Redação Pragmatismo
Compartilhar
Desigualdade Social 15/Aug/2011 às 18:06
28
Comentários

Os motivos da fome na África - Por que a comida não chega e para onde vai?

Estamos enfrentando um problema de acesso ao alimento, não de produção da comida

fome áfrica motivos

No Chifre da África, crianças dividem um copo de leite

Vivemos em um mundo de abundância. Hoje se produz comida para 12 bilhões de pessoas, segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), quando no planeta habitam 7 bilhões. Comida existe. Então, por que uma em cada sete pessoas no mundo passa fome?

A emergência alimentar que afeta mais de 10 milhões de pessoas no Chifre da África voltou a colocar na atualidade a fatalidade de uma catástrofe que não tem nada de natural. Secas, inundações, conflitos bélicos… contribuem para agudizar uma situação de extrema vulnerabilidade alimentar, mas não são os únicos fatores que a explicam.

A situação de fome no Chifre da África não é novidade. A Somália vive uma situação de insegurança alimentar há 20 anos. E, periodicamente, os meios de comunicação nos atingem em nossos confortáveis sofás e nos recordam o impacto dramático da fome no mundo. Em 1984, quase um milhão de pessoas mortas na Etiópia; em 1992, 300 mil somalis faleceram por causa da fome; em 2005, quase cinco milhões de pessoas à beira da morte no Malaui, só para citar alguns casos.

Leia mais

Causas Políticas

A fome não é uma fatalidade inevitável que afeta determinados países. As causas da fome são políticas. Quem controla os recursos naturais (terra, água, sementes) que permitem a produção de comida? A quem beneficiam as políticas agrícolas e alimentares? Hoje, os alimentos se converteram em uma mercadoria e sua função principal, alimentar-nos, ficou em segundo plano.

fome áfrica motivos

Olhares vazios, desprovidos de esperança

Aponta-se a seca, com a consequente perda de colheitas e gado, como um dos principais desencadeadores da fome no Chifre da África, mas como se explica que países como Estados Unidos ou Austrália, que sofrem periodicamente secas severas, não sofram fomes extremas? Evidentemente, os fenômenos meteorológicos podem agravar os problemas alimentares, mas não bastam para explicar as causas da fome. No que diz respeito à produção de alimentos, o controle dos recursos naturais é chave para entender quem e para que se produz.

Em muitos países do Chifre da África, o acesso à terra é um bem escasso. A compra massiva de solo fértil por parte de investidores estrangeiros (agroindústria, governos, fundos especulativos) tem provocado a expulsão de milhares de camponeses de suas terras e diminuido a capacidade desses países de se autoabastecerem. Assim, enquanto o Programa Mundial de Alimentos tenta dar de comer a milhões de refugiados no Sudão, ocorre o paradoxo de os governos estrangeiros (Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Coreia) comprarem terras para produzir e exportar alimentos para suas populações.

Ajustes estruturais

Asim mesmo, há que se recordar que a Somália, apesar das secas recorrentes, foi um país autossuficiente na produção de alimentos até o final dos anos 1970. Sua soberania alimentar foi arrebatada em décadas posteriores. A partir dos anos 1980, as políticas impostas pelo Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial para que o país pagasse sua dívida com o Clube de Paris forçaram a aplicação de um conjunto de medidas de ajuste.

No que se refere à agricultura, estas implicaram em uma política de liberalização comercial e abertura de seus mercados, permitindo a entrada massiva de produtos subvencionados, como o arroz e o trigo, de multinacionais agroindustriais estadunidenses e europeias, que começaram a vender seus produtos abaixo de seu preço de custo e fazendo a competição desleal com os produtores autóctones.

As desvalorizações periódicas da moeda somali geraram também a alta do preço dos insumos e o fomento de uma política de monocultivos para a exportação que forçou, paulatinamente, o abandono do campo. Histórias parecidas se deram não só nos países da África, mas também nos da América Latina e Ásia.

