Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 26/May/2010 às 20:26
0
Comentários

Dissidência no Partido Verde

Com o candidato a vice oficializado (o empresário Guilherme Leal, da Natura), a senadora do Acre Marina Silva (PV) amargou o surgimento de uma dissidência em sua nova agremiação partidária. O grupo de aproximadamente 250 militantes anunciou a saída do PV e realizou, no sábado 22, em Belo Horizonte, um encontro para formalizar a criação do novo grupo político.

Hoje em busca de mais apoio para se tornar um partido político de fato, o Livre (de liberdade, igualdade, verdade, responsabilidade e educação), como se chamará o futuro partido, conseguiu 70 mil assinaturas de apoio – precisa de mais 430 mil para ser reconhecido em eleições.

Representantes do grupo anunciaram que o mais provável é apoiarem Dilma Rousseff à Presidência.

Informações de CartaCapital

Comentários