Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 07/Oct/2011 às 18:17
79
Comentários

Jovem gay submetido a sessão de 'cura' em Igreja foi eletrocutado, queimado e perfurado

Após meses de tortura, jovem considerou o suicídio, subindo no telhado de casa. Sua mãe, que também apoiava a tentativa de “conversão”, tentou dissuadi-lo dizendo: “Eu vou te amar de novo, mas só se você mudar.”

samuel brinton igreja tortura homofobia

Mãos queimadas e depois congeladas. Pequenas agulhas sendo enfiadas embaixo das unhas. Sessões de eletrochoque. Tudo isso enquanto um vídeo exibia cenas de sexo explícito entre homens.

Samuel Brinton tinha apenas 12 anos quando foi submetido a uma sessão de ‘cura’ na igreja batista norte-americana após ter contado ao pai, um pastor do interior do estado de Iowa, que sentia atração pelo melhor amigo. Ele não fazia ideia de que não devia se sentir atraído por outros meninos.

O jovem, hoje com 23 anos e estudando engenharia nuclear no conceituado MIT (Massachussets Institute of Technology), contou sua história em uma série de entrevistas sobre a realidade de gays, lésbicas e transsexuais nos EUA, que já foi visto dezenas de milhares de vezes na internet.

Em seu perfil no twitter, Brinton diz que quer usar o seu exemplo para que outras pessoas possam ter uma escolha que ele não teve.

No vídeo, ele conta que apanhou tantas vezes do pai e com tamanha violência que chegou a ser levado diversas vezes à emergências de hospitais, onde dizia que havia “caído da escada”.

A tortura no ritual da igreja batista não era apenas física. Seus pais chegaram a dizer ao menino que ele tinha Aids e que era o último gay dos EUA, uma vez que o governo teria exterminado todos os outros.

Depois de meses de tortura, ele disse ter considerado o suicídio, subindo no telhado da casa onde morava. Sua mãe, que também apoiava a tentativa de “conversão”, tentou dissuadi-lo dizendo: “Eu vou te amar de novo, mas só se você mudar.”

Brinton acabou descendo do telhado e convenceu os pais de que havia “mudado” até sair de casa para ir à faculdade. Quando resolveu assumir sua orientação sexual e voltar para casa, encontrou suas coisas todas na rua. O pai ameaçou matá-lo se ele tentasse contato novamente.

“Na última vez, ele disse que atiraria em mim se eu tentasse entrar em casa de novo”.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. João Roberto Cintra Postado em 07/Oct/2011 às 23:14

    Meu Deus! Isso parece um roteiro de filme de terror, como "O Albergue"! Até onde chega o fanatismo religioso... Jesus realmente não estava com eles!

  2. Luis Soares Postado em 08/Oct/2011 às 14:34

    Nenhum dos agressores, camuflados sob um suposto manto da divindade e que imaginam prestar um serviço de exorcização, já que no retrocesso de suas concepções a homossexualidade é uma 'doença', tem a integridade desse rapaz. Existe 'sessão de cura' para pedofilia?

  3. Giuliana Zambotto Furlan Postado em 15/Oct/2011 às 17:20

    Sou transexual, eu já passei por isso, não uma, mas várias vezes, além de não funcionar ainda deixa sequelas graves na mente, o pior de tudo, ninguém me 'obrigou' a ir, fui por medo, fui para não ter que enfrentar a sociedade. Maior besteira que fiz na minha vida por covardia.

  4. Luciana Rocha Postado em 23/Oct/2011 às 14:38

    Estou escandalizada! Sou mãe de um menino de 16 anos e vou dizer que amo ele acima de tudo, de qualquer coisa e de qualquer jeito. Ele é a maior riqueza da minha vida, o ar que eu respiro e a luz que ilumina meu dia. Não consigo sequer conceber, imaginar, o que passa na cabeça de certas pessoas que condicionam amor ao comportamento sexual do(a) filho(a).
    "Só amo você se você for heterossexual", gente, o que é isso??? Amor de mãe e de pai é incondicional, está acima de tudo e de todos.
    Imagine se algum dia vai entrar um "deus" entre meu filho e eu! Não existe ninguém mais importante na minha vida a não ser meu filho. Quem condiciona o amor ao comportamento sexual do filho não é gente, não é ser humano e também não é bicho (porque os bichos amam e cuidam e não nutrem preconceitos). Quem coloca deus na frente do amor dos filhos não é gente, não merece os filhos que tem.

