Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 10/Oct/2011 às 22:12
0
Comentários

Google forneceu dados sigilosos de colaboradores do Wikileaks ao governo americano

EUA obrigou google a fornecer dados confidenciais de funcionários do WikiLeaks
O governo dos Estados Unidos conseguiu, por meio de uma liminar judicial protegida por confidencialidade, que o Google fornecesse informações sobre as contas de e-mail de diversos supostos voluntários que estariam ligados ao site Wikileaks. As informações são dos periódicos Wall Street Journal e El Mundo.
Segundo as publicações, a ordem determina que tanto o Google quanto outros provedores menores facilitem o acesso a dados de usuários que teriam se correspondido por e-mail com Jacob Appelbaum, um dos principais voluntários do Wikileaks. 
Leia também:
O provedor Sonic, um dos atingidos pela determinação judicial, afirmou que lutou legalmente contra a determinação judicial, mas acabou obrigado a fornecer as informações requisitadas.

A liminar é de 4 de janeiro deste ano e exige que o Google entregue a direção IP (identificação individual de cada computador) usada por Appelbaum e por aqueles que se comunicaram com ele desde novembro de 2009.

Leia mais:
Para conseguir a liminar, os Estados Unidos se valeram de uma polêmica lei. Segundo a Electronic Communications Privacy Act, o governo norte-americano pode obter de forma secreta, informações a respeito do e-mail e dos telefones celulares de qualquer pessoa, sem necessidade de intimá-lo por meio de uma ordem judicial.

_



Opera Mundi 

Comentários