A subida do preço de cereais básicos é outro dos elementos assinalados como detonante da fome no Chifre da África. Na Somália, os preços do milho e do sorgo vermelho aumentaram 106% e 180%, respectivamente, em apenas um ano. Na Etiópia, o custo do trigo subiu 85% em relação ao ano anterior. E, no Quênia, o milho alcançou um valor 55% superior ao de 2010.

Na Bolsa de Valores

Uma alta que converteu esses alimentos em inacessíveis. Mas, quais são as razões da escalada dos preços? Vários indícios apontam a especulação financeira com as matérias-primas alimentares como uma das causas principais.

fome áfrica motivos

O preço dos alimentos se determina nas bolsas de valores – a mais importante das quais, a nível mundial, é a de Chicago –, enquanto que na Europa os alimentos se comercializam nas bolsas de futuros de Londres, Paris, Amsterdã e Frankfurt. Mas hoje em dia, a maior parte da compra e venda dessas mercadorias não corresponde a intercâmbios comerciais reais.

De acordo com Mike Masters, do Hedge Fund Masters Capital Management, calcula-se que 75% do investimento financeiro no setor agrícola é de caráter especulativo. Compram-se e vendem-se matérias-primas com o objetivo de especular e fazer negócio, repercutindo finalmente em um aumento do preço da comida para o consumidor final. Os mesmos bancos, fundos de alto risco, companhias de seguros que causaram a crise das hipotecas subprime são os que hoje especulam com a comida, aproveitando-se dos mercados globais profundamente desregulados e altamente rentáveis.

Transnacionais

A crise alimentar em escala global e a fome no Chifre da África em particular são resultado da globalização alimentar a serviço dos interesses privados. A cadeia de produção, distribuição e consumo de alimentos está nas mãos de umas poucas multinacionais que antepõem seus interesses particulares às necessidades coletivas e que, ao longo das últimas décadas, vêm destruindo, com o apoio das instituições financeiras internacionais, a capacidade dos países do sul de decidir sobre suas políticas agrícolas e alimentares.

Voltando ao princípio: por que existe fome em um mundo de abundância? A produção de alimentos se multiplicou por três desde os anos 1960, enquanto que a população mundial tão só duplicou desde então. Não estamos enfrentando um problema de produção de comida, mas sim um problema de acesso a ela. Como assinalou o relator da ONU para o direito a alimentação, Olivier de Schutter, em uma entrevista ao jornal El País: “A fome é um problema político. E uma questão de justiça social e políticas de redistribuição”.

Se queremos acabar com a fome no mundo, é urgente apostar em outras políticas agrícolas e alimentares que coloquem no seu centro as pessoas, as suas necessidades, aqueles que trabalham a terra e o ecossistema. Apostar no que o movimento internacional da Via Campesina chama de “soberania alimentar” e recuperar a capacidade de decidir sobre aquilo que comemos. Tomando emprestado um dos lemas mais conhecidos do Movimento 15-M, é necessário uma “democracia real, já” na agricultura e na alimentação.

Publicado originalmente no jornal El País
Autora: Esther Vivas, escritora e ativista espanhola
Tradução: Paulo Marques

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Saulo Postado em 10/Jan/2013 às 20:59

    Lembro uma analogia utilizada por um professor de história: a África foi uma laranja suculenta que teve o seu sumo e os seus gomos tomados pelos europeus, que mal deixaram restos de bagaço, tamanha a cobiça dos colonizadores. Tendo a miséria como a maior herança deixada pelos europeus, a África segue como se fosse invisível ao mundo. A ONU poderia resolver o problema da fome dos povos africanos, se realmente quisesse.

  2. Tahys Santos Postado em 29/Jan/2013 às 12:26

    na minha opinião,fico indginada com essas imagens isso não deveria de aconteçer em lugar algum do mundo,se todos tivessem um pouco de compaixão isso não estaria aconteçendo,pois tenha a plena certeza que se cada um de nós fizesse uma doaçao de 1 kl de alimento imagine quantas toneladas seriam arrecadada! isso acabaria com a fome desse povo que nao tem oq comer! será que 1 kl de alimento fará falta para vc?para mim não e muito menos para os grandões que existem ao mundo todo!

