante "neo-nazi" que está literalmente se lixando para os direitos dos cidadãos de baixa renda.

  80. Procurador de Laredo Postado em 23/Aug/2013 às 03:34

    Esto es realmente genial, eres un blogger muy profesional. Me he unido a tu RSS y me gustaria disfrutar más cosas en este gran blog. Además, !he compartido tu sitio en mis redes sociales! Saludos

  81. Juniperos Postado em 17/Oct/2013 às 14:57

    Prender um politico como esse? Alguém coseguiu prender Paulo Maluff, famoso por ser procurado até pela interpol?

  82. Alexandre Lopes Postado em 08/Jan/2014 às 14:29

    As declarações desse procurador, sobretudo as mais contundentes , parecem ter um viés político . De qualquer forma, eu concordo com a valoração feita pelo procurador e gostaria de dizer que a PM serviu , mais uma vez , como mecanismo para atender a interesses escusos e , ademais , gostaria de dizer , também , que fatos como esse corroboram a famigerada tese de Karl Marx, segundo a qual o Estado não passa de um instrumento de conveniência e oportunidade das elites burguesas . Situação vexatória para um país que se pretende Democrático .

  83. João Postado em 09/Jan/2014 às 09:03

    Alguém aqui mora em SJC ou conheceu o pinheirinho? Aquele lugar era uma putaria só. Boca de fumo, ponto de encontro de policiais corruptos, prostituição, assassinatos, venda de armas, etc.... Pinheirinho era um problema para São José dos Campos. A prefeitura só precisava de um bom motivo para acabar com tudo e explicar o porque sem essa papagaiada de direitos humanos encher o saco. 1º a terra é o cara. 2º TODOS os moradores inocentes do pinheirinho (digo, os que não voltaram para a cadeia) receberam habitações em outro bairro um condomínio com piscina, porém precisaria pagar 50,00 por mes comprar o apto. Chuta o que aconteceu? Esse condomínio hoje é ponto de tráfico, venda de armas, assassinatos, prostituição...... Acordem. Vão reclamar de algo concreto como obras públicas superfaturadas. E não estou defendendo o Geraldo Alkimin ou o tal Naji. Só sou contra perda de tempo e falar sobre isso é perda de tempo. Onde era o pinheirinho agora da pra passear com seus filhos.

  84. Nordestino Postado em 04/Jul/2014 às 13:58

    Votem mais 20 anos no psdbostas paulistas!!!!!!kkkkkkkkkkkk..quero ver tb é seca que já chegou ai em vcs!!!!kkkk 20 anos a + pro psdb!!!kkkkkkkkkkkk

  85. LINDA N Postado em 05/Jul/2014 às 21:46

    ESSE MALDITO DITADOR DEVERIA MESMO É PEGAR PENA DE MORTE, ESSE DESGRAÇADO TEM AS MÃOS SUJAS DE SANGUE DE GENTE INOCENTES, VÁ PARA O INVERNO MALDITO E LEVE JUNTO TODOS QUE LHE SERVE MALDITO.....

  86. Azuir Ferreira Tavares Fi Postado em 06/Jul/2014 às 09:05

    . PINHEIRINHO ABENÇOADO, RESSURGE EM CADA BRASILEIRO. . Pinheirinho é sonho sonhado, o sonho de Teto e Pão. Tem vivo o Contestado, Canudos e o Santo Caldeirão. Nada esta abandonado, vendo tem Deus Pai Verdadeiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. . Do alto acompanhando estão, tudo esta sendo medido. Com Justiça em cada eleição, o Maldito esta perdido. São do tipo Atazanado, do vil e do infame arengueiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. Houve muita quebradeira, o fero poder não refrescou. Uma História Brasileira, que São Paulo protagonizou Daquele povo esmagado, nos toca um amor verdadeiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. O Governo não foi Humanista, foi desumano e cruel. O Famoso PSDB Paulista, a muitos anos neste papel. Um Governo desumano danado, é covardão por inteiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. Do Massacre em São José, sem nada foram em frente Aquele Povo tem forte Fé, dá fé no coração da gente. No ferro e fogo martirizados, ainda no amor altaneiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. Ali naquela Covardia, desrespeitaram a nossa Nação Feriram nossa Soberania, e mostrou-se não ser irmão. Jesus Cristo foi crucificado, num crime tão traiçoeiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. Remanescentes da Escravidão, Gente da Ditadura. Fizeram a Privatização, e toda a maldade perdura O Povo foi desrespeitado, por criminoso desordeiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. . Do Espírito de Tiradentes, Aimbere, Anita e Zumbi. Comunidade de valentes, os monstros fizeram destruir. Com o nosso povo massacrado, há o amor verdadeiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. Crime igual sempre se viu, é o Cristo sendo crucificado. Isso acontece no nosso Brasil, do opressor amaldiçoado É perdido e condenado, O Brasil avança Companheiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. Ficou a grande Lição, é Ceilândia e Mundo a ressurgir. É Deus Pai dando benção, é O Povo irmão a se Unir. Pra sempre será lembrado, um povo herói sobranceiro. Pinheirinho Abençoado, Ressurge Em Cada Brasileiro. Azuir Filho e Turmas de Amigos: do Social da Unicamp, Campinas, SP, Amigos de Rocha Miranda, Rio de Janeiro, RJ e Amigos de Mosqueiro, Belém, do Pará.

  87. Wilson Postado em 06/Jul/2014 às 15:21

    SÓ O DO PINHEIRINHO?? E o crime do superfaturamento das obras do metrô e dos Pedágios mais caros do Brasil? CHEGA DE PSDB EM SP! 16 anos de ditadura, de Covas à Alckmin, e o que ganhamos? Recorde de violência, briga entre polícia e PCC elegendo deputado! PSDB EM SP NUNCA MAIS!!

  88. Fábio de Oliveira Ribeiro Postado em 29/Sep/2014 às 12:04

    Os PMs enfiarão pontapés no rabo dele ao atirá-lo violentamente no camburão?

  89. Marcos Silva Postado em 12/Mar/2015 às 12:29

    É lamentável que um artigo tão importante tenha sido escrito sem a atenção e cuidados necessários. Em determinados trechos, o texto chega a ser confuso. É uma pena.

  90. Gualberto Cesar dos Santo Postado em 13/Mar/2015 às 10:50

    A classe dominante tem que perder as suas possibilidades que quase sempre se posicionam acima da lógica e da verdade, Escamoteando o Direito Comum da Cidadania. Esse caso deverá colocar em cheque a dignidade de tais pessoas. Um homem a bem da verdade - investido de função Constitucional a bem da Sociedade.

  91. gilson sampaio Postado em 28/Jun/2016 às 10:09

    como sempre, não vai rolar. semelhantes aos buracos negros, as togas negras engolirão a denúncia e tudo, então, não passará de... Conceição... ninguém sabe, ninguém viu

  92. Lucia Souza Postado em 27/Jun/2014 às 21:55

    Ridículo... as pessoas deveriam comentar apenas o que conhecem, cheio de pessoas que já tinham casa sem falar na bandidagem, estudei ao lado e sei o que falo, eles estavam tão certos que ficariam lá que teve churrasco e baile funk em comemoração. O governo deveria ser punido por não fazer uma reforma nosistema habitacional mas pela reintegração no pionheirinho...jamais!!!