    • Santiago Postado em 08/Oct/2013 às 22:45

      Diva! <3

    • Barbara Postado em 09/Apr/2014 às 16:57

      Deus esta acima de tudo. agora um pai ou mãe renegar um filho ou força-lo contra a sua vontade de dizer que ele não é mais homossexual para satisfazer suas vontade aponto de praticar barbaridades com o filho é cruel e desumano e Deus não esta no meio de tais ações porque o mandamento de Deus é, amar o próximo como a ti mesmo se esses que se diz representante de Deus comete tais coisas o amor de Deus não habita entre eles, e não sabe o que significa amar o proteger um filho independente da sua opção sexual porque filho é para toda vida,

    • Francis Gal Veloso Postado em 11/Apr/2014 às 15:29

      Emocionado por suas palavras tão fortes! Vc deveria ser "multiplicada" em cada ser humano que tem filhos gays.Parabéns!

    • martinho Postado em 13/May/2014 às 17:57

      Simplesmente perfeita a sua resposta... Arrasou...

  5. CristianBF Postado em 28/Nov/2011 às 20:05

    Depois falam que uma pessoa escolhe ser gay!

    • Francis Gal Veloso Postado em 11/Apr/2014 às 15:32

      Huhum,essas pessoas são tão amedrontadas em aceitar q sexualidade tem muito pouco a ver com escolha que se eximem de refletir e chegar à conclusão que vc chegou,amigo.

  6. Rita jau Postado em 01/Dec/2011 às 18:36

    Religiosidade....

  7. Tiago Mancin Postado em 16/Feb/2012 às 10:35

    Nestes momentos fico orgulhoso de meu país ao ler os comentários. Que a próxima geração elimine de vez a religião. A mente de um ateu geralmente é livre de preconceitos e não aceita o domínio de qualquer ideologia majoritária. Libertemos o pensamento coletivo. Segundo Nitzche previu, será um mundo melhor.

    • Jonathan 'Hamelin' Malavo Postado em 11/Oct/2013 às 11:53

      Parabéns por sair do armário, ainda mais em um país altamente religioso como o Brasil, que estigmatiza todos nós ateus como filhos do demônio. Ainda bem que sempre levei isso na esportiva e, quando alguém me jogava isso na cara, revidava: "Ah, você conhece meu pai? E faz quanto tempo que vocês não fecham negócio? É, porque pra você se lembrar dele tão rapidamente assim, provavelmente deve estar muito necessitado dos negócios dele. Aviso que o preço subiu. Inflação, sabe como é, né?" Os caras só faltavam me matar (apanhei muito por conta dessa ironia), me olhavam com uma cara de ódio...

    • Gabriel O. Postado em 24/Apr/2014 às 19:28

      Que a próxima geração elimine o preconceito. As pessoas é que colocam que há pecado numa coisa que não há. ;) As pessoas escolhem se elas vão questionar ou não. O problema não está na religião, porque ninguém vai na tua porta aponta uma arma e diz que se você não for pra igreja você vai morrer (Testemunhas de Jeová vão, erroneamente). Eu sou católico e acredito que não é a religião que seja o problema, porque já vi gays na minha igreja e até em outras. O problema está nas pessoas, repito. :)

  8. Scheila Fernandes Postado em 01/Mar/2012 às 13:25

    Pelo contrário, quando as pessoas acreditarem em Deus de verdade, deixarão a religiosidade que culmina em atos absurdos como este. O amor que Jesus pregou e que se vier a existir no mundo, acabará com o sofrimento. Massss...depende de nós, de cada um de nós...

    • Gabriel O. Postado em 24/Apr/2014 às 19:30

      Exatamente! Jesus não pregou nada disso! As pessoas estão malucas!!! E o pior é que esses seres humanos mancham a imagem da Igreja que já não é boa, fica pior. Deus pregou o amor ao próximo, como a mim mesmo! O amor é a 1ª Lei.

