Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 08/Feb/2012 às 23:09
4
Comentários

Blogueira Yoani Sánchez se junta a Reinaldo Azevedo e Ali Kamel no Instituto Millenium

O Instituto Millenium teve uma participação ativa na última campanha presidencial, ao defenderem que a eleição de Dilma representaria a "implementação do stalinismo no Brasil"

yoani sánchez instituto millenium cuba

Máscaras que caem

A blogueira cubana Yoani Sánchez é colaboradora do Insituto Millenium, entidade financiada por um grupo de grandes empresas de comunicação (Estado de São Paulo, Abril e RBS) e de outros setores (Gerdau, Vale, Suzano, entre outras), para defender os valores liberais no Brasil. Entre eles, segundo informa o site da entidade, destacam-se a eficiência, a economia de mercado, a responsabilidade individual, a propriedade privada e a meritocracia.

Apresentada como webmaster, articulista, editora do portal “Desde Cuba” e criadora do site “Generación Y”, Yoani Sánchez faz parte do seleto grupo de colaboradores do Millenium que reúne nomes como Reinaldo Azevedo, Denis Rosenfield, Ali Kamel, Merval Pereira, Marcelo Madureira, Carlos Alberto Sardenberg e Carlos Alberto Di Franco, um dos integrantes mais ilustres da Opus Dei no Brasil.

Apesar de se apresentar como “apartidário”, o Instituto Millenium teve uma participação ativa na campanha presidencial de 2010 no Brasil.

Leia também

Em março daquele ano, em seminário promovido pelo instituto em São Paulo, representantes de grandes empresas de comunicação do país afirmaram que o PT é um partido contrário à liberdade de expressão e à democracia e que, se Dilma fosse eleita, o “stalinismo seria implantado no Brasil”. “Então tem que haver um trabalho a priori contra isso, uma atitude de precaução dos meios de comunicação. Temos que ser ofensivos e agressivos, não adianta reclamar depois”, disse na época o ex-cineasta Arnaldo Jabor.

Carta Maior

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. wania Postado em 12/Feb/2012 às 18:27

    Cadê os outros comentários... Ninguém lê nem comenta vocês. Prá que escrever comentários se sequer existe área para acessá-los. Que Pasa..

  2. Luis Soares Postado em 12/Feb/2012 às 19:30

    Os comentários são publicados em suas respectivas páginas, naturalmente. E o site é bem mais acessado do que você possa imaginar, ou do que você gostaria que fosse.

  3. roberto Postado em 21/Feb/2012 às 11:32

    A grande midia acredita que liberdade de expressão é só o que é veiculado pela Rede Globo e pela Veja. O que rola nos blogs e redes sociais seriam apenas mentiras infundadas. Ou seja, o que diz uma dúzia de famílias brasileiras, proprietária de mais de 80% de todos os meios de comunicação do país, TERIA mais crédito do que dizem milhões de vozes.

  4. Marcos Postado em 25/Feb/2013 às 03:11

    A midia vendida, leia-se Revista Veja, Folha, Estadao, Rede Globo, estão cada vez com menos audiencia, apenas o publico idiotizado e sem cerebro acredita em suas noticias falsas e contra o governo Dilma, a direita brasileira tenta tomar o poder novamente c com o apoio desta imprensa que apoia o capital internacional.