Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 06/Oct/2011 às 11:13
1
Comentário

Vídeo comprova ilegalidade e compra de assinaturas para fundação do PSD

População pobre foi facilmente ludibriada durante entrega de alimentos. Kátia Abreu teria coordenado os delitos (vídeo abaixo).
Gravação entregue ao TSE mostra depoimentos de eleitores que assinaram a lista de apoio ao novo partido, o PSD de Kassab, em troca de cestas básicas. O material foi enviado ao TSE. Até agora menhuma medida foi tomada.

As assinaturas foram colhidas sem o consentimento dos eleitores durante a distribuição dos alimentos em São Salvador do Tocantins, a 420 km de Palmas. As cestas foram entregues a dezenas de moradores em maio e diversos deles ouvidos manifestaram desconhecimento e indignação com o fato de terem sido usados pela legenda em formação. O advogado do PSD, Admar Gonzaga, nega envolvimento com a fraude.

Leia mais:
O vereador Washington Milhomem (PR), conhecido como Pezão, foi quem comandou o processo. Parte das cestas básicas foram entregues na casa de um irmão dele, Willian, e outras, distribuídas por aliados. A entrega aconteceu em maio, quando o processo de coleta das assinaturas ainda estava no início.

Segundo moradores ouvidos pelo Estado, Pezão distribuiu vales para as pessoas retirarem as cestas básicas na casa de seu irmão. Para pegar os alimentos, todos tinham de levar o título de eleitor e assinar um documento. O que não foi informado a eles é que este documento era a lista de apoio ao PSD.


Oito pessoas que constam na lista de apoiadores do novo partido foram procuradas em 14 de setembro, e todas negaram ter conhecimento do PSD. Elas dizem ter ouvido dos envolvidos que os documentos eram necessários para um cadastro do governo de Tocantins para a distribuição de novas cestas no futuro.

Leia também:

Edvane Bispo de Souza foi uma das que mais se indignaram. “Como é que a gente faz para desfazer essa história do partido? Ninguém aqui está envolvido com nada disso.” A mãe dela, a aposentada Floripe de Souza Póvoa, também está na lista e disse ter ouvido que as cestas teriam sido enviadas por pessoas ligadas à senadora Kátia Abreu, uma das expoentes do PSD.

_
Estado de S. Paulo

Comentários

  1. Everaldo Filho Postado em 07/Oct/2011 às 21:18

    E o TSE aprovou esse partido? Tá explicado. Por que não se comenta os outros partidos, só o PSD? será pelos caciques???

O e-mail não será publicado.