  9. ANGELO LELIO Postado em 01/Mar/2012 às 15:04

    é para esse tipo de cura que nossos, já tao aterefados deputados, querem se preocupar criando leis. Deviam se preocupar em se curarem da homofobia

    • PATRICIA TAVARES Postado em 04/Nov/2015 às 09:54

      E dá corrupção também.

  10. Gilson Postado em 01/Mar/2012 às 15:33

    Religião...

  11. Bernard Postado em 01/Mar/2012 às 16:08

    veiii pqp pena.. se curti religiao deus e pa tudo bem mais nao faça crime em nome deles plis. ainda dizem que ser gay e escolha tenho irmao gay garanto que ele nao queria ter nascido assim tenho do dele muita gente zoa... em casa sou unico que dou apoio pra ele familia muito religiosa -sou ateu'

  12. Gilberto Postado em 01/Mar/2012 às 17:46

    Sei exatamente o que ele passou.... qdo tinha 15 anos minha mãe descobrir que eu era gay, apanhei simultaneamente dela, de dois irmãos e do meu pai... fui massacrado, minha mãe introduziu em anus um charuto acesso... fiquei internado no HC por dias, fiquei totalmente deformado, eles ficaram totalmente ilesos....tenho sequelas das pancadas ate hj que tenho 43 anos, bem vividos, bem sucedido e feliz como gay.

    • Leandro Baraldi Postado em 30/Mar/2014 às 21:25

      Te parabenizo. Você é um vencedor.

  13. sempre Postado em 01/Mar/2012 às 18:10

    todo mundo s aproveita da religiao pra fazer atos perversos e cometer leviandades. Isso precisa acabar.

  14. julio luiz dos santos Postado em 01/Mar/2012 às 21:09

    sem comentarios!!!!!!!!!

  15. Anticristo Postado em 01/Mar/2012 às 21:35

    Maldita escória da humanidade(religião, jesus...) e o foda é que biblicamente isso não é algo ruim...

  16. anderson rosa ribeiro Postado em 02/Mar/2012 às 08:51

    A lógica de um depoimento é ouvir a outra versão. Não estou defendendo uma ou outra parte. Com certeza pais que tratam seus filhos dessa maneira por causa da opção sexual não merecem os filhos. E não se enganem os atenienses e outras sociedades antigas, medievais e contemporâneas preferem herdeiros com certas qualificações que demonstrem força, inteligência, coragem e menos de sinal de fraqueza. Se isso não fosse verdade a procura pela manipulação génetica na escolha filhos geneticamente "perfeitos" não estaria crescendo no mundo. O filme Gataka é uma exemplo disso. No futuro ainda não continuará a haver espaço para fracos entre a sociedade. Novos conceitos sobre fraqueza vão surgir e serão usados para manipular. A solução é o homem evoluir dentro de si. Muitos odeiam os religiosos e muitos religiosos odeiam os que não seguem a religião. Isso é um sinal de fraqueza da raça humana. Será que não vamos evoluir? Não temos outro planeta para existir. O nosso está sendo destruído por pessoas que pensam dessa maneira. Chega!

  17. Ana Paula Postado em 02/Mar/2012 às 09:12

    Sinceramente, isso é forma de converter uma pessoa??? Kd aquela parte onde Cristo diz amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado! Deus, abomina o pecado, nao o pecador, a este ele tem misericordia e compaixão e o perdoa porque o ama profundamente, ama com amor incondicional até mesmo maior do que o amor dos pais!!!!

  18. Robert Postado em 02/Mar/2012 às 22:19

    A questão aqui é maior que a religião, a questão aqui é como a religião é usada por seus líderes, se aproveitando da ignorancia do povo sobre as causas da homossexualidade, e a partir disso, implantando idéias falsas que podem acabar em atrocidades como essas. Se existe algum Deus, espero que ele não seja o deus homofóbico pregado por estes imbecis.

  19. Eusébio Postado em 03/Mar/2012 às 09:14

    Que vergonha, usar nome de Deus para violar as liberdades individuais!

