Luis Soares
Colunista
Homofobia 20/Jul/2011 às 18:36
29
Comentários

Juíza Sônia Moroso é a primeira magistrada a casar-se com outra mulher no Brasil

É o primeiro caso no Brasil em que uma magistrada assume sua relação homoafetiva. Sônia Maria Mazzetto Moroso, da 1ª Vara Criminal de Itajaí (SC), casou-se com a servidora municipal Lilian Regina Terres.

Juiza Sônia Moroso união homoafetiva

Sônia e a companheira comemoram união estável homoafetiva

A juíza Sônia Maria Mazzetto Moroso, titular da 1ª Vara Criminal de Itajaí (SC) assinou no sábado o documento que a torna casada com Lilian Regina Terres, servidora pública municipal. Esta é a primeira união civil homoafetiva registrada em Santa Catarina, após a decisão do STF.

A primeira do Brasil ocorreu em Goiânia (GO), no dia 9 de maio, entre Liorcino Mendes e Odílio Torres. Até agora, ninguém da magistratura brasileira tinha antes, assumido publicamente esse tipo de relacionamento.

É a primeira pelo menos no Estado de Santa Catarina e eu sou a primeira juíza brasileira a assumir, comemorou Sônia.

Ela e Lilian já tinham um relacionamento estável antes da união oficial. Elas se uniram no dia 29 de maio do ano passado, numa cerimônia abençoada pela religião umbandista.

O juiz Roberto Ramos Alvim, da Vara de Família da comarca, autorizou o casamento civil das duas mulheres. O ato foi, então, celebrado no Cartório Heusi.

Leia mais

Familiares e amigos delas acompanharam a cerimônia. Rafaello, filho da juíza Sônia, também estava presente e ansioso pela união. O meu filho me chama de mãe e se dirige à Lilian como mamusca, conta Sônia.

Com o casamento, Lilian e Sônia decidiram acrescentar os sobrenomes uma da outra, ficando Sônia Maria Mazzetto Moroso Terres e Lilian Regina Terres Moroso.

Com Correio do Brasil

Posts relacionados

Comentários

  1. Luis Soares Postado em 21/Jul/2011 às 16:33

    Mais importante ainda é ter sido em uma região relativamente conservadora no País. Parabéns e felicidades ao casal.

  2. A.L.E Postado em 21/Jul/2011 às 16:41

    Isso sim é o Brasil que avança para igualdade, respeito e compreensão!

  3. Betânia Postado em 23/Jul/2011 às 14:58

    Parabéns a essas mulheres de fibra, garra, coragem e acima de tudo íntegras e porquê não dizer simplesmente lindas e maravilhosas!
    Deus abençoe esse amor para sempre!
    Não vejo a hora e o dia de também realizar esse ato de amor e respeito.

  4. Maria Sampaio Postado em 23/Jul/2011 às 15:21

    Não vejo a hora os juízes de Recife também conceder aos casais. Minha companheira é servidora do estado de PE, porém alguns direitos ainda não é estendido a mim, exemplo o plano de saúde(SASSEPE). Estamos casadas a 4anos, temos um contrato de união estável e mesmo assim foi negado. Porém o estatudo do servidor diz que os companheiros de união estável tem direitos, O união estável para estado de PE só existe nas relações hetessexuais.

    Maria Sampaio de Receife-PE

  5. Gabriela Postado em 06/Mar/2012 às 21:02

    Adoreeei!!! Parabéns, e felicidades. É isso ai Brasil :)

  6. Roberto Luiz Warken, MSC Postado em 06/Mar/2012 às 23:28

    Interessante , estou aqui elaborando um curso, fazendo pesquisa sobre Sexualidades, Sexos e Gêneros e acabei de chegar nessa página. Revendo cursos sobre o tema para escolas e adaptando para empresas e isso me fez parar. Minha revolução pessoal vem ocorrendo. Meu abraço virtual ao casal. Independentemente de ser uma juíza, mas, pelo simples fato de ser, vai criar uma onda na seara do Direito. Dos direitos que nós LGBT´s, não temos, mais de 100. Saúde, Felicidade e a Vida segue em Frente. http://www.warken.floripa.com.br

  7. Marie Postado em 07/Mar/2012 às 16:05

    Parabens! Mulheres de fibra e coragem! Só assim mudamos a mentalidade desse país e principalmente do Judiciário e dos orgãos públicos tão conversadores e cegos as mudanças do mundo!

