Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 14/Nov/2011 às 18:53
0
Comentários

Crime de homofobia: além de espancado, homossexual é atirado em fogueira

Três jovens acusados de agredir um homossexual durante uma festa de halloween responderão a processo no estado do Texas, nos Estados Unidos. O caso chamou a atenção na cidade de Reno pela violência do ataque: Burke Burnett, de 26 anos, levou socos e chutes, teve as costas e os braços feridos por uma garrafa de cerveja quebrada, antes de ser atirado em uma fogueira.
Os acusados são Daniel Shawn Martin, James Mitchell “Trey” Laster e Micky Joe Smith, que já possuíam histórico de agressão contra gays. A polícia local enquadrou o caso como um crime de intolerância, cuja punição é regida por uma lei especial no Texas, como a que está atualmente em discussão no Congresso brasileiro.
Leia também:
Os três foram presos na hora, mas libertados com o pagamento de fiança e já foram pronunciados pela Justiça local.
Burke Burnett disse ter sido pego de surpresa com um soco no rosto, quando conversava com um amigo. Além do olho roxo, ele precisou levar 30 pontos para fechar os ferimentos. “Estou convencido de que foi uma tentativa de homicídio”, disse o jovem ao jornal Dallas News.
James Lester, um dos acusados, de maneira hipócrita nega que a agressão tenha sido motivada pela orientação sexual de Burnett.

Huffington Post

Comentários