  20. LuRê Postado em 03/Mar/2012 às 17:07

    Que triste e REVOLTANTE !!!!,esses qe se dizem religiosos mas fzem esse tipo de coisa ,que deveriam ter amor pelo proximo,e respeito, seja ele qem for.,usam o nome de Deus pra fzer crueldades vei..,sou totalmente a favor dos homossexuais,transsexuais,que sao pessoas maravilhosas..essas criaturas qe fizeram essa ´´sessão de cura´´ no jovem,qe deveriam ser mortos..

  21. Hellen Postado em 03/Mar/2012 às 23:54

    Que triste e revoltante!

  22. Genesis Duarte Postado em 04/Mar/2012 às 12:20

    Revoltante, umilhante, em um pais que se diz de nivel cultural e intelectual avançado é uma afronta, isso mais parece fato da idade média, do tempo da inquisição. Por lá não existe lei para punir com rigor esses casos de homofobia?? EU não é diferente de qualquer pais de terceiro mundo.

  23. Nicole Postado em 04/Mar/2012 às 14:08

    A religião cristã ensina a amar incondicionalmente, até os inimigos. Sem julgar. Esse artigo não fala de religião, mas de alguns infames seguidores que existem em qualquer filosofia. "Nunca julgue uma filosofia pelo seu abuso", Santo Agostinho.

  24. Luiz Felipe Postado em 04/Mar/2012 às 15:16

    Quase que a humanidade se tornou melhor, se ao menos o iluminismo tivesse dado certo. Mas ainda existem essas drogas de religiões. Sem mais comentarios, somente sobra a revolta.

  25. Juliana Tetzlaff Postado em 04/Mar/2012 às 15:16

    GENTE pelo amor neh! isso é absurdo sim! mas NAO TEM NADA A VER COM RELIGIAO! E sim com os diodos que fizeram isso com o menino! sou CATOLICA, sigo minha religiao com muito orgulho e jamais maltrataria alguem por preconceitos, nem com palavras faria isso! pessoas IGNORANTES colocam a culpa na religiao é mais facil achar isso do que ver que a culpa é dessas pessoas e nao da religiao!!!!!!!!!!

    • Juliana Santos Postado em 02/Sep/2014 às 17:33

      eu sou igualmente CATOLICA, mas mesmo o sendo sei reconhecer que os dogmas são altamente falhos sim e dão margem para que sejam interpretados da forma q for, inclusive extremista como no caso desses pais. Não se pode culpar o nosso Deus por isso, mas tenha certeza que nossa religião tem sim sua parcela de culpa e não é pequena.

  26. Mya Postado em 04/Mar/2012 às 16:46

    Sim, é um absurdo o que essas pessoas fazem "em nome de Deus". Aprendi, dentro da minha religião, que devemos amar todos. Porém, preconceito é algo que não depende de em que você acredita. Depois falam que ateu não tem preconceito, mas se comportam pior do que testemunha de Jeová. Ou você acredita, ou você não acredita. Qualquer coisa no meio do caminho, assim como preconceito, homofobia, machismo, racismo, é IDIOTICE.

  27. Denver Wagner Postado em 04/Mar/2012 às 17:01

    Mata o pai! Nada mais certo e justo!

  28. Lucas Postado em 04/Mar/2012 às 17:11

    Meu medo é que o Brasil esteja caminhando nesse caminho...

  29. vangelis Postado em 04/Mar/2012 às 17:18

    Sigmund Freud dizia: "A RELIGIÃO É UMA ILUSÃO". Dias atrás ouví uma frase que faz muito sentido..."Se tenho Deus em meu coração e procuro seguir a vida com uma conduta dígna...pra´quê religiaõ?!" Ah, sim!!! Pra continuar mantendo a riqueza de alguns líderes (pseudo!) religiosos e continuar vendo essas coisas acontecerem desde a "SANTA" Inquisição. Seres humanos!!!!Deus não está fora, mas dentro de cada um de nós...aliás, ELE não precisa de intermediários!!!