  8. Andrea Postado em 07/Mar/2012 às 21:28

    Parabéns....esta coragem é admirável e com certeza será cada vez mais comum, é isso ai a passos lentos o Brasil avança....FELICIDADES as duas!

  9. Bruno Postado em 08/Mar/2012 às 20:53

    Parabéns! Felicidades ao casal!

  10. Ana Postado em 08/Mar/2012 às 21:12

    Que lindas... que esta história se multiplique no Brasil e sirva de exemplo para todos e todas que desejam se assumir, mas que não o fazem por medo de sofrer preconceito.

  11. helio Postado em 15/Mar/2012 às 22:42

    a sabedoria do mundo pra deus é loucura

  12. João Lima Postado em 03/Apr/2012 às 21:52

    Vixi

  13. LUZIA FONTES Postado em 04/Apr/2012 às 20:39

    QUE SEJA ETERNO ENQUANTO DURE! E QUE DURE PARA SEMPRE!

  14. .'.L.'. Postado em 16/Apr/2012 às 13:29

    UAUUUUU, PARABÉNS COLEGAS ..... É TUDO QUE EU QUERO.... CASAR-ME E VIVER A FELICIADADE PLENA, AO LADO DE UMA COMPANHEIRA LEGAL E FIEL... BEIJOS PRA VCS .... AMEIIIII.

  15. Astéria Regina Postado em 17/May/2012 às 10:58

    Parabéns as duas,,,mas na minha opinião normal n é....é apenas uma forma d amar diferente...se é coisa d Deus n sei, e ninguém sabe..só na volta Dele talves os merecedores saberão, se fosse normal...homens com homens, e mulheres com mulheres teriam filhos bilógicos... OS SENTIMENTOS SIM...PODEM SER IGUAIS, A GENTE N ESCOLHE A QUEM AMAR.....ABÇS

  16. Roberto Caldas Postado em 03/May/2013 às 13:29

    Parabéns!

  17. Roberto Caldas Postado em 03/May/2013 às 13:34

    Conheci a Dra Sonia quando mocinha, sou Amigo de toda a Familia, Pai Valdir, Mãe Dna Vilma e Irmãos. Fizémos campanhas politicas juntos, sorrimos e choramos também juntos, em função de politica. A Sonia cresceu, tornou-se Mulher, estudou, entrou na Magistratura com muita garra, muito estudo e, principalmente, muito preparo. Se existem Mulheres guerreiras, com certeza, a Dra Sonia é uma delas. Parabéns Sonia, parabéns Lilian. Sejam muito felizes. Vocês merecem. Beto Caldas.

  18. Josampaio Postado em 24/May/2013 às 22:11

    Quem será o marido e a marida nisso aí? Como irão procriar? quem vai ser a mãe e vai ser o pai se adotarem crianças?E como irão responder por essas atitudes diante de Deus no Juízo final?

  19. brito Postado em 26/May/2013 às 13:26

    Apocalipse!Fim do Mundo.

  20. Igor Postado em 26/May/2013 às 14:19

    Tudo isso é para mudar o foca do povo que deveria ser no combate a corrupção e não saber que casa com quem. Vamos acordar povo brasileiro.

