Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 21/Sep/2010 às 18:55
1
Comentário

Coordenadora de Serra, Soninha vira motivo de piadas após insinuação no Twitter

Ex-subprefeita de São Paulo e atual coordenadora da campanha de internet do tucano José Serra (PSDB), a ex-petista Soninha Francine (PPS) virou motivo de piada na internet nesta terça-feira, ao insinuar que os problemas no Metrô de São Paulo foram fruto de “sabotagem” do PT. Ela não citou o partido textualmente, mas afirmou em outras mensagem que o PT sabota as ações do PSDB em todo o Estado.
Soninha postou na manhã de hoje a seguinte mensagem no serviço de microblog ‘Twitter’:

A mensagem desencadeou uma onda de piadas sobre a ex-petista, que voltou a postar novas frases ligando o PT aos problemas que estão acontecendo no Estado:
“Mais coincidências: remédio que NUNCA faltou no HC está faltando ‘há mais de um mês no estado todo’”. “Em Heliópolis, em 2006, espalharam que o hospital ia ser ‘privatizado’ e ia começar a cobrar pelas consultas. Mentir é tática oficial”
Por conta das seguidas reações de Soninha, os internautas iniciaram a postagem de uma série de mensagens ironizando a ex-petista. As piadas rapidamente ganharam força e, às 15h00, já estavam entre os assuntos mais comentados no dia no Twitter (Trending Topics – TT).
Ex-apresentadora da MTV e da ESPN, Soninha já foi candidata à Prefeitura de São Paulo pelo PPS, além de vereadora pelo PT. Apesar de perder a eleição em São Paulo, a ex-VJ ingressou na base de apoio do prefeito Gilberto Kassab (DEM), onde recebeu primeiro o cargo de subprefeita de Cidade Tiradentes e, logo em seguida, da Lapa.
Desde o início da campanha à Presidência, ela coordena a plataforma de internet do presidenciável José Serra (PSDB), onde recebeu diversas críticas pelo seu desempenho.
A discussão entre Soninha e os internautas aconteceu em virtude dos problemas enfrentados pelos usuários do metrô de Sâo Paulo nesta terça.
Segundo o governador do Estado, Alberto Goldman (PSDB), o problema foi causado por uma blusa colocada na porta de um vagão da linha 3- Vermelha para travar a porta.
Em virtude do problema, o metrô parou de funcionar por pelo menos três horas, gerando caos nas estações da Zona Leste, local de maior circulação de passageiros durante o horário de rush.
IG

Comentários

  1. ALEXANDRE REIS Postado em 25/Oct/2010 às 19:13

    sOU METROVIÁRIO NO RIO DE JANEIRO! E GOSTARIA QUE ME INFORMASSEM, PELO AMOR DE DEUS, POR QUE NINGUEM CONSEGUIU TIRAR A CAMISA DA PORTA DO VAGÃO PARA O TREM COMEÇAR A ANDAR DE NOVO!!!???

O e-mail não será publicado.