  30. Terezinha Barreiro Postado em 04/Mar/2012 às 17:46

    O conceito de que a homossexualidade seria uma doença caiu em 1973, por determinação da OMS. Não é doença, nem distúrbio, porém vejo como distúrbio gravíssimo de comportamento e doença terminal a religião e suas manifestações, seja de qq tipo. Chegamos num ponto de tamanha loucura coletiva que julgar, odiar, matar, ferir e roubar passaram a fazer parte do mundo religioso, qdo na história, a religião foi criada com fins de limitações de atitudes bárbaras e cruéis. Meu total repúdio, indignação e intolerância com todos aqueles que pensam na contramão da ciência e da liberdade.

  31. Idealita Postado em 04/Mar/2012 às 21:13

    Como assim não tem nada a ver com religião? Sendo que o que mais motiva o ódio e o preconceito, desde sempre, é essa desgraça de livro preto?

  32. Marcelo Postado em 04/Mar/2012 às 23:23

    O fim...quando penso que a humanidade consegue dar um passo a frente...logo em seguida, retroagimos à barbárie, ao absurdo, a total falta de razão, lógica, bom senso, e amor ao proximo (como Ele mesmo pregava). Estou de luto pela morte do que ainda restava de humano na religião: amor ao próximo). Depois ainda perguntam porque eu sou ateu.

  33. Isabella Postado em 05/Mar/2012 às 00:36

    Acho bom que se lembram que na bíblia só é permitido ter relacionamentos héteros, mas lembrar de amar o próximo ninguém lembra né ?

    • Leandro Baraldi Postado em 30/Mar/2014 às 21:23

      Muitos decoram a Bíblia de cabo a rabo, mas não praticam nada do que aprendem: é como um analfabeto funcional, que sabe ler, mas entende o que lê.

  34. Tauan Queiroz Postado em 05/Mar/2012 às 00:42

    Fizeram isso com ele pq uma antiga teoria de psicologia, já em desuso, diz q existe um fator estímulo-resposta pra tudo o q acontece na vida. Se acontece algo q te traumatizou, durante toda a vida vc terá a mesma resposta diante do mesmo acontecimento. Puseram filmes pornôs para torturá-lo esperando que o estímulo-resposta fosse favorável a sua "cura", mas essa teoria se mostrou errada há anos, e isso se repetiu com ele. Tenho pena dessas pessoas que se guiam por teorias caducas para tentar impôr algo que só existe nelas mesmas: o preconceito.

  35. Heraldo Postado em 05/Mar/2012 às 17:00

    Nossa, a galera tá mal informada mesmo hein... Não confundam essa igreja aí do caso dos EUA com a Católica

  36. Sibele Postado em 06/Mar/2012 às 10:12

    Que coisa horrível! Muita ignorância...sou evangelica e nunca vi nem ouvi falar que tratam os homossexuais desta forma...bem ao contrário disso, devem ser aceitos e amados como qualquer outra pessoa. A única pessoa que muda qualquer coisa em nossa vidas e' Deus!

  37. Indaiá Postado em 06/Mar/2012 às 21:50

    A intolerância não é orientação de Deus para nós, o amor sim, devemos amar o nosso próximo assim como nos amamos.Na Bíblia a orientação de Jesus é que devemos tratar e fazer com os outros o que desejamos que façam conosco. Logo, os pais desse adolescente e de tantos outro que cometem este tipo de atitude, podem ser qualquer coisa,exceto cristãos praticantes dos ensinamentos de Cristo.

  38. eric Postado em 08/Mar/2012 às 16:37

    morte aos religiosos fanaticos filhos da puta !

  39. Renata Postado em 09/Mar/2012 às 09:28

    Nesta notícia enfatizaram a igreja,mas que igreja é essa, já viram a diversidade de igrejas?E que não passam de pessoas que tentam transmitir falsos ensinos ou mesmo pregam o que tem dentro de si(raiva, imoralidade e falta de amor)muitas vezes,vamos saber separar os fatos,e não juntar tudo numa coisa só.Não é porque um lugar se chama igreja,que ela é composta por pessoas sensatas e sóbrias, podem ter certeza,Nem todas "igreja" é igreja.Se uma pessoa não tem amor no coração e acha correto fazer isso a um filho, NÃO CHAME ESSA PESSOA DE CRISTÃO,PQ ELA NÃO O É, Deus é amor e a Bíblia diz nem por força e nem por violência.SAIBAM SEPARAR AS COISAS.Não é isso que a bíblia ensina,não tenham dúvida.

