Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 04/Nov/2011 às 19:25
0
Comentários

Polícia prende ex-deputado acusado de comprar bebê para revendê-lo

Fausto Oliveira, ex-deputado pela Paraíba e ex-pastor da Igreja Universal é acusado de comprar um bebê de 1 mês da mãe para revendê-lo
O ex-deputado estadual da Paraíba Fausto Henrique Oliveira, o pastor Fausto, foi preso nesta sexta-feira em Fortaleza (CE), acusado de tráfico de menor. A prisão foi feita pela polícia do Piauí, que investigava o sumiço de uma criança piauiense de 1 ano e 3 meses. Segundo a polícia, o ex-deputado comprou o bebê em troca de cestas básicas.

O delegado Carlos César Camelo, da Delegacia de Proteção dos Direitos Humanos e Repressão das Condutas Discriminatórias do Piauí, informou que a mãe denunciou o caso há dois meses. 
Leia também:
“Investigamos e chegamos à casa do Fausto Oliveira (em Fortaleza). Lá descobrimos que ele foi ex-deputado da Paraíba e ex-pastor da Igreja Universal, e chegou a dar cesta básica à mãe. Quatro mulheres também foram presas na operação”, disse o delegado. A polícia informou que o bando do qual o ex-deputado supostamente faz parte prometia apartamento e até R$ 4 mil em troca de bebês.

O ex-deputado foi expulso há dois anos da Igreja Universal após ser flagrado dançando forró em uma festa na Paraíba, em um vídeo exibido no site YouTube. Em junho de 2010, Fausto Oliveira foi preso por policiais militares, acusado de embriaguez ao volante e direção perigosa. Ele conseguiu liberdade após pagamento de fiança.

Com os escândalos, o ex-deputado deixou a Paraíba e foi morar em São Paulo, se mudando posteriormente para Teresina, onde teria cometido o crime. Segundo a polícia, o ex-deputado e uma mulher identificada como Michele teriam oferecido assistência médica ao bebê e pagamento de cestas básicas para a família, caso a criança lhes fosse entregue. De posse do bebê, Fausto fugiu para a capital cearense.

Leia mais:
A polícia chegou ao ex-deputado por meio de sua companheira. O delegado Carlos César Camelo disse que o pastor Fausto será levado a Teresina para ser apresentado na Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente ainda nesta sexta-feira.

Agências

Comentários

O e-mail não será publicado.