    • ramon Postado em 01/Nov/2013 às 11:52

      O problema não está em doar mais sim como essas doações seria distribuída

    • anderson paes Postado em 30/Jun/2014 às 17:50

      precisamos comprar e doar varas para eles pescarem e ensinarmos eles a pescar sò dar peixe o peixe acaba e a fome retorna

  3. Josy Melo Postado em 23/Mar/2013 às 17:44

    A desigualdade infelizmente reina neste mundo, enquanto muitos se esbaldam de comida, esses pobres inocentes morrem de fome, quanta injustiça.

    • Melissa Santos Postado em 13/Jul/2014 às 11:01

      Com Certeza hoje as pessoas precisam se concientizar mais como diem a maioria delas só pensam em seu proprio umbigo... A medida que o tempo passa as pessoas parecem se tornar mais ambiciosas e cegas,que em sua maioria,já nao conseguem mais ver os problemas sociais que estão estampados para qualquer um ver... ENQUANTO ESTAMOS PREOCUPADOS COM ROUPAS DA MODA...ELES NEM SE QUER TEM UMA... ENQUANTO ESTAMOS PREOCUPADOS COM COMIDAS...ELES NEM SE QUER TEM UMA MIGALHA DE PÃO DURMIDO PRA BOTAR NA BOCA ... PRECISAMOS ACORDAR PARA REALIDADE...

  4. JOAO HENRIQUE DE MATTOS Postado em 02/May/2013 às 11:06

    NAO ADIANTA NÓS FICAR PENSANDO,QUE O OUTRO PODE FAZE,BASTA CADA UM TOMA ATITUDE DE DOAR ALGO A ELES! DEUS PENSO EM TODOS NA HORA DE FAZER TUDO,ENTÃO VAMOS PENSAR NO PROXIMO!

    • Melissa Santos Postado em 13/Jul/2014 às 10:53

      com certeza por que os proximos nao se concientizam,e nós que temos que nos concientizar e tentar de nossa parte ajudar...

  5. Jeferson Postado em 05/May/2013 às 17:23

    O problema não é a doação do povo e sim o porque desse alimentos nao chegar ate essas pessoas....A Africa teve a copa do mundo com dinheiro sendo gastos em estadios...cade o governo da Africa.....sera que nao tem compaixao do seu proprio povo....Que Deus venha a agir a favor desse povo que esta morrendo sem comida enquanto outros escolhem o que querem comer em cada dia.....

  6. paulo sergio Postado em 11/May/2013 às 13:27

    a onu se preocupa é com vendas de armas ,é mais fácil ganhar dinheiro com o mau doque com o bem,por isso o estados unidos é primeiro mundo,mas eles não devem esquecer qaue em matéria de alimentação não tem nada.

  7. AGOSTINHO VAN-DÚNEM Postado em 27/Jun/2013 às 11:40

    O HOMEM PELO SEU ORGULHO NATURAL, NUNCA VAI CONSEGUIR ESTANCAR A FOME. ´´PORQUE HOMEM TEM DOMINADO HOMEM PARA O SEU PRÓPRIO PREJUÍZO´´… A ÚNICA SOLUÇÃO É O REINO DE JEOVÁ. REVELAÇÃO OU APOCALIPSE 21:4… LEIA.

  8. Professor -Domingos Divino Postado em 23/Jul/2013 às 11:15

    "A verdadeira maneira de se enganar é julgar-se mais sábio que os outros." ( François de La Rochefoucauld) É nas plagas africanas que repousam o inicio da História da humanidade; cuja humanidade sempre egoísta e interesseira, buscando seus "bens" imediatos para si e para o seus; em detrimento do sofrimento e até da morte de nossos irmãos da mãe Africa, que foram usados como mula de carga durante milênios, suas riquezas foram subtraídas, por resto até a dignidade, hoje um pouco de nossos irmãos na ancestralidade Africana lutam muito para garantirem pelo menos a sobrevivência no seu torrão natal, esquecidos pelos seus exploradores, pois a unica riqueza que hoje é do interesse dos tubarões europeus é o petróleo, e como diversão os despojos de seus animais exóticos. A prova de como os exploradores não sabem as regras básicas da aritmética, e que Eles não sabem multiplicar; pois são perdulários por natureza, é situação de Portugal e Espanha, Grécia. Os estados Unidos (USA) continuam tomando o que não lhes pertence, seja a onde for, pois se acham os donos do Mundo, pois suas riquezas já priticamente exauridas.