  40. sergio Postado em 10/Mar/2012 às 21:33

    Por que esses doentes não confessam sua própria incapacidade em lidar com suas próprias doenças? Enquanto perdem seu tempo tentando converter a orientação sexual de seu filho, deveriam procurar uma clínica especialidade para tratar de seus próprios males. Esses pais deveriam ser denunciados por maus tratos e presos. Como é que alguém assim pode ser chamado de pai ou de mãe?

  41. sergio Postado em 10/Mar/2012 às 21:36

    A humanidade criou leis, mas o comportamento de muitos ainda é pré-histórico!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  42. João Felipe Postado em 26/Mar/2012 às 16:51

    Acredito que isto é um problema muito, mas muito antigo e não se trata de religião ou preconceito; ISTO É FALTA DE AMOR!

  43. ISRAEL Postado em 26/Mar/2012 às 17:04

    CALMA PESSOAL, SERÁ QUE A ESTÓRIA DESTE MENINO É 100% VERDADE. E A OUTRA PARTE FOI OUVIDA? SERÁ QUE A ESTÓRIA NÃO É OUTRA? E ESSE MENINO NÃO ESTARIA USANDO A SUA OPÇÃO SEXUAL PARA ESCONDER OUTRA ESTÓRIA? TEMOS QUE OUVIR A OUTRA PARTE PARA TERMOS UM JUÍZO DE VALOR A RESPEITO DA QUESTÃO, POIS O CONTRADITÓRIO NESTAS SITUAÇÕES É MUITO IMPORTANTE. NÓS TEMOS VÁRIOS EXEMPLOS NO NOTICIÁRIO DIÁRIO DE PESSOAS QUE USAM SUA OPÇÃO SEXUAL, SUA COR, ETC... PARA TIRAREM VANTAGENS, NÃO É? ABRAÇOS A TODOS.

  44. Abilio José Pohl Postado em 27/Mar/2012 às 10:26

    BRASIL, meu país, nosso país.Mas precisa deixar de importar estes preconceitos exdrúxulos, hipócritas e ignorantes.Todos somos iguais e com os mesmos direitos.Fraternidade, amor e caridade esse é o eixo.Cuidado com os falsos profetas que pregam a materialidade como evangelho em proveito próprio. O amor é difícil e sublime.Ele esteve aqui a 2012 anos, falou coisas, plantou outras tantas boas, mas nos ainda não entendemos NADA!!!

  45. C.L.Thomazella Postado em 11/Apr/2012 às 01:45

    Infelizmente a gente cresce muito rápido e quando percebe que tem resposta para esse tipo de comportamento, é muito tarde e muitas dores já foram sentidas por seres humanos . Sem palavras, sem palavras - atitudes de pais, abomináveis. Não dá par acrer.

  46. dulce Postado em 22/May/2012 às 22:02

    é joão roberto, realmente parece filme o albergue, eu assisti é um horror, mesmo, não dá nem para acreditar

  47. Fael Postado em 18/Jun/2012 às 09:35

    Parece que o cara tirou esse "tratamento-tortura" do filme Laranja Mecânica, agora o cara continua gay e masoquista.

  48. Adan Postado em 21/Jul/2012 às 13:42

    Homenagem a mais um jovem gay que se matou no Brasil http://www.youtube.com/watch?v=QahLkpWOZEw&list=HL1342798277&feature=mh_lolz

  49. Gil Postado em 29/Jul/2012 às 22:46

    A católica é matriz de toda e qualquer imbecil religião! Há seculos os padres violam crianças e esta porca religião chamada católica acoberta estes porcos padrecos. Religião é o lixo que a humanidade insiste em não jogar no seu devido lugar o lixão!

  50. RFS Postado em 13/Nov/2012 às 19:16

    Ateus cometeram crimes em nome da liberdade, religiosos cometeram crimes em nome de Deus, por detras de tudo isso, só havia o ser humano, nós deturpamos idéias e ideais. Amor independe de religião, de crer ou não em algo. As pessoas fazem maldades, independente da religião, sendo ateu ou religiososo, se o individuo tem a maldade em si, ele vai fazer a maldade.

