Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 29/Nov/2011 às 22:43
15
Comentários

Tempestade em Copo D'água? Estudantes rebatem vídeo global contra Belo Monte

Vídeo produzido por alunos de Engenharia Civil e de Economia da Unicamp rebate o Movimento Gota D’Água, promovido por atores globais contra a construção da Usina de Belo Monte no Pará

Com informação e argumentos bastante claros, jovens se revezam para explicar sua construção e suas conseqüências, abrindo um debate amplo e transparente sobre o tema. “Você provavelmente já ouviu falar de Belo Monte. Desenvolvimento Sustentável e energia limpa”, assim começa o vídeo, usando uma linguagem similar a do vídeo feito pelos atores da Rede Globo.

Os estudantes de engenharia desmentem alguns argumentos contra Belo Monte como o de que a usina produzirá somente um terço de sua capacidade. “Belo monte é a terceira maior em potencial energético (do mundo), não em área alagada. Nenhuma usina do mundo produz 100% de sua capacidade instalada. Nem Itaipu ou Três Gargantas, que são as duas maiores do mundo produzem(sua capacidade total)”, afirmam os jovens.

Leia também:
Outro ponto bastante esclarecedor do material é o quanto será investido e de onde sairão os recursos. Segundo fontes utilizadas pelos globais, R$ 30 bilhões de reais serão gastos na construção da usina, sendo 80% vindos da arrecadação de impostos. No entanto, segundo engenheiros da Eletronorte, que desde os anos 1970 estudam a questão, estimam R$ 19 bilhões para sua construção. Os estudantes lembram que R$ 19 bilhões é o valor, por exemplo, da dívida que o Banco Central “perdoou” quatro banqueiros recentemente.

O fato da maior parte do investimento sair do bolso do brasileiro, outro ponto bastante repetido pelo vídeo dos atores, os estudantes afirmam: ”Realmente, somos nós que pagaremos o dinheiro da usina, o povo brasileiro, do tesouro nacional. Como poderia ser diferente? Com dinheiro de bancos privados nacionais, ou estrangeiros? Felizmente, graças à recuperação do Brasil nos últimos anos, a gente tem dinheiro para bancar essa obra. Sem precisar de financiamentos estrangeiros ou de submeter nosso patrimônio ao FMI (Fundo Monetário Internacional) ou Banco Mundial. Se usarmos o dinheiro da iniciativa privada, eles entram com a grana, mas acabam ficando com a usina”, afirma o elenco de engenheiros da Unicamp.

Mais informações no site do Movimento aqui 

Abaixo, o vídeo dos estudantes:
Abaixo, informações sobre Belo Monte:
Redação Vermelho

Comentários

  1. RLocatelli Digital Postado em 30/Nov/2011 às 00:32

    Excelente iniciativa!! Essa cruzada marota contra Belo Monte não tem argumentos. O que essas ONGs estrangeiras querem é impedir que o Brasil se desenvolva. Com os países "desenvolvidos" em forte crise, se a América do Sul se desenvolver, eles perderão mercados ainda mais aceleradamente.

    • Hudson Postado em 22/Jul/2014 às 10:31

      com todo respeito mas me pergunto como esses estudantes chegaram ao ensino superior com essa mentalidade... NÃO HÁ DESENVOLVIMENTO SE NÃO HOUVER RECURSOS! O BRASIL JA ESTA UMA BOSTA, SABEMOS DA CORRUPÇÃO E NÃO FAZEMOS PORRA NENHUMA, "O GIGANTE ACORDOU, COMPROU O INGRESSO PRA COPA E VOLTOU A DORMIR." POIS É, NOSSO UNICO BEM EM QUE PODEMOS NOS ORGULHAR POR SER BRASILEIROS SÃO OS RECURSOS NATURAIS, SE O MUNDO LÁ FORA NOS PAÍSES DESENVOLVIDOS IMPLORAM PARA QUE NÃO FAÇAM ISSO É PORQUE HOJE ELES SENTEM NA PELE A FALTA QUE A ÁGUA E O AR PURO FAZEM. CRITICAR UMA INICIATIVA POR PROTEGER A AMAZÔNIA, A MAIOR FLORESTA DO MUNDO CONSIDERADA O PULMÃO DO PLANETA, ISSO SIM É SER CONTRA O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL, OLHEM PRO QUASE DESASTRE QUE ACONTECEU COM RONDONIA, PELO MENOS UMA VEZ NA VIDA EU VEJO A MIDIA LUTANDO POR UMA BOA CAUSA, COMO CIDADÃO E ESTUDANTE ESTOU CANSADO DE TANTAS PROMESSAS EM CAMPANHAS POLITICAS POR UM DESENVOLVIMENTO QUE NUNCA EXISTE E NUNCA VAI EXISTIR, SAUDE E EDUCAÇÃO, VAI DE PIOR PRA (NEM EXISTE). UM CONSELHO ? ESTUDE, E SE ORIENTE, TENHA OPINIÃO PRÓPRIA! PODEMOS SER EXEMPLO NOS TORNANDO UM PAÍS DESENVOLVIDO ALIANDO PROGRESSO COM SUSTENTABILIDADE, UMA VERDADEIRA ECONOMIA VERDE, A AMAZONIA DEVE SER CONSERVADA SIM! HÁ MUITAS OUTRAS ENERGIAS LIMPAS (POR EXEMPLO: SOLAR) INFELISMENTE O HOMEM ( O SER MAIS EGOÍSTA E ARROGANTE QUE EXISTE) CHEGOU A TAL PONTO QUE PODE LEVAR A PROPRIA DESTRUIÇÃO DE SI MESMO.