  9. ADINÃ MOREIRA DE RAMOS Postado em 18/Aug/2013 às 20:43

    na minha opinião á fome lá naquele continente e no mundo se pela desobediencia a palavra de DEUS a falta lá é do alimento espiritual é só ver oque diz a biblia a respeito da fome.

    • stephany santtana Postado em 20/Mar/2014 às 19:12

      verdae

    • Amigo Postado em 21/Mar/2014 às 18:46

      Me desculpe, mas já ouvi essa justificativa uma vez de um teólogo, e achei o fim do mundo...Tente ir até a Africa com sua fé, e se alimentar junto com o povo que sofre com a fome, e veja se cai maná (ou qualquer coisa comestível) do céu para você e seus companheiros (não é tarefa difícil, e é muito justo não? todos iriam ouvir a palavra de Deus de você). Se fosse seguir essa lógica, um tanto quanto mística, não existiriam ladrões milionários que comem por 10 pessoas, e seus cachorros que comem melhor do que a maioria da população brasileira. Existem muitas nações que repudiam os ensinamentos de Jesus e matam qualquer um que tente pregar a boa nova mensagem da salvação, e não estão neste estado lastimável: Pesquise sobre a China ou Coreia do Norte, missionários com um fé e coragem admiráveis são colocados em campos de concentração, semelhantes ao que tinha na Alemanha nazista, comendo sapos, ratazanas e o que tiver no mato, hoje em 2014. Jogar a culpa de homens em Deus isenta (de mentira) tanto os principais causadores (governantes) quantos nós (civis) que vemos essa bestialidade estupefatos. Se ainda tem certeza que é esse o motivo, lembre-se, "Jesus disse: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes (dar de comer ao que tem fome, ou beber ao que tem sede...), não o fizestes a mim. E irão estes para o tomento eterno, mas os justos para a vida eterna". Mt.25.45. (veja o capitulo todo, que é melhor). É fácil estar de barriga cheia e achar que tudo é justo.

    • Natalia Postado em 09/Apr/2014 às 01:04

      Você mal sabe escrever e quer culpar aquelas pessoas pelo mal que sofrem?? Por favor, estude, estude e estude mais. Depois coloque sua opinião em público! Obrigada

  10. Vanessa Brandão Postado em 12/Sep/2013 às 10:46

    A desigualdade no Brasil e muito forte e presente entres nos e a injustiça também.

  11. Vanessa Brandão Postado em 12/Sep/2013 às 10:49

    Eu fico muito triste ao ver essa imagens esse textos e não podemos fazer nada porque que pode ajudar não que infelizmente acontece isso.

  12. Giovanna Jampietro Postado em 18/Sep/2013 às 19:59

    eu nao entendi ,qual é o motivo da fome na africa ?

    • jao cana braba Postado em 22/May/2014 às 09:12

      porq nao tem cumida

  13. HELLEN Postado em 15/Oct/2013 às 20:18

    AJUDE A AFRICA

  14. Abyud Ramos Postado em 29/Oct/2013 às 09:44

    e muito chocante ver imagens e ler sobre um assunto que pra muitos ja virou ate normal, se pudesse fazer alguma coisa, cade os paises pra ajudar esses pobres inocentens, e algo inadimicivel isso .. doi meu corecao em ver isso e saber sob essa realidade, pena que muitas pessoas fecham os olhos pra isso ..