  51. Juao Kuryngao Postado em 30/Nov/2012 às 10:07

    Se eu fosse Bryton teria amarrado meu pai teria feito ele lambe minhas bolas faria sexo com um cara na frente dele e depois o mataria por que ele nao mereceu oque passou

  52. Pedro Postado em 07/Feb/2013 às 21:07

    Falar que o cristianismo não tem nada a ver com o comportamento homofóbico é hipocrisia! Afinal, se as pessoas não se apegassem tanto a esses preceitos a tolerância e o respeito seriam, com certeza, mais praticados. A bíblia é um livro hipócrita e contraditório. É o mesmo livro que apoia a escravidão e outros MUITOS absurdos. E dizer que a escravidão só é defendida na bíblia por causa do contexto histórico é o mesmo que afirmar que deus muda, que deus é imperfeito, que deus é falho e que deus não é onisciente.

  53. jose elias Postado em 20/Feb/2013 às 06:24

    Até onde chega o fanarismo religioso. Imagine o que tal pai não faria se a mãe adulterar! Pena de morte na certa.

  54. Murilo Postado em 03/Apr/2013 às 01:16

    Duas pessoas aqui falaram em ouvir a outra parte. Concordo, mas logo após falam de "opção" sexual, reafirmando o que os pais do garoto pensam: que é uma opção. Se fosse, no primeiro soco que o guri levou, teria alternado essa opção para a heterossexualidade e isso NÃO EXISTE! Lastimável ler essa história, cai no choro na hora.

  55. Aline Postado em 17/Apr/2013 às 15:42

    Sou evangélica desde que nasci, e em nenhum momento na minha vida me foi pregado este tipo de barbaridade. Muito pelo contrário, Jesus sempre pregou o amor a TODOS e é assim que devemos ser, não concordar não quer dizer discriminar muito menos usar de violência. Devemos amar e respeitar nosso próximo. Este sim é o verdadeiro ministério que aprendi e não cometer atos absurdos ainda mais usando o nome de Deus.

  56. graci Postado em 26/Apr/2013 às 01:01

    Já ouvi o testemunho do Pr Paulo dizendo que desde o momento que seu pai ( pastor da Assembleia de Deus), ficou sabendo que ele ara gay, nunca o maltratou, não deixou que ele saisse de casa, muitas vezes buscava ele nas esquinas, o cobrindo com um casaco, não tinha vergonha dele quando ele visitava a igreja do pai. E isso foi a décadas atrás. Achou o comportamento desse pai um exemplo, independente de sua opinião, ele mostrou amor ao filho, como Jesus com certeza mostraria.

  57. Lee Postado em 05/May/2013 às 09:38

    Religião é lixo ideológico que se reproduz e produz loucos. Não há como dissociar atos como esses dos ditames religiosos. A religião prega que o homossexual é mal e doente, e palavras como essas, repetidas vezes, fertilizam o terreno para que atos macabros ou piores como os citados na matéria aconteçam. Vejam agora o mal que causam os fanáticos da BE na política nacional. Projetos que impedem a homofobia e retrocessos dantescos estão para ser votados por eles.

  58. Paulo Celso da Silva Postado em 05/May/2013 às 20:06

    Deixem que cada um viva como queira.Desde que não prejudique a outros ou envolvam crianças,cada um tem o direito de ser e fazer o que lhe der prazer...sem prejudicar ninguém,nem a si mesmo.Eu aprendi na catequese,não chamar o nome de Deus em vão.Seu nome está tão banalizado que Ele deve esta de saco cheio!As pessoas estão com a mente doentia.Quando querem fazer mal,como camuflagem,o nome D'Ele. O Diabo não é mal,nós é que somos o start para a maldade diabólica quando fazemos coisas como essa acima.

  59. maria luísa Postado em 11/May/2013 às 14:19

    A parte da tortura enquanto ele assistia videos de gays me lembrou laranja mecânica...