  21. Paulo Postado em 26/May/2013 às 15:22

    Normal significa: de acordo com a norma, com a regra. Mas afinal as normas mudam, até mesmo algumas científicas que permaneceram irrefutáveis durante muito tempo. Assim evoluímos; revendo a norma. Essa de que "se fosse normal…homens com homens, e mulheres com mulheres teriam filhos bilógicos (sic)", ou qualquer outro condicionamento ou dogma contrário aos homossexuais já foi revista e a prova está aí na reportagem, um exercício da nova norma, portanto, é normal, mesmo que alguns ainda continuem crendo no contrário, afinal, qualquer um pode acreditar em qualquer idiotice e isso não muda a realidade.

  22. anonimo Postado em 26/May/2013 às 18:51

    pra quem ler a biblia sabe que deus nao aprova esse tipo de uniao ,mas cada um vive como quer lembrando q aqui é só uma passagem e q vamos prestar conta de tudo q desagradou jesus quando ele voltar , e que é a partir daí q teremos vida eterna ,mas enfim parabéns

  23. Pol sigma Postado em 26/May/2013 às 18:52

    só tem elogios? cadê as criticas? é o fim....

  24. Ana Luisa Kaminski Postado em 27/May/2013 às 23:40

    Mais amor, e menos guerra!!! E abaixo os preconceitos que alimentam a violência.

  25. Vera Gangorra Postado em 28/May/2013 às 19:40

    Felicidades!

  26. Vi Postado em 29/May/2013 às 03:51

    Primeiro aos religiosos: NINGUÉM É OBRIGADO a acreditar nas suas crenças, nos seus deuses. Então não venha querer condenar nossas ações baseados em crenças que não temos. Fomos obrigados a aturar repressão religiosa por muito tempo, chega. Se o seu deus//Deus/jesus existir, ele com certeza não aprova as torturas que a instituição dele (teóricamente) causou ao mundo. Pra quem não sabe do que estou falando, procure no google "expansão do cristianismo" e "Inquisição", além de não aprovar também quem JULGA, além de outras bizarrices como "ser à favor da submissão feminina" e culpar as mulheres pelo pecado do mundo, ainda que em outras palavras. Segundo: Realmente acredito que esse tipo de notícia seja para desvirtuar a atenção do povo aos reais problemas do país, tais como a miséria, a pobreza, a saúde pública de péssima qualidade, o ensino precário desde sua base, o circo político, o transporte e trânsito terrível, entre outros. Mas, apesar de tudo isso merecer atenção, o respeito pela orientação sexual DEVE E MERECE ser tratado como algo importante no país. Vc já parou pra pensar q estima-se q 10% da população seja homossexual? Quantos filhos, primos, irmãos, etc foram REJEITADOS E ABANDONADOS pela família apenas por demonstrar interesse afetivo em pessoas do mesmo gênero sexual? Quantos casos de INTOLERÂNCIA E AGRESSÕES são despejados nos noticiários, ou ao menos deveriam, conseguimos encontrar em 5 minutos de pesquisa nos principais sites de informação do pais? Até caso de pai e filho morrendo por serem confundidos com par homossexual, apenas por demonstrarem atividade afetiva. Isso não é prioridade? Se duas pessoas MORREREM por se AMAREM é certo? desculpa, mas perdi a linha dos padrões q a sociedade tem como "certo" e "errado" e não quero participar disso.

  27. anonimo Postado em 29/May/2013 às 14:10

    parafuso + rosca = casal parafuso + parafuso = par rosca + rosca = par

  28. Márcia Postado em 06/Jun/2013 às 18:39

    N sei pra que tanto alarde. Já foi suficientemente repetido que é normal, que é liberdade de amar e blá blá blá. Pra que tanta notícia sobre isso??

  29. Leila Postado em 08/Jun/2013 às 11:27

    Ora, bolas, pq tanta notícia sobre isso? Porque é algo que até ontem era negado a essas pessoas por mais estável que fosse a relação, basta tentar se colocar no lugar, chama-se empatia.

O e-mail não será publicado.