Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 16/May/2011 às 23:29
3
Comentários

O Globo mascara extermínio de Palestinos por Israel

Fonte: Blog do Mello

É o cúmulo da manipulação: tropas israelenses matam 13 e ferem 82 palestinos e O Globo diz que a culpa das mortes é da dona Violência na Fronteira. Trechos da matéria:

BEIRUTE – A violência irrompeu nas fronteiras de Israel com a Síria, Líbano, Gaza e Cisjordânia, deixando ao menos 13 pessoas mortas e dezenas feridos neste domingo, dia em que os palestinos relembram o que chamam de “Nakba” , ou “catástrofe” da fundação de Israel, em 1948. Tropas israelenses mataram manifestantes em três diferentes localidades para prevenir que atravessassem as fronteiras israelenses.

(…)Na Faixa de Gaza, disparos das forças israelenses feriram mais de 82 palestinos quando manifestantes se aproximaram do muro que divide a região.

Israel “mata para prevenir”, “dispara quando se aproximam do muro”, e a responsável é dona Violência na Fronteira.

Vamos ver então se houve violência palestina. Assista ao vídeo abaixo, feito por um estadunidense na Faixa de Gaza. Repare que os manifestantes palestinos estão desarmados. Param até para fazer suas orações. E são alvejados covardemente por helicópteros Apache, made in USA, a serviço das forças israelenses. 

E vem O Globo dizer que a culpada de tudo é dona Violência na Fronteira…

Comentários

  1. Luis Soares Postado em 17/May/2011 às 01:46

    Vergonha maior é que o mundo inteiro tem conhecimento do genocídio praticado por Israel mas a questão é tratada com naturalidade e indiferença assustadoras. Até hoje, raríssimos foram os países que boicotaram Israel por força de algum episódio desumano.

  2. TAS Postado em 26/Jul/2011 às 16:35

    Um monte de gente na fronteira disposta a matar em nome da religião e não fazer nada? Os israelitas podem não ser santos, mas muitas de suas atitudes podem fazem sentido, uma vez que os muçulmanos num qrem aconrdo nenhum.

  3. openidgeral Postado em 24/Sep/2011 às 15:14

    Qualquer um que já tenha analisado as reivindicações de ambas as partes percebe com clareza que o lado mais justo e sensato é o dos palestinos. As "negociações de paz" ficam empacadas justamente por não serem negociação nenhuma, mas imposições injustas impostas aos palestinos.

    Informe-se mais, Taz, antes de publicar uma opinião enviesada que pode influenciar outros leitores.