Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 21/Jul/2010 às 18:25
0
Comentários

Vale ameaça e comunidade pede socorro

Os moradores da comunidade Chapada do A, localizada no município de Anchieta (ES), estão sofrendo pressão da mineradora Vale. A empresa pretende retirar da região 65 famílias que moram na comunidade. O objetivo da companhia (privatizada no ano de 1997) é construir no local a Companhia Siderúrgica de Ubu (CSU), que deve produzir cinco milhões de toneladas de ferro por ano.
A Vale pretendia comprar as propriedades das famílias, mas em um plebiscito, os moradores votaram contra a proposta de venda de suas propriedades. Muitas famílias são descendentes de indígenas e vivem no local há mais de 80 anos. O presidente da associação Chapada do A, Jozias Pereira, relata a atual situação vivida pelos moradores:
“Aqui todo mundo tem seu terreno, sua propriedade e eles querem deslocar a gente para outro bairro. Dizem que vão dar uma casa para morarmos, mas o pessoal não aceita e tem toda a razão. Estamos com medo, pois todos sabem que a Vale é muito grande e uma comunidade com 60, 70 famílias perto da Vale, é coisa pequena. Estamos em uma situação muito difícil aqui e precisamos de ajuda. As terras dos quatro lados da nossa comunidade já pertencem à empresa.”
Ainda segundo Josias, a Vale já instalou dentro da comunidade um escritório. Segundo ele, os moradores estão sendo pressionados com visitas de funcionários da empresa que dizem que os moradores devem sair ou serão expulsos pelo empreendimento.
A Vale já é proprietária de uma área de mais de 78km² no município. Segundo o líder comunitário, muitas famílias de comunidades vizinhas não resistiram à pressão e já venderam suas terras.
Século Diário

Comentários

O e-mail não será publicado.