Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 11/Jul/2010 às 15:58
0
Comentários

Centro cubano de medicamentos é referência nas Américas

O Centro para o Controle Estatal da Qualidade dos Medicamentos (CECMED) de Cuba exibiu neste sábado (10) o reconhecimento como autoridade de referência para a região das Américas depois de uma rigorosa avaliação.
 
Essa condição foi anunciada em Havana pelo doutor José Daniel Peña, assessor regional de Assuntos Regulatórios da Organização Panamericana da Saúde (OPS).

A certificação permite à OPS e a Organização Mundial da Saúde considerar o CECMED como um centro que cumpre os mais altos patamares internacionais.

As normas abrangem desde a autorização para a comercialização e distribuição dos medicamentos, seu controle de produção, até o monitoramento do processo de distribuição e a vigilância ante eventuais efeitos adversos durante o emprego.

Peña precisou que o CECMED, criado em 1989 como autoridade nacional regulatória dos medicamentos, conta com um bom sistema de regulação, o que garante para a população que os medicamentos recebidos são seguros, eficazes e de boa qualidade.

O diretor do centro, Rafael Pérez, disse ao jornal Granma que o mencionado aval contribui para elevar ainda mais o nível de segurança e confiança na avaliação dos produtos cubanos da indústria farmacêutica e biotecnológica.

Também, acrescentou, que a certificação é uma oportunidade para estabelecer e estreitar as relações de cooperação e reconhecimento mútuo com autoridades de referência de outros países.

Na região das Américas só atingem esta condição a Administração Nacional de Medicamentos, Alimentos e Tecnologia da Saúde da Argentina, e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Brasil.

Prensa Latina

Comentários