  2. Admandre Postado em 30/Nov/2011 às 01:06

    Gostaria de saber quantos destes estudantes conhecem a região do Xingu ?

  3. Admandre Postado em 30/Nov/2011 às 01:25

    Jovens que não conhecem a realidade da região e que de longe sabem o que é um povo indigena. Alem disso estes jovens falam como se o governo deste país fosse sério, diversos exemplos de obras faraonicas e elefantes brancos já foram constridos no brasil sem o minimo de pudor para com as florestas amazonicas. Calem-se e venham passar um mes aqui com o povo do Xingu para voces terem propriedade de falar alguma coisa. E observem tambem ( para quem gosta de ver a mentira na face das pessoas) o Professor Sebastião ao falar que Belo monte é um beneficio ambiental ele tira os olhos da camera e olha pra baixo, demonstrando incerteza no seu falar... é companheiros e companheiras ... dificil mesmo no Brasil é ser maioria, pois a minoria com seus recursos advindos de fraudulentas licitações e construções como esta e muitas outras ... enriquecem o bolso do Paizinho de jovens como estes do video .... Voces que cresceram dentro de casas luxuosas e apartamentos burgueses não sabem o que é floresta, muito menos a vida que existe dentro dela, eu desafio voces a conhecerem antes de falar.. numeros são numeros ...a realidade transcede a grana !

  4. Carlos Postado em 30/Nov/2011 às 01:38

    Pelo que entendi e isso parece estar evidente, em momento algum os jovens negam que a comunidade indígena será afetada. O que fizeram foi deixar de corroborar com alguns pontos (a maioria) levantados pela campanha dos globais, mas não todos.

  5. F.Silva Postado em 30/Nov/2011 às 10:05

    Alguém poderia me explicar se a rede Globo é inteiramente brasileira ou se ali tem algum capital estrangeiro?Pela forma como trás a público,notícias e editoriais,pela imparcialidade(?) notória de seus ‘colonistas’ e jornalistas amestrados,fico pensando quem é que detém a maior fatia das ações das organizações Globo?

  6. Paula Postado em 30/Nov/2011 às 21:22

    Vocês precisam estudar mais pra saber sobre o que falam... só tentar persuasão com o povo, com argumento fracos, e falando de tecnologia? E o xingu? Vocês sabem algo sobre isso ou só o que envolve engenharia? APOIO O MOVIMENTO GOTA D'AGUA! Pois pela primeira vez, vejo artistas da Globo em favor do povo e contra o governo... ASSINE O MOVIMENTO GOTA D'AGUA!

  7. Dias.Rodrigues Postado em 30/Nov/2011 às 21:24

    É irracionalidade usar energia gerada a partir de qualquer impacto ambiental ou social quando já temos a energia geotérmica,que pode sustentar o planeta INTEIRO por 4 mil anos de forma limpa.

  8. Dias.Rodrigues Postado em 30/Nov/2011 às 21:25

    Se informem sobre isso,ao invés de ficar vendo jovens burgueses que acham que o PT é de esquerda ficarem falando bobagens.

  9. Luis Soares Postado em 01/Dec/2011 às 01:34

    Defendo que sempre seja estudada a maneira menos agressiva ao ambiente de se obter energia e desenvolver o país, e não vejo como resolver o problema da energia no Brasil com energia solar ou eólica. Eu não tenho certeza se Belo Monte é a melhor alternativa, mas até agora não vi nada nem alguém que mostrasse uma alternativa melhor.

  10. MR Postado em 01/Dec/2011 às 12:11

    DUVIDO que a obra permaneça nos 19 bilhões. DUVIDO que os imbecis que só pensaram nos números conheçam os indígenas e a biodiversidade da região. Não são os estrangeiros que não querem que o Brasil não se desenvolva, somos nós que não queremos projetos que não levem em conta questões ambientais e sociais. Usinas não são construídas com base em pura engenharia, caros engenheiros.

  11. Fabiano Postado em 03/Dec/2011 às 22:41

    Se os atores globais tivessem sido contratados para fazer uma campanha a favor da construção da usina, provavelmente estes mesmíssimos estudantes seriam contra. É possível encontrar facilmente argumentos simplistas para defender qualquer uma das duas posições: desenvolvimento x desequilíbrio ecológico são apenas dois dos que mais rapidamente vêm à cabeça. O que parece estar em cena, nesse caso, não é a usina em si, é ser contra a Globo.

  12. ADVOCACIA Postado em 05/Dec/2011 às 02:22

    Infelizmente as pessoas que são contra esses estudantes brasileiros que defendem o debate e a informação, são os que acreditam em tudo que vêem na tv, na globo e em Papai Noel.

  13. Laysa Resende Postado em 09/Dec/2011 às 11:22

    O problema é esse. Achar que jovem não sabe nada, que é sempre do contra. O Brasil está crecendo e de fato, isso haverá implicações. É muito fácil ser de uma ONG do Rio de Janeiro e São Paulo, e defender situações climática. Acorda povo! Afinal, tentar ser ecólogico ninguém quer. Quero ver daqui 10,15 anos como o Brasil estará...em racionamento?! E todo mundo reclamando NOVAMENTE do governo da época. Ser contra algo é muito fácil, se informar que é díficil. É isso que todos querem, pessoas alienadas que discriminam a opinião desses jovens, que tem muito mais conhecimento que vocês. Porque jovem procura, e quer mudar, não está esperando que os outros façam.

  14. marcos Postado em 04/Nov/2012 às 14:48

    O video não é da globo e sim da ong e atores globais não confundam !