  60. Fabio Camargo Postado em 07/Jun/2013 às 18:11

    Tem como dissociar esses atos dos ditames religiosos, pelo simples fato de que a própria bíblia se contradiz, e muitas outras coisas pregadas pela bíblia passarem batido por todo mundo (como restrições a alimentação, vestimenta, etc). Porque então fazerem tanto caso com os homossexuais? É porque tem outro coisa envolvida aí, se são fosse a "religião" o motivo (aka desculpa), seria outra coisa... Pessoas preconceituosas sempre encontram a desculpa mais conveniente e fácil pra se justificar, tanto que muita gente não-religiosa também é preconceituosa, e muitas vezes tentam usar de algum outro silogismo qualquer (até a "ciência") pra se justificar.

  61. Junior Postado em 22/Jun/2013 às 08:20

    Cadê a crentaiada? Ninguém apareceu aqui, né? Eu tenho 36 anos, quando eu contei aos doze anos aos meus pais que eu era gay, eles me botaram pra fora de casa e eu fiquei sem ter pra onde ir. Tentei pedir ajuda a parentes pra eu me abrigar, mas ninguém quis me receber. Um tio meu chegou a dizer que não me queria na casa dele porque, senão, eu iria contaminar meus primos. Aliás meus primos, que eram meus amigos, viraram a cara pra mim. Eu fui parar em um albergue, após muito perambular pelas ruas. Lá, eles me ajudaram. Perdi o ano na escola por causa daquilo, perdi tudo, foi horrível. Fiquei morando no albergue até 16 anos, quando arrumei um emprego. Aos poucos, fui me ajeitando, aluguei uma casa, tal... Procurei meus pais várias vezes, e eles nunca quiseram me receber. A penúltima vez que eu falei com eles - eu tinha 16 anos -, eles pediram peloamordedeus para eu não aparecer na casa deles, por causa dos vizinhos (todo mundo ficou sabendo que eu era gay não sei como e foi o maior escândalo). Hoje estou formado, trabalho, tenho minha casa, só não estou namorando no momento, mas estou bem. Mas nunca mais vi minha família. Fiquei sabendo uma época que eles se haviam se mudado para o Rio de Janeiro (somos de São Paulo), isso uns 10 anos depois (eu já estava com quase 30 anos), descobri o telefone deles e liguei. Eu falava pra minha mãe no telefone "mãe, aqui é o Junior" e ela falava do outro lado "não tem Junior nenhum aqui, aqui só tem Marcos, Pablo e Jurandir (que são meus irmãos mais novos)". Foi a última vez. Desisti. Fazer o que... Vou seguindo minha vida e tentando esquecer tudo isso.

  62. Junior Postado em 22/Jun/2013 às 08:23

    Acabei de ver uns comentários de uma crentaiada aqui. Eles não desistem né? Mesmo lendo a história do menino, mesmo lendo a minha história, mesmo lendo tristes histórias dos outros, esse povo continua com esse blábláblá de conversão, de não sei quê, coim essa patrulha religiosa insuportável atrás da gente, Deus que me livre... Meu, peloamordedeus, deixem a gente em paz e vão cuidar das suas vidas, vocês só vão ficar contentes o dia que começarem a nos matar em praça pública, é isso? Vão todos plantar batatas.

  63. Rafael Postado em 02/Sep/2013 às 01:11

    É na Russia isso!!!!???

  64. Adalberto Postado em 11/Nov/2013 às 19:49

    Será que Deus está realmente ligando pra essa picuinhas, pra essa falsa moral que nós criamos? Ouso pensar que Deus é gay, não no que se refere a sexualidade, mas em relação ao seu infinito poder criativo. Olhemos para o universo, é "purpurina pura", muito brilho, cores. E nem precisamos olhar pra cima, aqui em baixo, mesmo nas profundezas mais escuras do oceano a beleza dessa criatividade se manisfesta. Acredito em Deus, mas não naquilo que falam sobre Ele.

  65. Leandro Baraldi Postado em 30/Mar/2014 às 21:20

    A Bíblia condena a homossexualidade, mas também afirma que colheremos o que plantamos.

  66. Carlos André Postado em 26/Sep/2014 às 17:12

    Mães como a ele nunca vão estar realmente prontas para ter filhos - isso tem que acabar!

  67. JORGE BATISTA Postado em 08/Apr/2015 às 09:29

    E depois de tudo isso ele virou hetero?