Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 25/Jan/2011 às 16:05
0
Comentários

Preterido nas eleições, FHC vai estrelar campanha tucana

Longe de períodos eleitorais, PSDB decide desenterrar FHC

Preterido durante campanha tucana na disputa ao Planalto, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso será a “estrela” do programa partidário nacional do PSDB em fevereiro deste ano. Segundo o presidente da legenda, deputado federal Sérgio Guerra (PE), a peça abordará também os resultados da corrida eleitoral de 2010 e perspectivas da oposição durante o governo Dilma Rousseff (PT).

O partido pretende dar destaque especial a FHC para tentar recolocá-lo no cenário político nacional. Segundo um líder do PSDB, é preciso recompensá-lo agora pela exclusão recomendada pelos marqueteiros de José Serra durante a campanha presidencial. Recomendação essa que provocou uma série de discórdias entre integrantes da legenda.
Nesta nova campanha, os tucanos pretendem trabalhar com a produtora responsável pela campanha vitoriosa de Antonio Anastasia ao governo de Minas Gerais. O material de propaganda do PSDB vai ao ar no dia 3 de fevereiro. 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu as datas das propagandas em cadeia nacional de todas as 27 legendas registradas. Veiculada às quintas-feiras, a partir de 13 de janeiro, no rádio e na televisão, a duração da peça é proporcional ao número de deputados federais eleitos e por quantos Estados. O PSDB terá direito a dez minutos no primeiro semestre. 

Além desses dez minutos, os tucanos ainda darão amplo destaque a FHC nos seus 20 minutos de inserções a que têm direito de abril a maio.
O partido não pretende apresentar Serra na primeira propaganda em fevereiro, no entanto, não definiram se o ex-governador de São Paulo aparecerá nos spots posteriores.

Mulheres

Em 2009 foi incluída uma nova regra aos partidos: promover e difundir a participação política feminina. Portanto, as siglas devem dedicar às mulheres no mínimo 10% do total que têm direito. 
Terra Magazine

Comentários