  15. luiz carlos ubaldo Postado em 29/Oct/2013 às 16:01

    Tahys muito louvavel a sua ideia, mas sabemos que esses alimentos jamais chegariam até eles, porque o problema não é de produção dos alimentos mas sim da ganância do capitalismo que não permite que chegue até quem realmente precisa. Um velho mestre, muito querido chamado Dr:Expedito já nos advertia há mais de 20 anos que o mundo não tinha problema nenhum com alimentação desde que os poderosos deichasem que o mesmo chegasem a mesa de quem realmente precisa, preferem dar de comida as porcos do que as seres iguais, nem tão iguais assim para esses fdp que só vizam o lucro de tudo que "produzem", na verdade comercializam o que os outros produzem, são parías de uma sociedade falida e que não se importam com cenas como essas que nos comovem e arrancam lagrímas de dôr e indignação, as vezes acho que não pertenço a este mundo, ou não quero pertencer, espero que um dia as coisas mudem a favor dessa gente que tanto incomoda com seus corpos esdqualidos e seus rostinho de anjos pedantes, rogo a ti o Pai que livre-os de todo o mal>" Até os cães desta casa tem o de comer, são as migalhas que caem a mesa farta do rico", mal consigo escrever ou manter minha mente em aberto!

  16. wandeir Postado em 15/Jan/2014 às 12:05

    Se esse problema persiste a mais de 30 anos...será que ainda existe algum país que se preocupe com oque está acontecendo por lá? Ninguém, nem os próprios países vizinhos, estão nem aí. Estamos todos, simplesmente fechando os olhos e esperando que se resolvam sem nossa intervenção, esperando que tenham um solução boa, mas não terão!

  17. Ana Flavia Aranega Postado em 18/Jan/2014 às 20:25

    Fico muito chateada ao ver como a Africa sofre com a fome, e a pobreza, é horrível saber que nos agora estamos lendo isso confortaveis sem fome enquanto aquele povo com fome sem nem um pedacinho de pão para comer! Agora lembro os momentos em que minha mãe não tinha comida, e eu reclamava que tinha que comer sanduiche com suco ou leite com achocolatado ( tenho 13 anos ) , enquanto essas crianças choram por um pedacinho de pão. Choro todas vezes ao ler isso pois com 13 anos pouco posso fazer mas sei que irei fazer intercambio no colegial ( se conseguir o dinheiro suficiente ) e tentarei na faculdade ir para a africa atraves de programas. O importante não é só doar comida. O importante é mostrar ao mundo que colocar a alimentação em segundo é anti-ético! Alimentação deve ser em primeiro lugar! E quanto as multilações ,... Me arrepio só de ouvir. Isso é um preconceito contra a mulher , se deus criou os orgãos sexuais não foi para serem multilados! As meninas na Africa são multiladas quanto pequenas, e a maioria sem anestesia nem nada , em uma condição muito insalubre para a saúde, onde nem limpeza existe, eles cortam com gilete, etc. Sem a mínima higiene, e o resultado é que a maioria das meninas morre por infecção! E as mães aceitam issooo!!!! Onde esta a ética dessas pessoas? Gente vamos ajudar com que o mundo entenda as coisas, que nem tudo esta certo! Vamos mostrar ao mundo a verdade! Mostrar que se deus criou tal coisa foi por um bom motivo! Vamos todos levantar a cabeça e dizer agora mesmo - Nós podemos mudar o mundo, para um mundo melhor! ( PAZ E AMOR ) Um beijo Ana Flavia Aranega

  18. vivian Postado em 22/Apr/2014 às 13:41

    Me ajudou numa pesquisa. Coitados dos meninos (a) da africa

  19. jailson Postado em 25/Apr/2014 às 11:06

    tem muita gente que recrana por fata de conida só num dia...mais agente tem que vér probrema como africa esta sofreno. deus vai ajuda esis povo.

  20. Igor Postado em 13/Mar/2015 às 10:59

    "A terra tem o suficiente para suprir a necessidade de todos, mas não tem o bastante para satisfazer a ganância de algumas pessoas." (Mahatma Gandhi)